Conecte-se conosco

Brasil

“Fui tomado pelo ódio”, diz homem que matou a ex por ciúmes no DF

Avatar

Publicado

em

“Fui tomado pelo ódio”. Com essa frase, o caseiro Jhonnatan Neto, 36 anos, tentou explicar à polícia o motivo de ter assassinado, a facadas, a ex-companheira Lilian Cristina da Silva Nunes, 25. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (12/09/2019), no Núcleo Rural Boqueirão, no Paranoá. A vítima foi pega de surpresa, quando tentava conversar com o agressor. Sem chance de defesa, levou duas facadas, segundo os vizinhos que a socorreram. Levada ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa), a jovem não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em depoimento na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), Jhonnatan Neto contou que ficou preso sete anos por roubo e teria conhecido a vítima em um dos saidões, há cerca de um ano. De acordo com o suspeito, os dois decidiram morar juntos há quatro meses, quando começaram a trabalhar na chácara em que o crime aconteceu. O assassino confesso disse que, há 15 dias, os dois brigaram e decidiram dormir em cômodos separados: Lilian no quarto e ele na sala. Para evitar contato, os ambientes eram divididos por um forro de PVC.

Ainda segundo o agressor, a mulher teria iniciado outro relacionamento com um colega de escola. Para Jhonnatan, foi o estopim. “Quando fui tomar satisfação, ela me chamou de corno. Fui tomado pelo ódio”, relatou aos policiais. Em seguida, disse que perdeu o controle da situação, encontrou a faca perto de uma porteira e atingiu Lilian. “Estou com remorso. Ficou um vazio. Amo muito ela”, lamentou.

Fonte: Metrópoles

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Recém-nascida abandonada passou mais de três horas no telhado de uma casa

Avatar

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira(26) uma bebê recém-nascida foi abandonada em cima de um telhado de uma casa no bairro Alvorada. Vizinhos encontraram a criança e acionaram a polícia, que levou o bebê imediatamente para a maternidade Alvorada no mesmo bairro.

Segundo o médico que atendeu a recém-nascida informou à polícia que ela ainda estava com o cordão umbilical, perdeu muito sangue e estava bastante desidratada, mas o quadro de saúde é estável.

A polícia militar informou que a criança foi abandonada logo após o parto e passou cerca de quatro horas exposta ao sol no telhado até ser vista por vizinhos. A Polícia Militar está fazendo buscas no bairro para tentar encontrar a mãe.

Veja Vídeo:

 

 

Continue lendo

Amazonas

Governo do Estado do Amazonas estuda retomada gradual do comércio

Avatar

Publicado

em

Por

Fecomércio

Com mais de 29 mil casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, o Governo Estadual deve analisar, nesta segunda-feira (25), o planejamento para uma retomada gradual das atividades do estado a partir do dia 1º de junho – a decisão pode ser revogada, diz o governador, caso haja um aumento no número de mortes e casos de Covid-19 no estado.

O plano é retomar as atividades no Amazonas no dia primeiro de junho, ao fim do decreto em vigor que mantém apenas o funcionamento de serviços essenciais até o dia 31 de maio.,

Em nota, o Governo do Amazonas esclarece que o Estado, “em busca do equilíbrio nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus, sempre priorizou o diálogo com os diversos segmentos sociais na tomada de decisões e que desta vez não será diferente”.

De acordo com o governador, o Estado poderá adiar a retomada das atividades se os dados epidemiológicos indicarem um novo aumento de casos.

Fonte: G1 Amazonas

Continue lendo

Brasil

Polícia tenta identificar casal que gravou e divulgou ato sexual em rodovia no RN

Avatar

Publicado

em

Por

Um vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta quinta-feira (14) tem causado polêmica, dividido opiniões e intrigado a polícia no Alto Oeste Potiguar.

Um casal que trafegava pela rodovia que liga os municípios de Campo Grande, Janduis e Patu, em determinado momento da viagem, estacionou o veículo no acostamento, deixou os faróis ligados e posicionados em frente ao veículo, passaram a fazer sexo em plena rodovia. Não se sabe se o casal deixou uma câmera dentro do carro filmando ou se um terceiro fez a gravação.

A data do fato ainda está incerta e o local foi registrado na imagem como sendo a cerca de 10 km de Campo Grande/RN. O Sub Tenente Tarcio, comandante do destacamento da PM de Campo Grande, já foi informado e trabalha para tentar identificar o casal.

De acordo com o artigo 233 do Código Penal, “praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público” pode ser motivo de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus