Conecte-se conosco

Política

David Almeida tem maior potencial de voto e menor rejeição para 2020

Avatar

Publicado

em

A décima rodada de estudo eleitoral do instituto iMarketing para a eleição de prefeito de Manaus em 2020 apontou o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) David Almeida (Avante) na liderança, com 16,3%. Apesar do empate técnico com o ex-governador Amazonino Mendes (PDT), que está com 16,2% na pesquisa estimulada, David que tem uma das menores rejeições, lidera outros dois cenários e apresenta o maior potencial de votos, com 34,3%, contra 31,1% do pedetista.

No primeiro estudo da iMarketing que coloca Amazonino e Eduardo Braga no mesmo cenário, o senador aparece em quarto lugar na estimulada, com 10,2%. Braga caiu 5,4% em relação ao estudo de junho, quando Amazonino não foi incluído na pesquisa como pré-candidato. À frente de Braga, o deputado federal José Ricardo aparece em terceiro, com 10,2%. Do mesmo modo como o senador, o deputado petista também caiu 2,4% diante do estudo de junho.

A nova pesquisa mostra, ainda, um distanciamento significativo do vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, dos primeiros lugares da disputa. Rotta, que variava entre o terceiro e quarto lugar nas pesquisas da iMarketing e de outros institutos, desta vez caiu para 11º na pesquisa estimulada, com 3,4%: uma queda de 8,4 pontos percentuais.

No primeiro cenário, à frente de Rotta, aparece em quinto lugar o deputado federal Alberto Neto (6,7%), seguido do deputado estadual Serafim Corrêa (4,4%), do vereador Chico Preto (4,3%), do ex-deputado Hissa Abrahão (3,5%), do deputado federal Marcelo Ramos (3,7%), e da ex-deputada Rebecca Garcia (3,7%). Abaixo de Rotta, a lista segue com a ex-senadora Vanessa Grazziotin (1,7%), e, em 13º o vice-presidente da Codese Manaus, Romero Reis (0,6%).

Espontânea
Na pesquisa espontânea, o ex-governador Amazonino aparece com 7%; seguido de David Almeida, com 6%. O deputado federal José Ricardo recuou 0,2% em relação à pesquisa espontânea de junho e aparece nesse último estudo com 2,3%, seguido de Eduardo Braga, que também caiu 0,9% frente ao estudo de junho, registrando 1,8% das intenções de votos.

O vereador Chico Preto aparece em quinto lugar na espontânea, com 1,6%, à frente de Alberto Neto (1,5%), de Marcos Rotta (1,0%) e de Serafim Corrêa (0,8%). A lista segue com Marcelo Ramos (0,7%), empatado com Rebecca Garcia (0,7%), Hissa Abrahão (0,4%), Vanessa Grazziotin (0,3% e Romero Reis (0,2%).

Rejeição
Hoje presidente do partido Avante, o ex-deputado David Almeida, que governou Amazonas interinamente por quase cinco meses, em 2017, além de liderar nas intenções de voto da pesquisa estimulada, é o pré-candidato com um dos menores percentuais de rejeição. Entre os 13 nomes estudados na soma de três cenários, David é o décimo colocado nesse estudo, com potencial de rejeição de apenas 7,1%.

Nesse quadro, o senador Eduardo Braga lidera o potencial de rejeição com 49,3%, seguido bem de perto por Vanessa Grazziotin, com 45,5%. O ex-governador Amazonino é o terceiro colocado na lista, com potencial de 37,2% de rejeição em Manaus. O deputado Serafim vem logo em seguida com 24%, seguido de Rebecca (19,4%), Marcelo Ramos (18,1%), José Ricardo (11,3%), Marcos Rotta (10,5%) e de Hissa Abrahão (9%). Abaixo de David Almeida, aparecem Romero Reis (6,4%), Chico Preto (4,6%) e Alberto Neto (4,4%).

Fonte: Assessoria

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Wilson Lima afirma que recursos provenientes do aumento na arrecadação do Estado serão destinados à saúde

Avatar

Publicado

em

Por

O governador do Amazonas, Wilson Lima, afirmou, nesta terça-feira (04/02), durante entrevista coletiva realizada após a leitura da mensagem governamental na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), que os recursos obtidos pelo Estado, provenientes do aumento da arrecadação, serão destinados, prioritariamente, à saúde.

“O que a gente está fazendo com esse dinheiro é diminuir o déficit que a gente tem, tanto na previdência, quanto no gasto da máquina, e investir na área de saúde. Esse ano, por exemplo, na área de saúde, nós já temos previsto quanto vamos gastar por mês, baseado nesses ajustes que estamos fazendo, no aumento de arrecadação e nas medidas de reformulação da área de saúde”, frisou Wilson Lima.

Wilson Lima ressaltou que não abre mão de políticas públicas, programas e planos de Governo que possibilitem avanços na saúde. “Enquanto a gente não tiver esse problema, não vamos tirar o foco. Por isso que nós estamos fazendo esse processo de reformulação na área de saúde. Nosso primeiro movimento significativo, no ano passado, foi a contratação direta dos servidores de empresas terceirizadas que contratam técnicos de enfermagem. E assim também a gente vai caminhar para um movimento de aproximação com outros grupos que fazem parte da saúde”, observou o governador.

Polo de concentrados – Ainda durante entrevista coletiva na Aleam, Wilson Lima destacou que a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) pode ser tema de uma reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, esta semana.

“A informação que a gente tem é de que já tem um decreto pronto para que a gente tenha garantido aqui os 8%. A gente vai estar em Brasília amanhã (quarta-feira, 5), coincidentemente eu, o (Alfredo) Menezes (superintendente da Suframa) e o Josué (Neto, presidente da Aleam). Há, inclusive, a possibilidade de fazermos uma reunião com o presidente da República, para que ele possa falar sobre essa questão do IPI dos concentrados”, destacou Wilson Lima.

Ele enfatizou que os interesses da Zona Franca de Manaus (ZFM) serão defendidos pelo Governo do Estado. “Nós precisamos e vamos proteger os interesses da Zona Franca de Manaus, porque isso é fundamental para a sobrevivência do povo do Amazonas. Nós temos uma equipe que foi montada no ano passado para acompanhar qualquer decisão que o Governo Federal tome, que afete ou beneficie a ZFM. Estou conversando com a bancada, para que a gente possa fazer essa proteção dos interesses da Zona Franca”, afirmou o governador.

Preço dos combustíveis – Wilson Lima também comentou sobre a carta destinada ao presidente Jair Bolsonaro, assinada nesta segunda-feira (03/02), por 23 governadores, solicitando que o Governo Federal abra mão de receitas e impostos recolhidos sobre o consumo de combustíveis.

“O que nós defendemos é uma conversa com a presidência e uma discussão profunda, técnica com os nossos secretários de Fazenda, sobre como é que a gente pode fazer essa composição tributária para que, efetivamente o preço do combustível possa baixar, levando em consideração ICMS, PIS/Cofins e Cide, que são tributos do Governo Federal”, pontuou Wilson Lima.

Ele ressaltou que o tema precisa ser discutido e avaliado por todos os envolvidos. “É importante levar em consideração que quem estabelece preço de combustível é a Petrobras. É preciso chamar todos esses autores para entender como caminhar, nesse sentido. A questão dos combustíveis afeta todo mundo, toda a atividade econômica do país. Temos que discutir de forma muito madura e responsável”, avaliou o governador.

*Com informações da Assessoria

Continue lendo

Brasil

Coronavírus: Ibaneis aprova HFA para brasileiros vindos da China

Avatar

Publicado

em

Por

Hospital das Forças Armadas (HFA), no Cruzeiro, será uma das unidades de referência sobre coronavírus para os brasileiros que estão voltando da China. O governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que não vê problema com uma possível vinda deles para Brasília.

O governo federal colocou Anápolis (GO), a 155km da capital federal, como cidade cotada para ser sede de quarentena para esses brasileiros. Por causa da proximidade com Brasília, o Planalto apontou o HFA para se tornar referência, caso eles precisem de se dirigir a uma unidade hospitalar.

Para o chefe do Executivo local, é importante preparar hospitais em todo Brasil para enfrentar a nova doença. “Nós temos que estar preparados. E achei de grande coerência a atitude do governo federal e do ministro (Luiz Henrique) Mandetta (da Saúde)”, comentou. “Tem o meu apoio”, concluiu.

Matéria completa: Metrópoles https://bit.ly/2S0SW8J

Continue lendo

Política

Em Codajás, Governo do Amazonas entrega 60 aeradores para piscicultura

Avatar

Publicado

em

Por

O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), entregou neste domingo (02/02) 60 aeradores para piscicultores de Anori e Codajás, no Médio Solimões. Os produtos foram adquiridos a preços subsidiados por meio do edital de doação onerosa disponível no site da Agência (www.ads.am.gov.br).

A cerimônia de entrega, realizada na Casa da Cultura, no município de Codajás (a 239 quilômetros de Manaus), contou com a presença do presidente da ADS, Flavio Antony Filho. No total, a Agência investiu cerca de R$ 2 milhões na aquisição dos aeradores.

“Não temos dúvida de que a entrega desses equipamentos vai representar um aumento na produtividade de peixes. A implantação de tecnologia e o incentivo a essa atividade se faz necessária, porque permite que o recurso seja aplicado de forma direta nos interiores, movimentando a economia local, gerando emprego, renda e dando garantia de segurança alimentar com um item do gênero alimentício de alto valor proteico”, explicou o presidente.

Maria dos Santos Valente, piscicultora de Codajás, possui oito tanques, onde são criados tambaqui e pirarucu comercializados na capital. É a primeira vez que ela consegue adquirir aeradores, por meio do incentivo do Governo do Estado. “Os aeradores vão me ajudar a desenvolver melhor os peixes”, comentou.

O piscicultor Izaquiel Brandão dos Santos, de Anori (distante 194 quilômetros da capital), adquiriu oito unidades de aeradores do tipo 1,5cv. “Com esse edital, eu tive uma economia de R$ 2 mil em cada aerador”.

Balanço – Ao todo, os municípios de  Codajás e Anori apresentaram suas demandas à ADS mediante o credenciamento de seus piscicultores, sendo 25 piscicultores de Codajás, totalizando 72 equipamentos solicitados, e oito piscicultores de Anori, totalizando 23 equipamentos solicitados, perfazendo um total de 95 aeradores. Os implementos irão beneficiar diretamente 33 famílias e indiretamente toda a população que consome pescado no município.

“Todos os 95 equipamentos juntos somarão 118 cv de potência, o que facilmente permitirá um incremento de mais 100.000 quilos de pescado, além do que já é produzido convencionalmente. E, sendo comercializado a R$ 10 o quilo, a projeção que se espera é que R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) circule na economia destes dois municípios”, explicou Tomás Sanches, diretor técnico da ADS.

Edital – Para adquirir os aeradores, o piscicultor deve se habilitar no edital de doação onerosa disponível no site www.ads.am.gov.br.

Os produtos disponíveis possuem as seguintes configurações: Aerador 1,0 cv monofásico (600 unidades); Aerador 1,5 cv monofásico (200 unidades); e Aerador 1,5 cv trifásico (200 unidades). A quantidade máxima de aeradores por piscicultor é de 10 unidades.

Na capital, a documentação exigida no edital deverá ser entregue na sede da ADS, situada na avenida Carlos Drummond de Andrade, 1.460, conjunto Atílio Andreazza, Bloco G, 1º andar, Japiim, zona sul. Nos demais municípios, a entrega poderá ser realizada nas Unidades Locais do Idam.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas