Conecte-se conosco

Mundo

Filha de ex-espião russo envenenado deixa hospital no Reino Unido

Avatar

Publicado

em

Filha de ex-espião-russo envenenado

A filha do ex-espião russo, Yulia, envenenada com seu pai no dia 4 de março, em Salisbury, no Reino Unido, deixou o hospital na última segunda-feira (9) e foi levada para um local seguro.

De acordo com a confirmação feita, nesta terça-feira, pela diretora médica do hospital Salisbury District, Christine Blanshard, Yulia Skripal deixou a unidade de saúde, mas ainda necessita de atenção, por conta do impacto do agente nervoso, embora não tenha fornecido informações sobre seu paradeiro.

“Este não é o fim de seu tratamento, mas representa um marco significativo”, disse Christine, na porta do hospital.

Pai e filha foram atacados no início de março com um agente nervoso do tipo militar identificado como Novichok, de fabricação russa, o que levou o governo britânico a fazer represálias contra Moscou.

Após conhecer o estado de Yulia Skripal, a embaixada russa em Londres expressou sua satisfação pela sua recuperação, mas pediu “provas urgentes” para saber que o tratamento ao qual foi submetida foi realizado com o seu consentimento.

Sobre o estado de saúde do antigo espião, a diretora do hospital disse que sua recuperação é mais lenta, mas que confia em “que ele também possa deixar o leito no devido tempo”.

O policial Nick Bailey, que atendeu pai e filha quando foram encontrados inconscientes, também foi hospitalizado com sintomas de envenenamento, mas recebeu alta no dia 22 de março.

“Os três tinham sido expostos a um agente nervoso, um produto químico altamente tóxico, cujo objetivo é impedir o funcionamento do sistema nervoso”, afirmou Christine Blanshard, explicando que os sintomas do envenenamento são náuseas e alucinações.

“Nosso trabalho no tratamento dos pacientes foi estabilizá-los, assegurar que eles pudessem respirar e que o sangue pudesse seguir circulando. Necessitamos utilizar uma variedade de diferentes drogas para ajudar os pacientes até que eles pudessem criar mais enzimas que pudessem substituir o veneno”, completou.

Teste para os funcionários do hospital

Christine Blanshard admitiu que as últimas semanas “foram um grande teste para todos os nossos funcionários”.

Na sua nota divulgada na semana passada, Yulia Skripal, de 33 anos, agradeceu as pessoas por se interessarem sobre seu estado de saúde e fez uma “menção especial” ao “povo de Salisbury” que os ajudou quando eles estavam “incapacitados”.

A filha do ex-agente russo disse que seu estado de saúde tinha melhorado e que ganhava força a cada dia.

Além disso, o hospital informou no último dia 6 que Sergei Skripal já não está mais em estado crítico e melhora “rapidamente”.

Após o ataque em Salisbury, o governo britânico afirmou que a Rússia era responsável pelo envenenamento após identificar a substância utilizada como um agente nervoso.

O governo da primeira-ministra britânica Theresa May decidiu expulsar no mês passado 23 diplomatas russos, enquanto Moscou fez o mesmo como resposta.

Pouco depois, 14 países da União Europeia (UE), assim como Estados Unidos, Canadá e Ucrânia, também decidiram expulsar diplomatas russos em solidariedade ao Reino Unido.

A Rússia negou o tempo todo a autoria do ataque, mas o governo de Londres insiste em que suas conclusões estão baseadas nas análises feitas pelo laboratório militar de Porton Down, no condado de Wiltshire, perto de Salisbury, e em informações de outras fontes.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados.

Por Agência EFE

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Vacinação contra Covid-19 em Manaus é suspensa para replanejamento

Avatar

Publicado

em

Por

A vacinação contra a Covid-19 em Manaus foi suspensa nesta quinta-feira (21) para replanejamento da campanha. O objetivo é discutir os critérios que definirão quais profissionais de saúde e de quais unidades têm prioridade para receber as primeiras doses, já que a quantidade de vacinas disponibilizada pelo governo federal é insuficiente. Somente profissionais que atuam no Samu seguem recebendo o imunizante.

Após a definição dos critérios, as unidades de saúde deverão enviar a lista nominal dos profissionais, com o setor em que cada um trabalha, para a Secretaria da Saúde de Manaus reprogramar a vacinação. A previsão é que os trabalhos sejam retomados na sexta-feira (22).

A suspensão da campanha foi definida pelas secretarias de saúde de Manaus e do Amazonas, após uma reunião na noite de quarta-feira (20) com órgãos de controle do estado: Ministério Público Estadual, do Ministério Público Federal, da Defensoria Pública Estadual, da Defensoria Pública da União e do Ministério Público do Trabalho.

De acordo com a prefeitura de Manaus, nos primeiros dois dias de vacinação na capital, 1.140 profissionais de saúde receberam a primeira dose da CoronaVac. A Prefeitura recebeu, para esta primeira etapa da campanha, um total de 40.072 doses de vacina.

Fonte: G1

Continue lendo

Mundo

Explosão atinge prédio no centro de Madri e deixa mortos

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Susana Vera/Reuters

Uma explosão em um prédio no centro de Madri deixou ao menos três mortos e oito feridos nesta quarta-feira (20). Segundo o prefeito da capital espanhola, José Luis Martínez-Almeida, a explosão pode estar relacionada a um vazamento de gás.

A emissora pública espanhola TVE disse que uma das vítimas é uma mulher de 85 anos. Um porta-voz do governo de Madri confirmou que um dos mortos não era morador do prédio e passava pela rua no momento da explosão. Não foram divulgadas informações sobre a terceira vítima.

Pelo menos quatro andares do edifício, que fica em cima de uma igreja na Rua de Toledo, foram atingidos por volta das 3h da tarde (11h de Brasília), segundo o serviço de emergências de Madri. Há risco de que a estrutura do prédio tenha sido afetada.

Fonte: G1

Continue lendo

Mundo

Câmara dos Deputados dos EUA começa a debater impeachment de Trump

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Internet

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos começou a debater nesta quarta-feira a legislação para o impeachment do presidente Donald Trump pela segunda vez em seu mandato.

A Câmara deve primeiro realizar uma votação estabelecendo regras para o debate de quarta-feira. Superada essa etapa, como esperado, abrirá caminho para uma votação ao longo do dia para aprovar um artigo de impeachment acusando Trump de incitar insurreição em um discurso que ele fez na semana passada que levou à invasão do Capitólio dos EUA.

De acordo com o deputado Steny Hoyer, segundo democrata mais importante na Câmara, A Casa Legislativa planeja enviar o artigo de impeachment ao Senado ainda esta semana.

“Não há razão para que não possamos enviá-lo esta semana. Pretendemos fazer isso”, afirmou ele à MSNBC em uma entrevista nesta quarta-feira, citando discussões com a presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

A cerimônia de posse do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, ocorre em 20 de janeiro.

 

*Por Richard Cowan / Reuters 

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus