Conecte-se conosco

Cidades

Casal é preso suspeito de roubar e matar taxista em rodovia do AM

Publicado

em

Um casal foi preso na madrugada desta terça-feira (13), suspeito de envolvimento no latrocínio – roubo seguido de morte – de um taxista de 46 anos. A vítima foi estrangulada com uma corda. O crime aconteceu no dia 28 de fevereiro. O corpo do taxista foi encontrado no KM 35, da rodovia AM-010. Um homem suspeito do crime ainda está foragido.

Alexandre Florêncio da Silva, 24 e Meirivane Martins de Oliveira, de 22 anos, foram apresentados nesta tarde na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD). O suspeito não quis comentar as acusações. A mulher negou envolvimento no crime. Anderson Ferreira de Almeida, de 24 anos, continua foragido.

De acordo com o delegado titular da DERFD, Adriano Félix, os suspeitos vieram do município de Autazes com a intenção de roubar automóveis em Manaus.

“A finalidade principal [dos suspeitos], no momento em que saíram da comunidade Bom Jesus, no KM 32 de Autazes, foi praticarem delitos de roubos a automóveis aqui em Manaus. Eles roubariam um automóvel e duas motocicletas, pegariam esses automóveis, levariam para a comunidade e iriam negociar com pessoas da comunidade e proprietários individuais de fazendas. No momento em que eles praticaram o primeiro roubo, o Alexandre resolveu matar esse taxista, esse pai de família, de forma bárbara”, informou Félix. A polícia informou que os suspeitos pediram uma corrida do bairro da Cachoeirinha até a rua da Petrobrás, no Distrito Industrial.

“No momento em que chegaram, amarraram esse indivíduo [taxista], levaram para o quilômetro da AM-010, no bairro lagoa Azul e lá tiraram a vida desse pai de família. A maneira como eles agiram foi com uma corda, enforcando esse indivíduo”, contou o delegado.

Félix explicou ainda que a participação da mulher foi observar para ver se não viria ninguém. Depois do crime, eles fugiram para a comunidade Bom Jesus, onde permaneceram por duas semanas.

De acordo com a polícia, o trabalho de investigação foi contínuo desde o dia do crime. Os policiais receberam informações de que o csal estava morando em um imóvel na comunidade Bom Jesus. Durante a abordagem, o suspeito tentou fugir, mas foi atingido por um disparo de arma de fogo, que atingiu a perna esquerda. Com os suspeitos, a polícia recuperou ainda o tablet da vítima, que foi roubado no dia do crime.

Alexandre e Meirivane foram indiciados por latrocínio e serão encaminhados, respectivamente, ao Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM) e Feminino (CDPF).

Fonte: G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Nível do Rio Negro volta a subir em Manaus e bate novo recorde

Publicado

em

Por

Após permanecer estável nos 30 metros por nove dias e registrar até uma pequena baixa de um centímetro, o nível do Rio Negro voltou a subir em Manaus.

Nesta quarta-feira (16), o nível do rio chegou aos 30,02 metros. É a maior marca da história desde o início dos registros, em 1902.

De acordo com o boletim da Defesa Civil, em todo o Amazonas, mais de 455 mil pessoas foram atingidas pela cheia.

Prédio da alfândega, no Centro histórico de Manaus, durante cheia de 2021. — Foto: Ricardo Balby

Continue lendo

Cidades

Após a maior cheia da história, nível do Rio Negro começa a baixar em Manaus

Publicado

em

Por

Após permanecer estável nos 30 metros por nove dias, desde 5 de junho, o Rio Negro começa a baixar em Manaus. Nesta segunda-feira (14), o nível do rio baixou 1 centímetro para 29,99 metros. A marca dos 30 metros em Manaus foi a maior da história desde o início dos registros, em 1902.

De acordo com o boletim da Defesa Civil, em todo o Amazonas, mais de 455 mil pessoas foram atingidas pela cheia.

Prejuízos na capital

Em Manaus, foram construídos 10 mil metros de pontes e passarelas em 20 bairros da capital Amazonense, segundo informações da Defesa Civil.

Em diversos pontos, a circulação de pessoas ocorre somente por meio de passarelas. O centro histórico registra vários pontos de alagamento. A Praça do Relógio e o prédio da Alfândega estão entre os locais mais atingidos.

A água do rio Negro também invadiu o local onde funcionava a mais tradicional feira da capital, a Manaus Moderna. Como isso, os feirantes foram transferidos para uma balsa. Comerciantes relatam prejuízos. Lojistas tiveram os estabelecimentos alagados, mesmo com as contenções para impedir a entrada da água.

A previsão do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) era que o rio chegasse à cota máxima de 30 metros A expectativa é que, agora, o nível do rio comece abaixar. De acordo com o órgão, abaixo dos 27 metros o nível do rio é considerado patamar normal para a cheia.

Veja a matéria completa em G1 Amazonas encurtador.com.br/yKMW9

Continue lendo

Cidades

Operação Hórus apreende aproximadamente 2 Toneladas de Pirarucu e peixes de outras espécies

Publicado

em

Por

O Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (CPAmb), por meio do Batalhão Ambiental (BPAmb) e Canil da PMAM durante o desdobramento da Operação Hórus/VIGIA/ na madrugada desta quinta-feira (22), no rio Solimões em frente a Orla do Município de Manacapuru (AM), realizou a abordagem e fiscalização da embarcação B/M Kennedy VI oriunda do município de Codajás-AM.

Na ocasião foram encontrados 2 toneladas de pescado ilegal, Pirarucu Arapaima Giga e outras espécies de peixes, acondicionados em várias caixas de isopor que seriam destinados ao município de Manaus/AM. O proprietário da embarcação recebeu voz de prisão e foi conduzido a delegacia do 1° DIP de Manacapuru ( 1º Distrito Integrado de Polícia) para realização dos procedimentos legais.

Material apreendido

Aproximadamente 2 toneladas de Pirarucu Arapaima Giga e peixes de outras espécies.

Prejuízo ao crime:
R$ 60.000,00 reais.

SEOPI/MJSP/CPAMB/BPAMB /CANIL PMAM

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus