Conecte-se conosco

Educação

Educação no Brasil melhora a passos lentos, diz diretor do Banco Mundial

Publicado

em

Martin Raiser

O diretor do Banco Mundial para o Brasil, Martin Raiser, afirmou, nesta quarta-feira (28), durante o Seminário Aprendizagem: Realizando o Potencial da Educação, que a educação no Brasil está melhorando, mas em passos lentos, em uma velocidade na qual demorará muito para alcançar o padrão exigido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“Mas isso também significa que, se reformas forem implementadas no Brasil, como já foram encaminhadas no ensino, no currículo, na formação, na capacitação dos professores e na gestão das escolas, dá para melhorar muito. Temos o exemplo do município de Sobral, no Ceará, que já atingiu média maior do que a estipulada pela OCDE, ao chegar à nota 6,7. O Brasil já tem experiências que são tão boas quanto a média da OECD, só que tem muitos que estão muito atrás dessa boa prática em que alguns já estão avançando”, acrescentou Raiser.

Segundo Raiser, a situação da educação mundial é um pouco preocupante porque, ao mesmo tempo em que se vê aumento significativo de recursos e alunos entrando na escola, a melhora na aprendizagem desses alunos é muito menor do que a desejada. “Muitos alunos estão indo à escola mas não sabem responder a questões simples e principais. A questão agora tem que ser muito mais voltada ao que está acontecendo dentro da sala de aula para avaliar como transformar gasto em educação em melhora do aprendizado.”

Raiser reforçou que os baixos resultados obtidos na educação no Brasil e em outros países onde os índices também não negativos podem ser atribuídos a vários fatores, entre os quais a própria situação do aluno. “Ele teve acesso a creche? Tem apoio da sua família? Claro que países com renda mais alta tê mais oportunidades para as crianças já entrarem na escola com melhor preparação.”

O diretor do Banco Mundial destacou ainda outro aspecto influenciador dentro da sala de aula. “O professor está bem formado, capacitado? Recebe os insumos necessários para ter um bom desempenho? Ele tem incentivos? É preciso avaliar se o mal professor recebe orientação ou continua fazendo um trabalho inferior”, questionou.

O terceiro ponto colocado por Raiser é a gestão e a necessidade de a escola ter um bom diretor, avaliando se o gestor recebe o apoio adequado e capacitação. “Tudo isso tem a mais a ver com boas práticas de gestão do que com só com recursos”, disse.

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

PSS: Secretaria de Educação convoca 89 profissionais para atuação em Manaus e no interior

Publicado

em

Por

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto convocou, nesta quarta-feira (22/08), 89 candidatos aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS) 2019/2020 para atuação nas modalidades de Ensino Regular, Indígena e Presencial com Mediação Tecnológica, sendo 28 para a capital e 61 para o interior. A lista completa dos convocados e as orientações para apresentação estão disponíveis no link.

O procedimento de atendimento aos candidatos convocados iniciará nesta quinta-feira (23/09), a partir das 8h, de forma presencial e obedecendo às medidas e orientações de enfrentamento à Covid-19, como as de evitar aglomerações e respeitar o distanciamento social.

Os candidatos aprovados para atuação na capital deverão comparecer à Gerência de Admissão e Atenção ao Servidor (GAAS, antiga GERVS), na sede da Secretaria de Educação, na avenida Waldomiro Lustoza, 250, bairro Japiim, obedecendo ao cronograma.

Já os profissionais convocados para o interior deverão se apresentar na sede da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) do município para o qual se inscreveram, também respeitando os protocolos de segurança.

O atendimento dos candidatos seguirá a ordem de classificação quando houver mais de um candidato para o cargo. A lotação dos aprovados ocorrerá logo após a entrega da documentação obrigatória.

Fonte: Agência Amazonas

Continue lendo

Educação

Mais de 426 mil estudantes da rede pública voltam às aulas 100% presenciais em Manaus

Publicado

em

Por

Mais de 426 mil alunos das redes estadual e municipal de Manaus voltam para as escolas, nesta segunda-feira (23), com o retorno das aulas 100% presenciais. O governo informou que volta com 235 escolas, enquanto a prefeitura com 390 unidades de ensino.

As aulas 100% presenciais estavam suspensas desde março do ano passado, por conta da pandemia do novo coronavírus. Com a flexibilização das medidas de restrição, os alunos estavam estudando por meio do ensino híbrido, com metade deles na escola e outra metade em casa.

Apesar da retomada, a Prefeitura de Manaus informou que 88 escolas permanecem com ensino remoto para mais de 27.834 mil alunos. Outras 29 escolas continuam no sistema híbrido para 27.548 alunos. A justificativa é que elas ainda não foram adequadas para o retorno.

Veja o retorno em números:

  • Estudantes que voltam às escolas estaduais: 230.000;
  • Quantidade de escolas estaduais: 235;
  • Estudantes que voltam às escolas municipais: 196.471;
  • Quantidade de escolas municipais: 390.

A edição nº 5.167 do Diário Oficial do Município (DOM), de sexta-feira (20), traz o decreto nº 5.126/2021, assinado pelo prefeito David Almeida, que ampara o retorno das atividades presenciais, no âmbito da rede municipal de ensino.

De acordo com a prefeitura, aproximadamente 15 mil trabalhadores da rede municipal de ensino tomaram a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus, e mais de 4,2 mil receberam a segunda dose do imunizante.

Continue lendo

Educação

Prefeitura de Manaus oferece 320 vagas gratuitas em cursos profissionalizantes

Publicado

em

Por

Um total de 320 vagas gratuitas em cursos profissionalizantes serão oferecidas pela prefeitura de Manaus em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). As inscrições para as aulas podem ser feitas nesta terça-feira (22), das 9h às 15h, pela internet.

O preenchimento do formulário garante a inscrição, desde que haja vagas disponíveis. Quando as inscrições atingirem o dobro de inscritos, a plataforma será bloqueada automaticamente ou a opção de escolher o curso indicado sumirá.

O candidato deve optar somente por um curso, caso opte por dois ou mais será, automaticamente, excluído do processo seletivo.

Os cursos serão realizados presencialmente na Escola Senai Antônio Simões, localizada na avenida Rodrigo Otávio, nº 2.394, Distrito Industrial, zona Sul, nos meses de julho e agosto.

RELAÇÃO DE CURSOS

  • Culinária Regional – 20 vagas
  • Boas Práticas de Alimentos – 20 vagas
  • Finanças para empreendedores – 20 vagas
  • Empreendedorismo para feiras e mercados – 20 vagas
  • Salgadinhos para festas – Turma 1 – 20 vagas
  • Salgadinhos para festas – Turma 2 – 20 vagas
  • Confeitaria de Bolos – Turma 2 – 20 vagas
  • Ovos Trufados – Turma 1 – 20 vagas
  • Ovos Trufados – Turma 2 – 20 vagas
  • Colomba Pascoal e Panetones – 20 vagas
  • Bolos de Pote – 20 vagas
  • Doces Gourmet – 20 vagas
  • Drinks – 20 vagas
  • Iniciação a tecnologia da Informação e comunicação, Robótica, Impressora 3D – Turma 1 – 20 vagas
  • Iniciação a tecnologia da Informação e comunicação, Robótica, Impressora 3D – Turma 2 – 20 vagas
  • Robótica avançada – 20 vagas

Fonte: G1 Amazonas

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus