Conecte-se conosco

Política

David denuncia perseguição a servidores públicos e chama os profissionais para lutarem juntos

Avatar

Publicado

em

Na passagem pelos municípios de Autazes e Nova Olinda do Norte, o candidato ao governo do Estado pela coligação Renova Amazonas, David Almeida (PSB), declarou que corre nas suas veias o sangue do guerreiro indígena Ajuricaba, depois de afirmar que nenhum clima de perseguição aos funcionários públicos do Estado e dos municípios, vai intimidá-lo a desistir de seguir na campanha, até o fim. Disse ainda que nunca vai se aliar com governos como o que está hoje no Estado e chamou o eleitorado a fazer resistência nessa reta final da primeira etapa do pleito, como forma de reforçar a chegada ao segundo turno.

David disse que, nas ruas de Autazes e de Nova Olinda do Norte, ouviu o clamor de insatisfação e sentiu clima de perseguição por parte dos prefeitos aliados do atual governador. “Eles (governador e prefeitos) proíbem os funcionários públicos de ir nos receber na chegada à cidade. Eles proíbem as pessoas de falarem comigo. Mas sabe o que acontece quando chega o governador na cidade? O povo todo vai, mas não vai votar nele, porque as pessoas de bem já estão cansadas de governos que só querem mostrar trabalho em época de eleição”, disse.

O candidato da coligação Renova Amazonas contou aos moradores de Autazes e de Nova Olinda que o atual governador recebeu um não dos professores. Segundo ele, o governador mandou chamar todos os diretores do Estado para uma reunião em Manaus. “Ele encheu uma casa de show, colocou os diretores todos dentro de um hotel, com ar condicionado, almoço, jantar e transporte. Quando fez a reunião dele, no final ele perguntou aos professores: “nós podemos contar com vocês? Os professores disseram não”, contou.

David lembrou que, no ano passado – quando foi governador interino -, ele foi a Autazes, vendo só poeira e lama. “Eu deixei R$ 402 milhões em caixa para asfaltar as ruas do interior, os ramais e vicinais. Para Autazes, foram três ramais para os quais eu dei ordem de serviço, além do ramal do Rosarinho. Mas o atual governador, quando assumiu em outubro do ano passado, foi lá no Tribunal de Contas do Estado (TCE) mandar parar a obra. Sabe por quê? Para punir o deputado David. Mas sabe quem ele puniu? O povo de Autazes. O governador veio aqui, ganhou o voto da população e depois escolheu punir o povo. É muita maldade”, observou.

Em Nova Olinda, David lembrou que, quando o TCE ainda não tinha impedido o seu governo de executar investimentos necessários para os municípios, ele conseguiu devolver o Festival Folclórico da cidade, além de asfaltar uma estrada importante para o município. “Tive a alegria de autorizar, quando fui governador, o repasse de recursos para o Festival Folclórico, que estava desde 2015 sem ser realizado; de entregar a Estrada do Fontinelli e dar ordem de serviço para a obra da orla. Mas ainda há muito a fazer para tornar a vida de vocês bem melhor”, disse.

O candidato que, no passado, pagou o maior abono da história do Fundeb no Amazonas, afirmou que a sua proposta é tornar o Amazonas um Estado campeão em educação. “Os governantes nunca valorizaram os professores. A educação nunca foi prioridade para o atual e outros tantos ex-governadores, porque isso é uma estratégia de se manter no poder. Quanto menos educação tiver o povo, quanto menos informação tiver o povo, eles continuam no poder. A partir do momento em que o povo tiver informação e educação de qualidade, nós nunca mais elegeremos políticos como Amazonino”, frisou.

Com informações: Assessoria

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Vereador Capitão Carpê solicita Emenda Parlamentar para auxiliar famílias afetadas pela pandemia

Avatar

Publicado

em

Por

Na manhã desta terça-feira (20), o vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) protocolou um ofício ao presidente da Câmara Municipal, David Reis (Avante), solicitando ao Deputado Federal Capitão Alberto Neto (Republicanos) a destinação de recursos por meio de uma Emenda Parlamentar para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 em Manaus.

Carpê destacou sua preocupação com as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade devido ao desemprego e a fome gerados pela pandemia de Covid-19.

“Precisamos somar esforços e recursos, a verba será destinada para compras de cestas básicas e ações que visam amenizar as dificuldades que muitas pessoas estão enfrentando, principalmente, as crianças que estão passando fome na nossa cidade”, afirmou o vereador.

Desemprego

A taxa média de desemprego no Brasil foi de 14,2% no trimestre de novembro a janeiro, a mais alta para um trimestre encerrado janeiro desde 2012, quando começa a série histórica. Isso significa que 14,3 milhões de pessoas estão na fila por um trabalho no país.

A taxa de desemprego no Amazonas atingiu 15,8% e superou a média nacional de 13,5% no ano de 2020. O recorde foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontou situação semelhante em outros 19 estados.

Informações assessoria de comunicação

Foto: Raquel Catão

Continue lendo

Amazonas

Omar propõe à Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal a realização de audiências públicas itinerantes

Avatar

Publicado

em

Por

A intenção do parlamentar é aproximar o novo colegiado das comunidades e debater as principais questões no âmbito da segurança pública

A implantação de audiências públicas itinerantes para ouvir as principais demandas da sociedade foi uma das sugestões feitas pelo senador Omar Aziz (PSD) aos membros da Comissão Técnica Permanente de Segurança Pública Municipal (COMSEGPM), da Câmara Municipal de Manaus (CMM), durante reunião, nesta quinta-feira, 15/04. Participaram do encontro, o presidente do colegiado, vereador Capitão Carpê (Republicanos), e os também membros, vereadores Dr. Eduardo Assis (Avante), Lissandro Breval (Avante) e William Alemão (Cidadania).

A comissão, que foi instalada no último dia 12 deste mês e que altera o Regimento Interno da CMM, tratará do combate à violência e à insegurança, em Manaus, bem como da reestruturação e a criação de um plano de carreiras para a Guarda Municipal. O novo colegiado possui 14 membros, dos quais sete são titulares e sete são suplentes.

De acordo com o Senador Omar, é importante que a comissão promova audiências públicas itinerantes com as comunidades e representantes locais nos bairros, para ouvir quais são as principais demandas, sugestões e insatisfações em cada zona da cidade. “A atividade fim de vocês (comissão) é nos bairros, é lá onde estão os problemas. Lá que vocês vão debater com a população e líderes locais o que é possível ser feito para tentar mitigar a sensação de insegurança que se espalhou pela cidade. Eu me coloco a disposição para ajudar no que for preciso”.

O parlamentar também destacou que poderá destinar emendas para compra de armamentos e viaturas. Omar também apoiou a intenção do colegiado de fortalecer e ampliar a Guarda Municipal.

O presidente da comissão, vereador Capitão Carpê, afirmou que o encontro com o senador Omar foi uma visita cordial com o intuito de estreitar as relações com o parlamentar, devido às articulações que o senador tem no âmbito federal, bem como por ser o presidente da Comissão de Segurança Pública (CSP) do Senado. “Viemos colocar a comissão à disposição (do senador), para que juntos possamos garantir mais recursos e trabalhar em prol de Manaus”.

O vereador ressaltou, ainda, que a comissão da CMM trabalhará para desenvolver políticas públicas voltadas para a prevenção e combate à violência dentro das comunidades. “Segurança pública vai muito além do que é repressão. Nós não vemos hoje, por exemplo, jovens e crianças com projetos sociais voltados para a comunidade. Enquanto o Estado se faz ausente, infelizmente, o crime impera e se faz presente”.

Informações assessoria de comunicação

Continue lendo

Amazonas

Vereador Capitão Carpê solicita que o cartão “Nossa Merenda” seja definitivo para os alunos da rede municipal 

Avatar

Publicado

em

Por

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) enviou ofício ao prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) solicitando a transformação do cartão “Nossa Merenda” que atendeu de forma provisória e temporária os alunos da rede pública municipal para definitivo.

“O benefício vai suprir as despesas básicas essências como, alimentação. A pandemia vai passar, vai chegar esse momento. Não podemos pagar um valor agora, e esquecer, esses estudantes precisam continuar sendo assistidos. Se faz necessário manter esse cartão, a nossa prioridade é a sociedade”, afirmou o vereador.

O cartão “Nossa Merenda” faz parte do auxílio de segurança alimentar, destinados aos alunos da rede pública municipal mais vulnerável economicamente. O cartão beneficiou 240 mil alunos, com valor de R$ 150 reais divididos em 3x parcelas de 50 reais.

Foto: Raquel Catão

Informações Assessoria de Comunicação

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus