Conecte-se conosco

Amazonas

Documentário sobre música de beiradão será lançado com show no Tacacá na Bossa

Avatar

Publicado

em

Com um show que unirá artistas remanescentes da música de beiradão e músicos da nova geração, a Cauxi Produções lançará, no dia 6 de novembro, o documentário “A poética dos beiradões”, contemplado no Edital Natura Musical 2018, que faz um recorte sobre o movimento que dominou as rádios e as festas amazonenses na década de 80. O evento acontecerá dentro da programação do projeto “Tacacá na Bossa”, no Largo de São Sebastião, com acesso gratuito.

O documentário aborda a produção fonográfica de compositores amazonenses como Teixeira de Manaus, Magalhães da Guitarra, André Amazonas, Oseas da Guitarra e Chico Caju que, na década de 80, ambientados ao longo das beiradas dos rios amazônicos, instituíram um fazer musical baseado em experimentações e trocas de saberes culturais.

Diretor do documentário e produtor cultural, Rafael Ângelo, destaca que o show de lançamento vai contar com leituras e releituras das músicas dos artistas retratados no vídeo.

“O show vai ser especial com Chico Caju cantando as músicas autorais e também algumas do Teixeira de Manaus; Lico Magalhães, que é filho do Magalhães da Guitarra, vai fazer as músicas do pai, junto com os músicos da Alaídenegão e Betinho da Guitarra”, adianta Rafael, que também é guitarrista da Alaídenegão. “Queremos mostrar toda a diversidade do beiradão”.

O documentário – “A poética dos beiradões” foi contemplado pelo Edital Natura Musical 2018. Com pouco mais de uma hora de duração, conta com entrevistas e relatos dos músicos que protagonizaram o movimento musical do beiradão; depoimentos dos pesquisadores Rafael Branquinho, sobre a etnografia do beiradão; e Odenei Ribeiro, sobre as questões sociais que envolvem o lazer da música do beiradão; e do o músico Eliberto Barroncas, que conta suas experiências, percepções e ideias sobre música de beiradão.

Também estão no documentário alguns espectadores dos shows de beiradão como Gildomar Campos e Raiuda Moreira, que relatam suas vivências no auge do movimento; além de leituras e releituras de sucessos do beiradão.

“O beiradão não é um gênero, é um movimento musical que mistura diversos ritmos, entre eles carimbó, lambada, xote, samba, forró e música latina. Queremos mostrar um pouco da história dessas canções gravadas na década de 80 e que são de uma originalidade ímpar, que têm um diferencial de tudo o que é feito, que é referência para nós, e que até hoje inspira grupos que se baseiam nessa estética musical”, comenta o diretor.

Após o lançamento, “A poética dos beiradões” será disponibilizado no canal da Cauxi Produções no YouTube (www.youtube.com/user/cauxiproducoes) e demais plataformas gratuitas.

Serviço:

O que é: Lançamento do documentário “A poética dos beiradões”, com shows de Chico Caju, Lico Magalhães, Betinho da Guitarra e Alaidenegão

Quando: Dia 6 de novembro, a partir das 19h

Onde: “Tacacá na Bossa” – Largo de São Sebastião

Quanto: Gratuito

Com informações:

Karla Mendes

Jornalista – (MTB 1347/AM) – Manaus -AM 

Contato: (92)  99130-9791 

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Omar propõe à Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal a realização de audiências públicas itinerantes

Avatar

Publicado

em

Por

A intenção do parlamentar é aproximar o novo colegiado das comunidades e debater as principais questões no âmbito da segurança pública

A implantação de audiências públicas itinerantes para ouvir as principais demandas da sociedade foi uma das sugestões feitas pelo senador Omar Aziz (PSD) aos membros da Comissão Técnica Permanente de Segurança Pública Municipal (COMSEGPM), da Câmara Municipal de Manaus (CMM), durante reunião, nesta quinta-feira, 15/04. Participaram do encontro, o presidente do colegiado, vereador Capitão Carpê (Republicanos), e os também membros, vereadores Dr. Eduardo Assis (Avante), Lissandro Breval (Avante) e William Alemão (Cidadania).

A comissão, que foi instalada no último dia 12 deste mês e que altera o Regimento Interno da CMM, tratará do combate à violência e à insegurança, em Manaus, bem como da reestruturação e a criação de um plano de carreiras para a Guarda Municipal. O novo colegiado possui 14 membros, dos quais sete são titulares e sete são suplentes.

De acordo com o Senador Omar, é importante que a comissão promova audiências públicas itinerantes com as comunidades e representantes locais nos bairros, para ouvir quais são as principais demandas, sugestões e insatisfações em cada zona da cidade. “A atividade fim de vocês (comissão) é nos bairros, é lá onde estão os problemas. Lá que vocês vão debater com a população e líderes locais o que é possível ser feito para tentar mitigar a sensação de insegurança que se espalhou pela cidade. Eu me coloco a disposição para ajudar no que for preciso”.

O parlamentar também destacou que poderá destinar emendas para compra de armamentos e viaturas. Omar também apoiou a intenção do colegiado de fortalecer e ampliar a Guarda Municipal.

O presidente da comissão, vereador Capitão Carpê, afirmou que o encontro com o senador Omar foi uma visita cordial com o intuito de estreitar as relações com o parlamentar, devido às articulações que o senador tem no âmbito federal, bem como por ser o presidente da Comissão de Segurança Pública (CSP) do Senado. “Viemos colocar a comissão à disposição (do senador), para que juntos possamos garantir mais recursos e trabalhar em prol de Manaus”.

O vereador ressaltou, ainda, que a comissão da CMM trabalhará para desenvolver políticas públicas voltadas para a prevenção e combate à violência dentro das comunidades. “Segurança pública vai muito além do que é repressão. Nós não vemos hoje, por exemplo, jovens e crianças com projetos sociais voltados para a comunidade. Enquanto o Estado se faz ausente, infelizmente, o crime impera e se faz presente”.

Informações assessoria de comunicação

Continue lendo

Amazonas

Vereador Capitão Carpê solicita que o cartão “Nossa Merenda” seja definitivo para os alunos da rede municipal 

Avatar

Publicado

em

Por

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) enviou ofício ao prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) solicitando a transformação do cartão “Nossa Merenda” que atendeu de forma provisória e temporária os alunos da rede pública municipal para definitivo.

“O benefício vai suprir as despesas básicas essências como, alimentação. A pandemia vai passar, vai chegar esse momento. Não podemos pagar um valor agora, e esquecer, esses estudantes precisam continuar sendo assistidos. Se faz necessário manter esse cartão, a nossa prioridade é a sociedade”, afirmou o vereador.

O cartão “Nossa Merenda” faz parte do auxílio de segurança alimentar, destinados aos alunos da rede pública municipal mais vulnerável economicamente. O cartão beneficiou 240 mil alunos, com valor de R$ 150 reais divididos em 3x parcelas de 50 reais.

Foto: Raquel Catão

Informações Assessoria de Comunicação

Continue lendo

Amazonas

Após assalto, cinegrafista persegue ladrões em moto e é baleado em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

O cinegrafista Renê Silva, de 45 anos, foi baleado após perseguir ladrões que assaltaram a equipe de reportagem, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus. Ele foi atingido por dois tiros e está internado.

Segundo a jornalista Natasha Pinto, que acompanhava o cinegrafista, a equipe foi fazer uma gravação em uma quadra do bairro Coroado sobre um caso de tentativa de homicídio que ocorreu na noite de quarta-feira (14). Após a gravação, ao tentarem retornar para o carro, os jornalistas foram abordados por dois assaltantes em uma motocicleta.

Os suspeitos fugiram e levaram dois celulares. Com um celular reserva, a repórter avisou a produção do jornal. A equipe de reportagem deixou o local, e o cinegrafista, que também dirige o carro, avistou a dupla de assaltantes próximo ao Clube do Trabalhador, o Sesi.

A repórter disse que tentou anotar a placa da motocicleta, mas percebeu que o cinegrafista acelerou e jogou o carro para cima dos assaltantes, que caíram em via pública.

Ela relatou que o cinegrafista saiu do carro para tentar pegar os assaltantes, entrou em luta corporal, mas um deles atirou. O cinegrafista foi então atingido por dois tiros. A repórter disse que, ao ouvir os disparos, se escondeu atrás do carro.

Os assaltantes fugiram com os celulares da equipe, que acionou a polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas as equipes de socorro não compareceram ao local.

Um motorista que passava pela via ajudou a repórter a levar o cinegrafista até o Hospital João Lúcio.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus