O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, anunciou nesta terça-feira (26) que a política oficial americana quer enviar astronautas americanos à Lua nos próximos cinco anos – e enviar, principalmente, a primeira mulher até o satélite.

“Por ordem do presidente, a política oficial deste governo e dos Estados Unidos é levar astronautas americanos à lua nos próximos cinco anos”, afirmou Pence durante discurso em Huntsville, no Alabama.

“A primeira mulher e o próximo homem na Lua serão astronautas americanos, lançados por foguetes americanos, do solo americano”, enfatizou.

Inicialmente, a data marcada para o retorno ao satélite natural da Terra era 2028, mas o governo de Donald Trump expressou frustração com os atrasos e os excessos orçamentários do programa da Nasa para a construção do próximo foguete SLS. Por isso, o primeiro voo foi reprogramado recentemente para 2021.

Durante o discurso no Alabama, o vice-presidente atacou a agência espacial, criticou sua “inércia burocrática” e pediu que ela “renove seu entusiasmo”.

Além disso, ameaçou confiar futuras missões a empresas privadas, caso a Nasa não estivesse pronta a tempo.

“Se os foguetes privados são a única maneira de trazer os astronautas americanos de volta à Lua em cinco anos, eles irão em foguetes privados”, disse ele.

O diretor da Nasa, Jim Bridenstine, disse que provavelmente será uma mulher a próxima a pisar em solo lunar. Nenhum humano chega ao satélite terrestre desde 1972.

*Fonte: France Presse

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Espaço e Cosmos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Atentados em igrejas católicas no Sri Lanka deixam mais de 200 mortos no Domingo de Páscoa

Pelo menos 207 pessoas morreram e cerca de 450 ficaram feridas neste domingo após uma séri…