Conecte-se conosco

Destaque

Ataques contra a ZFM são culpa de Amazonino, diz David

Publicado

em

Deputado David Almeida

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado David Almeida (PSB), afirmou nesta quarta-feira (14), que o governador Amazonino Mendes é o maior responsável pelos duros golpes que a Zona Franca de Manaus (ZFM) vem sofrendo neste ano. O principal deles é o decreto do presidente da República, Michel Temer (MDB), que reduziu a alíquota da tabela de incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do setor de concentrados, do Polo Industrial de Manaus (PIM), de 20% para 4%.

David explicou que a decisão de Temer – tomada como uma das soluções aos prejuízos causados pela greve dos caminhoneiros – é uma retaliação à postura do governador do Amazonas, que se posicionou contrário ao Projeto de Lei (PL) número 160, dentro do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). O PL tratava da convalidação dos incentivos fiscais.

De acordo com David, no ano passado, em uma série de reuniões do Confaz, ficou acordado que todos os Estados, que todos os incentivos dados anos atrás como, por exemplo, à fábrica da Ford, no Estado da Bahia, e à fábrica da Azaleia, no Ceará, eles seriam convalidados por meio de um projeto de lei, no Congresso Nacional. Depois desse projeto, nada mais poderia ser concedido fora do Confaz.

O presidente da Aleam, na época governador interino do Estado, contou que todos aprovaram o acordo, inclusive o Amazonas. Ele chegou a reunir com os representantes da indústria como a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), o Centro da Indústria do Amazonas (Cieam), os técnicos da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), e até mesmo com o secretário da Receita, Eduardo Guardia, hoje ministro da Fazenda, para tomar a decisão.

“Mas, após a eleição, eu ainda governador interino, Amazonino enviou uma orientação para que eu votasse contra o Confaz. Eu disse a ele que não era esse o pensamento. No entanto, a partir do momento, em que o Amazonas votou contra, simplesmente o nosso Estado passou a ser ‘persona non grata’ no Confaz, na Receita Federal e no Ministério da Fazenda”, apontou David Almeida.

Deputado David Almeida

Foto: Assessoria

David apontou a orientação ao governador para que ele votasse contra o PL 160, no Confaz partiu do engenheiro civil e consultor econômico Samuel Hanan, que já foi vice-governador de Amazonino. “Agora o Amazonas passou a ser o patinho feio, onde todos os Estados do Brasil votam contra o Amazonas por conta do posicionamento contrário adotado no Confaz. A culpa é do Samuel Hanan que não vive mais no Estado e orienta mal o governador. Agora, na primeira crise que teve quem Governo Federal resolveu atingir? O Amazonas!”, observou.

A medida do governo de Michel Temer, contra o polo de concentrados o PIM, de acordo com economista e deputado Serafim Corrêa (PSB), inviabiliza a permanência de indústrias no Amazonas. De acordo com ele, o polo de concentrados, antes do decreto do presidente da República, respondia por 1/3 do faturamento da indústria da Zona Franca de Manaus (ZFM).

*Com informações da Assessoria

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Vereador Capitão Carpê acompanha o Prefeito de Manaus em visita na Assembleia Legislativa para tratar sobre armamento da Guarda-Municipal

Publicado

em

Por

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) acompanhou o prefeito de Manaus, David Almeida, em uma conversa nesta quarta-feira (9), com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade, para tratar sobre a PEC que viabilizará o armamento da Guarda-Municipal a fim de permitir que os municípios possam armar suas guardas.

“Vamos buscar de forma emergencial preparar, armar e equipar nossa guarda. Essa decisão é proveniente da série de ataques a patrimônios públicos ocorridos neste fim de semana. Iremos até o fim dessa luta, e vamos conseguir!” Afirmou o vereador.

O parlamentar que preside a primeira Comissão Técnica de Segurança Pública Municipal solicitou logo nos primeiros dias de mandato concurso público para a guarda que dispõe de um efetivo de 434 servidores para fazer a segurança patrimonial da cidade de Manaus. O número além de insuficiente, expõe ainda mais os guardas que carecem de melhor renumeração, condições de trabalho e outras necessidades.

“Nossa guarda está sucateada, é necessário reorganizar com urgência. Precisamos de uma guarda mais forte, armada, preparada e treinada não apenas para proteger o patrimônio, os guardas municipais exercem uma missão nos serviços de segurança pública para combater a violência e resguardar a vida do cidadão”, finalizou o Capitão.

Informações Assessoria

Continue lendo

Destaque

Imprensa mundial chama presidente argentino de “racista” e “vergonha”

Publicado

em

Por

Os periódicos da Argentina e do mundo não pouparam críticas ao presidente Alberto Fernández após o mandatário afirmar, na quarta-feira (9/6), que os “mexicanos saíram dos índios, brasileiros saíram da selva, mas nós, os argentinos, chegamos de barcos que vinham da Europa. E assim construímos nossa sociedade”.

O comentário foi considerado “infeliz” e “desastroso”; e Fernández, uma “vergonha” e “racista”.

O jornalista Eduardo Feinmann, do La Nación, destacou que as declarações de Alberto Fernández foram uma “vergonha nacional”. Para o apresentador, o presidente argentino é o “filósofo racista do século 21″. “É extremamente racista com os brasileiros e com os mexicanos”, assinalou ele.

Com informações: Metrópoles

 

Continue lendo

Destaque

Vereador Capitão Carpê denuncia vandalismo em quadra de esporte na Compensa 

Publicado

em

Por

Na noite desta quinta-feira (03), o vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) usou suas redes sociais para denunciar atos de vandalismo contra o patrimônio público praticado em uma quadra de esportes localizada no conjunto Aruanã, Bairro Compensa 2.

“Estive no local para verificar a situação, infelizmente se encontra sem iluminação, levaram toda a fiação, sem portões, depredada. Uma obra que foi entregue recentemente isso é inaceitável”, disse o vereador.

O parlamentar que também é Presidente da Comissão de Segurança Pública Municipal solicitou que providências enérgicas preventivas e repressivas sejam tomadas com urgências nesses locais como Guarda-Municipal armada e preparada.

 

“Muitas vezes a administração pública constrói e investe em bens público em prol da sociedade e esses vândalos destroem. A Comissão de Segurança Pública Municipal deve e irá agir, não vou me calar, jamais permitirei que esses desocupados cometam atos de vandalismo na nossa cidade”, finalizou o Capitão.

 

O parlamentar ressaltou que quem comete esse ato de destruição do patrimônio deve ser punido e responsabilizado pelo dano causado.

Informações Assessoria

Foto: Ítalo Sena

 

 

 

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus