Conecte-se conosco

Brasil

Brasil registra maior número de homicídios em 2016; Manaus ocupa 3ª posição no ranking de estupros

Avatar

Publicado

em

Violência

Conteúdo especial – Portal do Minuto

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta segunda-feira (30), indicou que o Brasil registrou 61.619 mortes violentas em 2016, sendo considerado o maior número de homicídios da história – equivalente ao número de mortes provocadas pela bomba atômica em Nagasaki, no Japão.

O levantamento também aponta que, no ano passado, sete pessoas foram assassinadas por hora no país, registrando um aumento significativo de 3,8% em relação a 2015.

Ainda conforme os dados publicados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a taxa de homicídios para cada 100 mil habitantes ficou em 29,9%. A letalidade policial cresceu em 25,8%.

O estado de Sergipe registrou o maior número de mortes violentas, contabilizando 64 a cada 100 mil habitantes. Logo atrás vem o Rio Grande do Norte (56,9) e Alagoas (55,9).

As capitais com maiores taxas de homicídios são: Aracaju (66,7), Porto Alegre (64,1) e Belém (64).

O diretor do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, ressaltou que os números registrados são absurdamente assustadores. “A violência se espraiou para todos os estados. Não é exclusividade só de um, apesar de haver uma vítima preferencial”, declarou Lima.

Apesar disso, os gastos com a segurança pública foram reduzidos em 2,6% no ano passado, avaliados em R$ 81 milhões. O governo federal teve uma redução de gastos contabilizada em 10,3%.

Segundo o integrante do Fórum, Arthur Trindade, a queda dos gastos é um ponto que chama bastante a atenção. “Passa a impressão de que o emprego da Força Nacional é hoje a única estratégia do governo federal na área de segurança. tem mais efeito midiático do que prático”, afirmou ele.

Manaus no ranking de violência sexual

Ainda de acordo o anuário, Manaus vem ocupando a 3ª posição em números de estupros no Brasil. A cada 100 mil habitantes, cerca de 37,4 mulheres foram vítimas de violência sexual no ano passado.

Os dados apontam que a violência cresceu assustadoramente no ano de 2016, registrando 783 casos de abuso na capital amazonense, enquanto em 2015 foram registrados 706 casos, resultando num aumento de 9%.

O levantamento não informa a idade das vítimas e considera apenas os casos em que mulheres foram violentadas. No Brasil, 49,497 casos de estupro foram registrados, apontando um crescimento de 3,5% em relação ao ano anterior.

casos de violência sexual

Capital amazonense registra 37,4 casos de estupro para cada 100 mil habitantes – Foto: Reprodução/Internet

Segundo Vania Santos, presidente da União Brasileira de Mulheres (UBM), as estatísticas indicam um aumento significativo dos casos. Ela ainda acredita que esses números podem crescer, pois nem todas as vítimas denunciam os casos de abuso.

“Infelizmente, esse número ainda não representa a realidade porque nem todas as vítimas denunciam os casos, principalmente por vergonha. Além disso, vivemos um momento em que a temática da violência contra a mulher está sendo posta de escanteio, já que os direitos estão sendo retirados de um a um”, declarou a presidente da UBM.

A titular da Delegacia Especializada em Combate a Crimes contra a Mulher (DECCM), delegada Débora Mafra, ressaltou que o estupro não escolhe idade, raça ou classe social, ele pode acontecer com qualquer pessoa e em qualquer lugar.

“O estupro pode acontecer dentro de casa, combinado com a violência, mas também pode ser praticado por desconhecidos.  As mulheres são as mais vitimadas, mas também são as que mais registram as ocorrências”, comentou a autoridade policial, reafirmando a importância da denúncia.

Desaparecidos

O estudo também ressaltou, pela primeira vez, os dados de desaparecidos no país. Foram registrados oito casos de desaparecimento por hora entre os anos de 2007 e 2016 – 693.076 boletins de ocorrência, com uma média diária de 190 pessoas desaparecidas nos últimos dez anos.

No Brasil, foram registrados 71.796 casos de desaparecimento em 2016. O Amazonas não divulgou os números do ano anterior, mas em 2015 foram contabilizados 957 desaparecimentos.

Por Narel Desiree – Portal do Minuto

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Ministro Pazuello informou que até 1,5 mil pacientes devem ser transferidos do Amazonas

Avatar

Publicado

em

Por

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta terça-feira, em Manaus, que o governo deve remover 1,5 mil pacientes com Covid-19 do Amazonas para outros estados para receber tratamento médico. O número é seis vezes maior do que o objetivo inicial, que era transferir 235 pessoas.

Ao lado do governador do Amazonas Wilson Lima, ele fez um pronunciamento durante a inauguração do hospital de campanha, que vai funcionar no complexo Nilton Lins. Desde que chegou a Manaus, na noite de sábado (23), o ministro não tinha cumprido nenhuma agenda pública e, após o evento desta terça, foi embora sem responder perguntas dos jornalistas. De acordo com o Ministério da Saúde, ele ficará no estado do Amazonas pelo “tempo que for necessário”.

Continue lendo

Amazonas

Determinado restrição de veículos pesados na Br-319

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Uma portaria Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), publicada no Diário Oficial, nesta terça-feira (26), determina uma série de restrições na circulação de veículos de cargas e de passageiros na BR-319, rodovia que liga Manaus a Porto Velho. A estrada é conhecida pelas péssimas condições (leia mais abaixo).

Entre os meses de junho e novembro, a circulação de veículos de carga e de passageiros com peso acima de 23 toneladas fica proibida. Já entre os meses de dezembro e maio, a restrição é para veículos com capacidade de peso acima de 17 toneladas.

O objetivo é manter a circulação segura entre os municípios situados à margem da rodovia, especialmente no trecho entre Careiro da Várzea (AM) (altura do km 13) e o entroncamento com a BR-230, no sentido Humaitá (AM) (altura do km 679).

Fonte: G1

Continue lendo

Brasil

Acidente com ônibus na BR-376 em Guaratuba deixa 21 mortos e 33 feridos

Avatar

Publicado

em

Por

Um acidente com um ônibus na BR-376, em Guaratuba, no litoral do Paraná, deixou 21 mortos na manhã desta segunda-feira (25), de acordo com o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA).

Segundo a polícia, 33 pessoas foram socorridas feridas, sendo sete delas em estado grave e seis com ferimentos moderados.

O acidente aconteceu na altura do km 668, no trecho conhecido como Curva da Santa, por volta das 8h30, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros Ícaro Grenert, que participou dos resgates, as informações preliminares dão conta que o ônibus saiu sozinho da pista, sem se chocar em outro veículo.

“A gente não tem como falar se foi uma falha mecânica ou o que aconteceu. Ele caiu na ribanceira. Felizmente ele não caiu rio abaixo, que dá pelo menos 50 metros, então esse número de óbitos seria bem mais significativos”, disse o socorrista.

Fonte: G1

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus