Conecte-se conosco

Destaque

Adolescente desaparece ao sair de casa Colônia Antônio Aleixo, em Manaus

Publicado

em

Manaus (AM) – Adria Isabelly de Souza Barreto, de 15 anos, está desaparecida desde a tarde de domingo (5), por volta das 13h, quando saiu de sua residência, localizada no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona Leste da capital.

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção a Crianças e Adolescentes (Depca), solicita a colaboração da população na divulgação da imagem da adolescente.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na 28° Distrito Integrado de Polícia (DIP), e, posteriormente transferido para Depca, Ivani Cardoso de Souza, 35, informou que o paradeiro de sua filha é incerto desde a data mencionada. Na ocasião, relatou ela, Adria saiu de casa com destino à residência da tia, situada no mesmo bairro, porém não chegou ao local.

Ainda segundo o BO, a comunicante acrescenta que a adolescente teria levado roupas em uma mochila e o aparelho celular. A mãe de Adria ressalta que tentou ligar diversas vezes para o número do telefone, mas não conseguiu atendimento.

A delegada Joyce Coelho, titular da Depca, solicita a quem tiver informações sobre a localização de Adria que entre em contato com a Depca, por meio do número (92) 99486-4027, ou pelo 100, Disque Direitos Humanos.

A Depca está localizada na avenida Via Láctea, conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, zona centro-sul de Manaus.

*Com informações da assessoria

Fonte: Em Tempo

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Destaque

Começa julgamento de acusado de matar adolescente de 17 anos, no Centro de Manaus, em 2019

Publicado

em

Por

O julgamento de Michael Saboia de Souza Xavier, acusado de matar Heloísa Medeiros da Silva, de 17 anos, no Centro de Manaus, começou nesta quinta-feira (18). O assassinato ocorreu em dezembro de 2019. O réu responde pelos crimes de feminicídio ocultação de cadáver.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), a 2.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus começou o julgamento às 10h desta quinta. O número do processo é 0671090-67.2019.8.04.0001.

O julgamento, que está sendo presidido pela juíza de Direito Ana Paula de Medeiros Braga Bussulo, integra a programação da Semana Justiça pela Paz em Casa.

A promotora de justiça Clarissa Moraes Brito está representando o Ministério Público, com assistência da defensora pública Aline de Azevedo. O advogado Fabiano Cortez de Negreiros está atuando na defesa do réu.

Conforme o TJAM, foram convocadas oito testemunhas, entre acusação e defesa. A primeira testemunha é a delegada de polícia Cristiane Raquel Perimazze, plantonista da Delegacia de Homicídio no dia do crime e que atendeu a ocorrência.

O crime

De acordo com os autos, Heloísa Medeiros da Silva foi encontrada morta no dia 15 de dezembro de 2019, mas a perícia apontou que a morte dela ocorreu entre os dias 13 e 14.

As investigações mostraram que a vítima e o acusado se encontraram no dia 12 daquele mês, em um bar. Depois, eles seguiram para a residência da avó dele, situada na Rua Miranda Leão, no Centro de Manaus, local onde o corpo de Heloísa foi encontrado.

Segundo a perícia, a morte de Heloísa foi provocada por asfixia decorrente de ação contundente que gerou trauma na região raquimedular.

Suspeito do crime, Michel chegou a passar um período foragido, até ser preso, no Estado do Maranhão. Mas foi capturado e transferido para Manaus.

Nesta quinta, o TJAM listou os crimes pelos quais o homem responde. “O réu foi pronunciado pela Justiça como incurso nas sanções do art. 121 (matar alguém), parágrafo 2.º, incisos III (por asfixia) e VI (crime contra a mulher por razões da condição de sexo feminino), combinado com o parágrafo 2.º-A, inciso II (menosprezo ou discriminação à condição de mulher) e art. 211 (ocultação de cadáver), todos do Código Penal Brasileiro”, informou o tribunal.

Com informações: G1 Amazonas

Continue lendo

Cultura e Entretenimento

UniNorte promove a Sensibilização da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

Publicado

em

Por

O maior centro universitário do Norte (UniNorte) promoverá a Sensibilização da Semana Nacional da Pessoa com deficiência intelectual e múltipla no período de 22 a 26 de agosto na unidade Djalma Batista.

O evento tem como objetivo, falar sobre a deficiência, os direitos, a saúde, a inclusão social e as possibilidades nas esferas das artes plásticas, dança e esporte.

A exposição Fotográfica: “ O olhar de quem não é visto”, com a curadoria de Claudia Higuchi estará sendo exposta no evento.

A mostra é baseada em 20 imagens que demonstram o olhar de 10 alunos deficientes que participaram da Oficina de Fotografia exclusivamente para deficientes, um projeto contemplado pelo Prêmio Amazonas Criativo da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado do Amazonas.

Todas as atividades serão gratuitas e abertas a comunidade.

Local: UniNorte – Unidade Djalma Batista
Av Djalma Batista, 122

 

Cronograma

22/08 Palestra: Superando Barreiras. Conhecer para incluir Socorro Gil e Paulo Lamego
23/08 Palestra: Os desafios da Inclusão e os direitos das pessoas com deficiência Polyana Milena Barros Navegante
24/08 Palestra: Incluindo e ampliando os cuidados odontológicos nas pessoas com deficiência: a realidade da UEA.

Palestra: APADAM ( Associação de Pais e Amigos do Down do Amazonas)

Eliane Aranha

 

 

 

Omar Maia

 

25/08 Palestra: Inclusão e Acessibilidade – Uma reflexão: Temos e sabemos?

 

Palestra: Conhecer para Incluir: reflexão sobre a responsabilidade social universitária

 Ana Emília Guedes

 

 

Gilmara Araujo

26/08 Palestra e Apresentação: Balé inclusivo

Palestra e Apresentação: Parajiujitsu desportivo

Palestra e Apresentação: Dança Folclórica (Grupo AFULA)

Luana Lopes

Jonathas Machado

Dante Ferreira

 
22 a 26/08 Exposição Fotográfica: “O Olhar de quem não é visto” Curadoria de Claudia Higuchi
22 a 26/08 Exposição das obras de Henrique Figueira Artista Plástico Autista

 

  Exposição das obras de Wupi Dias Artista Plástico

 

 

Continue lendo

Cidades

Defesa Civil aponta que incêndio criminoso não compromete Mercado Adolpho Lisboa

Publicado

em

Por

As estruturas do Mercado Municipal Adolpho Lisboa não foram comprometidas após o incêndio criminoso causado pelo venezuelano Luis Domingo Siso, de 60 anos, em uma lotérica, na parte externa do local, na rua dos Barés, nesta terça-feira (16). Esta afirmação é da Defesa Civil Municipal.

O órgão fiscalizou o local na manhã desta quarta-feira (17). A equipe informou também que aguarda a presença de representantes da Caixa Econômica Federal para averiguar os prejuízos materiais da lotérica.

“Já foi feito um trabalho prévio do Corpo de Bombeiros, com a ajuda de permissionários. E, no relato preliminar, não há necessidade de intervenção no mercado e ele continua em suas funções normais. A única parte interditada é na loteria, que funciona como um banco e representantes da Caixa. Agora, nenhum dano na estrutura compromete o Adolpho Lisboa. Estamos aguardando esta comissão”, disse o Cel. Fernando Júnior.

Por se tratar de prédio histórico da cidade, a Defesa Civil Municial também informa que a Prefeitura de Manaus vai trabalhar o mais rápido possível na restauração, mas também precisará e um laudo do Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan/AM).

“O Mercado existe desde 1906 é faz parte do nosso patrimônio cultural e artístico. Uma perícia do Iphan/AM é mais que necessária, em respeito a legislação e a este patrimônio. Feito isto, vamos deixar o marcado novinho. É preocupação da gestão municipal resolver a questão o mais rápido possível para a população”, garantiu Fernando Junior.

Estado de Saúde

Enquanto isso, vítimas identificadas como Estefany do Nascimento Lima, de 23 anos; Wenisson Diego da Silva, de 33 anos; Adrielle mota de Assis, de 35 anos e Carlos Henrique da Silva Pontes de 50 anos, continuam em estado grave após o ataque criminoso.

Segundo uma nota da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), as vítimas seguem internadas no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto e Luis Domingos Siso, no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na zona Leste da capital.

Edição Web: Bruna Oliveira

Com informações: Em Tempo

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2022 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus