Conecte-se conosco

Destaque

Estudantes pedem garantia de orçamento para Olimpíada de Matemática em 2018

Avatar

Publicado

em

A cerimônia de entrega de medalhas da 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) foi marcada por uma manifestação de estudantes pela continuidade da competição, com garantia de orçamento. Na plateia do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, alguns levantaram cartazes com a frase “Queremos OBMEP 2018”.

A realização da OBMEP depende de recursos repassados pelos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que aportam recursos no Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), organizador da competição. O diretor-geral do Impa, Marcelo Viana, disse que se a proposta orçamentária para o próximo ano for mantida pelo governo do jeito em que está, a olimpíada corre risco de realização por falta de recursos.

“Sou otimista até debaixo d’água e acredito que ainda pode ser modificada, mas com essa previsão orçamentária não é possível realizar a olimpíada como nós a conhecemos, com essa amplitude que ela tem”, disse, Segundo ele, a OBMEP requer investimentos de R$ 53 milhões, divididos em partes iguais entre os dois ministérios.

Para o diretor do Impa, reduzir o número de participantes da olimpíada não pode ser considerada uma alternativa. “O que significa reduzir? É impedir a metade dos alunos participar? A olimpíada pela metade não tem sentido, descaracteriza os objetivos de instrumentos de inclusão social e educacional que tem”.

O secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Elton Santa Fé Zacarias, discursou logo após a manifestação dos estudantes e respondeu ao pedido: “Já sei o que vocês querem e o ministério vai fazer todo esforço para que a olimpíada em 2018 aconteça”, afirmou.

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Covid-19: em novo decreto, governador anuncia toque de recolher no Amazonas

Avatar

Publicado

em

Por

Na manhã desta quinta-feira (14), o governador do Amazonas, Wilson Lima, comunicou durante live realizada nas redes sociais um novo decreto como forma de prevenção à pandemia da Covid-19.  No novo decreto, o governador anunciou  “toque de recolher”no estado, a partir das 19h até as 6h da manhã.

Só será permitida a locomoção apenas de pessoas que trabalham com serviços essenciais e a venda de produtos farmacêuticos, que acontecerão por meio de delivery.  De acordo com Lima, serão mantidos os transportes de produtos essenciais à vida.

“Estamos ampliando as medidas de restrição, visando acima de tudo a proteção da vida das pessoas”, afirmou o governador.

Manaus

De acordo com o novo decreto governamental, não estará proibida a circulação de pessoas que trabalham em áreas estratégicas e especiais. O governador não detalhou como funcionará o toque de recolher e como será feito o controle de acesso na capital.

Os grupos de pacientes que começam a ser transferidos de Manaus para outros Estados, como Goiás, Piauí, Maranhão, Brasília, Paraíba e Rio Grande do Norte, para reduzir a pressão no sistema de saúde da capital e do Amazonas, receberão todo o suporte na viagem, com médicos, assistência social e acolhimento nas unidades.

“Um gesto humanitário dos governadores para acolher nossos irmãos, estendendo a mão para dar esse apoio, num momento tão crítico”, disse Wilson Lima, afirmando ainda que o Planalto está mobilizado para superar, com todos os entes, um dos momentos mais críticos vividos pelo Amazonas.

“Estamos em uma operação de guerra, num Estado que é referência mundial”, falou Wilson Lima.

Mais cedo, o governador reconheceu um apagão no fornecimento de oxigênio, que vinha sendo relatado por profissionais de saúde. E anunciou que pacientes estão sendo transferidos para os cinco Estados citados acima.

 

*Com informações do Portal do Marcos Santos

Continue lendo

Destaque

Vídeo mostra momento que Alan Corrêa da Silva, 19 anos foi sequestrado e executado.

Avatar

Publicado

em

Por

Continue lendo

Destaque

Suspeito de participar da morte de PM é preso na zona leste de Manaus

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação

A Secretaria Executiva Adjunta de Operações (SEAOP) prendeu, na noite desta quarta-feira (13), José Crisderson Sousa da Silva, suspeito de ter participado da morte do oficial da Polícia Militar (PM-AM) Deivide de Souza Chaves, assassinado durante um assalto na rua Doutor Porfírio Nogueira, conjunto Castanheira, bairro Gilberto Mestrinho, na zona leste de Manaus.

Conforme informações preliminares repassadas pelos policiais, o preso seria o condutor do veículo modelo Onix, de cor branca, e teria sido preso nesta na Feira da Panair, no bairro Educandos, zona Sul de Manaus, quando se preparava para fugir em uma embarcação. O mesmo foi apresentado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e o caso segue investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Entenda o caso

Na noite de terça-feira (12), um capitão da Polícia Militar (PM), identificado como Deivid de Souza Chaves, de idade não revelada, que fazia parte do Batalhão de Guarda da PM, foi atingido por disparo de arma de fogo no abdômen durante um assalto que aconteceu na rua Doutor Porfírio Nogueira, conjunto Castanheira, bairro Gilberto Mestrinho, na zona Leste da cidade.

Segundo informações preliminares repassadas pela polícia, os criminosos estavam em um carro modelo Onix, de cor branca, e durante um assalto acabaram atirando contra o policial. O capitão foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na zona Leste, onde passou por procedimento cirúrgico mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

 

*Com informações de assessoria

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus