A terceira e quarta parte dos longas-metragens do Rambú da Amazônia, personagem baseado nos filmes de Sylvester Stallone, serão exibidos gratuitamente no Cine Teatro Guarany, neste sábado (13/4), a partir das 18h. A programação, que tem apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), ainda terá curtas-metragens e o premiado documentário sobre a vida do ator Aldenir Coti, que interpreta o personagem guerrilheiro. A entrada será gratuita.

Rambú, que é herói em histórias onde defende a preservação do meio ambiente, chegou a ser destaque no quadro Me Leva Brasil, do Fantástico, após surgir no bairro São Jorge. O trio responsável pelo roteiro, direção e produção dos filmes – Júlio Cesar, Junior Castro e Anderson Mendes – celebra a exibição dos filmes como resgate da memória de uma produção inusitada no cinema amazonense.

“É muito legal que, após dez anos, consigamos exibir estes filmes e lembrar o quanto eles movimentaram o cinema amazonense naqueles anos. O filme e o documentário chegaram a vender milhares de cópias, e tudo começou apenas com uma brincadeira nossa”, comenta Júlio Cesar, roteirista dos filmes de Rambú.

No início da sessão, serão exibidos os curtas-metragens “Ui”, “Calor Pai D’égua”, “Rodada Dobrada” e “Invadir para prevenir”. De acordo com o trio, os curtas são cômicos, mas também evidenciam problemas relacionados à falta de conscientização ambiental. “Escolhemos exibir estes curtas logo no início como uma forma de ‘quebrar o gelo’. Além da comédia, as obras também têm relação com a questão da poluição dos nossos igarapés e o desmatamento em nossa região”, explica Junior Castro.

Em seguida, será apresentado o documentário “A Incrível História de Coti: o Rambo do São Jorge”, de Anderson Mendes. A obra, de 2007, foi premiada no Amazonas Film Festival e em outras competições pelo país. “A repercussão deste documentário, que rodou o Brasil, foi o que possibilitou que fizéssemos o Rambú 4.  É uma obra essencial dentro da história do cinema amazonense”, afirma o diretor da obra, Anderson Mendes.

Ao final da sessão, serão exibidos “Rambú III: O Rapto do Jaraqui Dourado” e “Rambú IV: O Clone”. “Os primeiros dois filmes de Rambú, que foram gravados em VHS, se perderam. Então, estes filmes são o que temos para celebrar este personagem folclórico do São Jorge. É essencial que eles sejam lembrados pela população. Em breve, esperamos ter recursos para lançar o quinto filme da série e continuar esta saga”, diz o diretor dos longas, Junior Castro.

Serviço: Exibição dos filmes do Rambú da Amazônia

Data/Hora: Sábado (13/4), às 18h

Local: Cine Teatro Guarany, avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro, anexo do Centro Cultural Palácio Rio Negro

Entrada: Gratuita

Classificação: Livre

Para mais informações sobre essas e outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br). Confira também os perfis do órgão no Facebook, Twitter e Instagram – culturadoam.

Fonte: Portal do Sena

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Cultura e Entretenimento

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Atentados em igrejas católicas no Sri Lanka deixam mais de 200 mortos no Domingo de Páscoa

Pelo menos 207 pessoas morreram e cerca de 450 ficaram feridas neste domingo após uma séri…