Conecte-se conosco

Amazonas

A pedido de Capitão Carpê, CMM homenageia Proerd por 20 anos de atuação no Amazonas

Publicado

em

A pedido do vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) juntamente com vereador Professor Samuel (PL), a Câmara Municipal de Manaus (CMM) homenageou nesta quinta-feira (30), o Programa Educacional Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), da Policia Militar do Amazonas, pelos seus 20 anos de atuação no Estado. Nesse período, o Proerd atuou em escolas públicas da rede municipal e estadual de ensino e impactou mais de 600 mil alunos.

Durante a solenidade, o parlamentar destacou que a cada ano o programa se torna mais necessário, uma vez que as tentações são cada vez maiores e a mídia, a internet e as más influencias deixam os jovens mais vulneráveis às drogas.
“E mesmo diante de um cenário tão desafiador a Polícia Militar do Amazonas, através do Proerd, não se intimidou com as dificuldades. Muito pelo contrário, tem ajudado a evitar que crianças e jovens tenham contato com as drogas”, destacou o capitão.

O Coordenador do Proerd, Major Alisson da Silva Henriques, agradeceu a homenagem em nome da Policia Militar do Amazonas, e destacou o papel do programa.
“O Proerd já atendeu mais de 600 mil alunos da rede pública e tem como objetivo desenvolver trabalhos voltados à prevenção da criminalidade e situações geradoras de violência que coloque em risco a saúde, a integridade física das crianças e adolescentes. Me sinto horando em fazer parte dessa história. Meu objetivo e dos instrutores que fazem parte do programa é ensinar nossas crianças e jovens a viver em sociedade, torná-los bons cidadãos no futuro”, explicou.

O Proerd

O Proerd foi implantado em 1992, no Rio de Janeiro. Atualmente, o programa está presente em mais de 50 países e no Amazonas o programa alcança mais de 12 municípios do interior. Programa é estruturado em quatro categorias, trabalhando com crianças, adolescentes e pais.
Na solenidade foram entregues certificados de Honra ao Mérito aos Instrutores da capital e do interior, e às Assistentes Sociais do Proerd.

Fundação

Três oficiais foram os responsáveis por fundar o programa no Amazonas: Coronel Louismar Bonates; o coronel Caldas e o coronel Audiney, que eram capitão e tenente na época. Após cursarem o Proerd no estado do Paraná, os três oficiais procuraram capacitar imediatamente novos instrutores para lançar o programa no Amazonas.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Amazonas

Candidato a deputado estadual, Capitão Carpê é o vereador mais produtivo de Manaus

Publicado

em

Por

O vereador Capitão Carpê (Republicanos) é o vereador da Câmara Municipal de Manaus (CMM) com o maior número de proposições apresentadas na atual legislatura. Até esta quinta-feira (18), o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) – site que registra as ações dos parlamentares – havia registrado 3.131 ações do mandato do capitão da PM, contra 2.913 do segundo colocado e 2.753 do terceiro.

As ações compreendem projetos de lei, requerimentos, indicações, moções, emendas, projetos de lei complementar e projeto de decreto legislativo.

Desde o início do seu mandato, Capitão Carpê realiza atendimentos por meio do seu gabinete externo localizado na Vila Marinho (Compensa), onde são recebidas demandas de manutenção e denúncias da cidade. A criação de um gabinete externo foi uma das formas, segundo o vereador, de manter o contato com a população.

“Assim que me tornei vereador assumi um compromisso com a população de estar sempre próximo ouvindo as necessidades do povo. Esse marco é apenas um reconhecimento de todo o trabalho que estamos fazendo por Manaus” comentou.

Candidatura

Ao falar de seu mandato, Carpê também enfatizou que ter alcançado essa posição nada tem a ver com sua candidatura, mas com o compromisso de trabalhar e honrar os votos recebidos para vereador em 2020.

O vereador atualmente concorre ao cargo de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). Sua candidatura se apresenta sobretudo para representar pautas que são criticas para a sociedade amazonense, destacando: segurança pública, saúde, educação, desenvolvimento regional, social e de desporto.

Continue lendo

Amazonas

Polícia apreende lancha com armamento pesado que seria usado por ‘piratas dos rios’

Publicado

em

Por

Uma denúncia anônima levou policiais do Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) a apreenderem  uma lancha de alumínio contendo um arsenal de armas, munições e coletes à prova de balas.

Na ação, os policiais apreenderam a lancha de alumínio com um motor de 250HP, cinco armas de fogo tipo espingardas, um carregador de fuzil, um binóculo, rádios comunicadores, 100 munições e quatro coletes à prova de balas.

A apreensão aconteceu no rio Solimões, município de Tefé (a 522 quilômetros de Manaus) em um porto particular, o Porto do Braga. As armas, de acordo com a polícia seriam de piratas de rios que estavam atacando embarcações que passavam pelo local.

Conforme informações da polícia, ninguém foi preso, os piratas conseguiram fugir ao entrar com a lancha para dentro do igapó, local de difícil acesso e por ser a noite, os policiais não conseguiram alcançá-los.

Com informações: A Crítica

Continue lendo

Amazonas

EUA monitoram ligação entre o PCC e o garimpo de ouro na Amazônia

Publicado

em

Por

O governo dos Estados Unidos está monitorando elo entre facção e o garimpo ilegal na Amazonas, informou a agência Reuters.

Após reuniões com autoridades de segurança brasileiras e a sociedade civil, uma alta autoridade do Tesouro dos EUA disse nesta quarta-feira (17) que o governo dos EUA estaria preocupado com as ligações entre o PCC (Primeiro Comando da Capital), hoje a maior facção de tráfico de drogas do Brasil, e o garimpo ilegal de ouro na região amazônica

O subsecretário de terrorismo e inteligência financeira do Tesouro dos EUA, Brian Nelson, afirmou ter recebido informações alarmantes sobre conexões entre o PCC e garimpeiros que atuam na Amazônia.

De acordo com a Reuters, em dezembro, o presidente dos EUA, Joe Biden, impôs sanções financeiras ao PCC, que nasceu nas prisões de São Paulo no início dos anos 1990 e hoje é a organização criminosa mais poderosa do país e que ajuda a inundar a Europa com cocaína. O PCC tem atuação no Amazonas.

Nelson declarou à agência que suas reuniões em Brasília e São Paulo despertaram preocupações de que o PCC também possa estar envolvido em crimes ambientais, como mineração ilegal de ouro.

“Estamos focados na mineração ilegal de ouro. Porque tanto pode gerar recursos para outras atividades ilícitas, dado o valor do ouro, quanto fornecer um meio para lavar os recursos ilícitos do narcotráfico”, disse ele a jornalistas.

Ele declarou que também discutiu com autoridades brasileiras uma proposta de teto para o preço do petróleo russo como parte de uma resposta do Ocidente à invasão da Ucrânia.

Nelson não comentou a visão do governo brasileiro sobre a proposta, mas disse que as “discussões técnicas” continuarão. O Brasil é um exportador líquido de petróleo com poucas conexões diretas com o setor energético russo.

Com informações: A Crítica

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2022 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus