Ego

0
0

POR ELIAS MOURA

Para Freud, o ego é parte da personalidade que media as demandas do id superego. O ego nos impede de agir em nossos impulsos básicos (criados pelo ID), mas também trabalha para alcançar um equilíbrio com os nossos padrões morais e idealistas (criados pelo superego).

Em se falando do EGO, o ser humano está vivendo umas das suas piores fases desde a fundação do mundo, o que é mais interessante que não podemos deixar de citar a Bíblia Sagrada. Ela Está se concretizando quando em Timóteo capítulo 2 Tm 3.3-5 diz?

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; 2 porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 3 sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 4 traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5 tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.”

Deixo você tirar suas próprias conclusões, sem tentar lhe induzir num metanoia direta. O ser humano está doente, do corpo e da alma, do espírito não, porque ele é forte (Mt 26.51).
O homem não está apenas destruindo a si mesmo, mas também a natureza, e isso acontece há milênios. E daqui a um tempo estaremos chegando ao 3º milênio e como estará a vida daqueles que alcançarem?

Certa vez eu li uma frase em inglês que dizia:

E eu a traduzi assim:

“EGO uma palavra de 3 letras, mas que pode destruir uma palavra de 14  letras, chamada RELACIONAMENTO”.

 E pode ter certeza que famílias estão se dissipando por causa do EGOISMO e NARCISISMO e eles andam juntos e ainda de mãos dadas!

As pessoas estão preocupadas com elas mesmas que acabam se tornando “…amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus…”

Espero que depois de ler este pequeno artigo, fique pensativo sobre você mesmo. Estamos vivendo a era do SELF que do inglês significa EU MESMO. Pare de viver para você mesmo, não seja EGOISTA com os outros, compartilhe um pouco de você para com os outros. Para compreender e avaliar a natureza do homem, Freud parte do comportamento mental e suas perturbações ocasionadas pelo impulso instintivo que pode, segundo ele, originar o caráter de sintoma normal ou patológico. Para explicar a vida mental e as causas do mal-estar do indivíduo, Freud analisa a evolução da cultura, religião e dos fenômenos sociais. Por agora, tencionamos estudar sobre o conceito moral do amar o próximo como a si mesmo, para desvelar qual a relação entre amar a si mesmo e amar o outro na mesma intensidade, considerando que o amor é instintivo e remonta à origem da vida, um processo de evolução que molda a personalidade individual.

Zygmunt Bauman fala do AMOR LÍQUIDO devido ao EGOISMO,  mas vou trazer um outro artigo falando sobre esse tipo de amor, aguarde.

Deixo para sua meditação um frase de Jesus que disse uma palavra chave, e é valido como mandamento para todo ser humano de fé cristã: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos.” João 13.34,35

Elias Moura é Psicanalista e Teólogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Unidos pelo mesmo ideal, separados por ideologias

Como é do conhecimento de todos, novamente tive mais um perfil derrubado no Instagram, que…