Conecte-se conosco

Economia

Comércio de roupas plus size é tendência de empreendedorismo

Avatar

Publicado

em

Mais da metade da população brasileira está acima do peso e, destas, 17,9% são obesas. São pessoas que demandam por roupas de tamanhos grandes e aquecem um nicho em expansão: o mercado moda plus size.

A procura por roupas do tipo é crescente e existem poucas empresas atuando nesse mercado, criando uma oportunidade de negócio, especialmente para as micro e pequenas empresas.

De acordo com pesquisa inédita do Sebrae, 17,7% das lojas do varejo da moda do Brasil vendem roupas em tamanho grande, sendo que apenas 3,5% delas são especializadas em moda plus size.

Para conhecer o perfil dos consumidores de moda plus size e os hábitos de consumo deles, outra pesquisa do Sebrae mostrou que 71% das pessoas que usam GG têm dificuldades para encontrar roupas nas lojas e 86% delas se dizem insatisfeitas com as opções de roupas para manequins grandes.

Em Manaus, temos a loja virtual Deborah Aquino Moda Plus Size, da empreendedora Deborah Aquino, que atua nesse segmento desde o início do ano passado, primeiramente buscando soluções para si mesma, e depois com uma visão empreendedora começou a investir no segmento Plus Size para atender também as demandas de amigas e pessoas que se interessavam pelos seus modelos de roupa.

 

Mercado

Em 2018, enquanto outros setores da economia registraram prejuízos e queda na produção, o mercado de vestuário para tamanhos acima do 46 movimentou R$ 7,2 bilhões, registrando crescimento de 8%, segundo dados da Associação Brasileira de Plus Size (ABPS). E não tem como ser diferente. Pesquisa feita pelo Ministério da Saúde em 2017 mostra que 110 milhões de brasileiros adultos (54% da população) têm sobrepeso. A demanda é real.

“A questão não é o corpo, nunca tive problemas com isso, minha principal luta era realmente por roupas bonitas que vestissem bem, coisa que até aquele momento eu não conseguia encontrar, e através do universo plus size hoje eu me sinto ainda mais linda e consigo transmitir essa mesma sensação para todas as clientes que nos procuram” Frisa Deborah Aquino.

Deborah Aquino, proprietária da loja virtual Deborah Aquino Moda Plus Size

A quantidade de potenciais clientes das roupas GG é, ao mesmo tempo, oportunidade e desafio, pois atuar nesse nicho exige uma compreensão sobre o público, suas necessidades, anseios, percepções e comportamentos. São pessoas que não querem apenas vestir uma roupa que atenda ao seu manequim, mas, sobretudo, ressaltar seu estilo e beleza por meio do uso de roupas e acessórios da moda.

Com informações: G1

 

 

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Caixa libera consulta ao valor e data de novos saques do FGTS

Avatar

Publicado

em

Por

A Caixa Econômica Federal liberou nesta segunda-feira (15) a consulta do valor e da data do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), de até R$ 1.045 por trabalhador.

O trabalhador pode consultar qual o valor do seu saque emergencial e quando o valor será creditado por meio do site fgts.caixa.gov.br ou por meio do Disque 111. A consulta poderá ser feita também pelo aplicativo FGTS e pelo Internet Banking da Caixa a partir de sexta-feira (19).

Ao fazer a consulta por app ou no site, o trabalhador também poderá optar por não fazer o saque emergencialou ainda por devolver o valor para a conta do FGTS caso o crédito já tenha ocorrido.

O trabalhador que escolher não fazer o saque emergencial deve informar a Caixa pelo menos dez dias antes da data de crédito prevista.

As liberações emergenciais do FGTS começarão no dia 29 de junho e será realizado por meio de Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. Já o saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de janeiro, estão liberados a partir de 25 de julho.

O dinheiro ficará disponível para o trabalhador até 30 de novembro. Se o saque emergencial não for feito até essa data, automaticamente o valor retornará para o fundo de garantia.

Essa nova liberação do saque do FGTS se deu em razão da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e a renda dos trabalhadores.

O governo federal informa que todos os 60,8 milhões de trabalhadores que possuem contas no FGTS poderão ser beneficiadoscom os saques. Segundo a Caixa, devem ser liberados R$ 37,8 bilhões. Cerca de 30,7 milhões de trabalhadores poderão sacar todo seu recurso no FGTS (50,5% do total).

Matéria completa: G1 Amazonas https://glo.bo/30GUkly

Continue lendo

Amazonas

Caixa vai abrir 14 agências neste sábado (13) para saque de auxílio emergencial

Avatar

Publicado

em

Por

A Caixa Econômica vai abrir agências no sábado (13) para atender aos beneficiários do Auxílio Emergencial. No Amazonas, 14 unidades vão estar com portas abertas para atendimento das 8h às 12h.

O pagamento do benefício de sábado (13) é destinado a beneficiários nascidos em dezembro, que poderão sacar a segunda parcela nas máquinas de autoatendimento ou nas unidades lotéricas.

As liberações começaram no em 30 de maio e seguem um cronograma ligado ao mês de nascimento do trabalhador. Até a data de liberação, os recursos já depositados nas poupanças podem ser usados apenas para pagamento de contas, de boletos e compras por meio do cartão de débito virtual.

 Como sacar?

Para sacar, é necessário gerar um código autorizador (token) no aplicativo CaixaTem. Caso os beneficiários tenham dificuldade para gerar o código, esse serviço poderá ser realizado nas agências da CAIXA.

Pagamentos

A Caixa concluiu em maio os pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários que receberam a primeira até 30 de abril. Um segundo grupo de aprovados recebeu a primeira parcela também na última semana semana de maio – para estes, a data de pagamento da segunda não está confirmada mas, segundo o presidente da Caixa, o benefício deve ser liberado em um mês.

Matéria completa: G1 Amazonas https://glo.bo/2MRZPWf

Continue lendo

Destaque

Veja que volta a funcionar no 1º dia de reabertura gradual do comércio em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

O primeiro ciclo do plano de reabertura do comércio em Manaus tem início nesta segunda-feira (1º), em Manaus. O plano de reabertura gradual do comércio de atividades não essenciais foi anunciado pelo Governo do Amazonas na quarta-feira (27) e irá acontecer por ciclos. A flexibilização acontece, segundo o Governo, após redução no avanço da Covid-19.

Os casos confirmados do novo coronavírus no Amazonas ultrapassaram 40,5 mil, com mais de 2 mil mortes, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), no sábado (30). O Amazonas é o quarto estado do país com o maior número de infectados e o sexto no número de mortos.

O governo informou que o plano de retomada das atividades não essenciais foi definido a partir do mapeamento e análise de indicadores da evolução da pandemia, como disponibilidade de leitos, taxa de transmissão e óbitos em Manaus que, segundo o governo, estão reduzindo.

O plano de reabertura prevê quatro ciclos: o primeiro a partir de 1⁰ de junho; o segundo em 15 de junho; o terceiro em 29 de junho e o quarto a partir de 6 de julho. De acordo com o governo, o avanço para cada etapa do ciclo dependerá da curva de casos do novo coronavírus na capital.

O plano de reabertura considera, também, as medidas de prevenção contra o novo coronavírus, que devem ser mantidas. Outra determinação é quanto aos shoppings, que poderão abrir com uma lotação de no máximo 50%.

“Lojas que estão nesse primeiro ciclo, elas vão poder abrir dentro dos shoppings centers. Segue o mesmo padrão de lojas. Eles não vão abrir com todas as lojas funcionando. Ele vai abrir com parte das lojas funcionando”, disse o secretário de Planejamento, Jorio Filho.

Confira as áreas do comércio que voltam a funcionar nesta segunda-feira (1º):

1º ciclo – 1 de junho (grupos de risco não retornam)

  • Igrejas e templos (30% de ocupação, com eventos de 01 hora de duração e intervalo de, no mínimo, 05 horas entre um vento e outro)
  • Lojas de artigos esportivos e bicicletas (venda e reparo)
  • Lojas de artigos para casa
  • Lojas de vestuário, acessórios e calçados
  • Lojas de móveis e colchões
  • Atendimento presencial, médico e odontológico, sujeito a agendamento prévio
  • Joalherias e relojoarias
  • Comércio de artigos médicos e ortopédicos
  • Serviços de publicidade e afins
  • Petshops
  • Lojas de variedades
  • Agências de turismo
  • Concessionárias e revendas de veículos em geral
  • Óticas
  • Floriculturas
  • Bancas de revista em logradouros público

Matéria completa: G1 Amazonas https://glo.bo/2MkkPVm

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus