Conecte-se conosco

Mundo

Furacão Laura avança rumo a litoral do Texas e à Louisiana

Avatar

Publicado

em

Tempestade pode causar danos significativos, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) - Foto: © Reuters/CIRA/NOAA

O furacão Laura deve ganhar força rapidamente e chegar à categoria 4 nesta quarta-feira (26), seguindo uma rota direta para atingir o Texas e a Louisiana, na Costa do Golfo dos Estados Unidos, após o anoitecer, e causar danos catastróficos, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC).

A tempestade, que na manhã de hoje já atingiu a categoria 3 na escala Saffir-Simpson de cinco graus para medição de intensidade de furacões, estava a cerca de 465 quilômetros a sudeste de Galveston, no Texas, com ventos contínuos máximos de 185 quilômetros por hora (km/h), de acordo com o centro sediado em Miami. Furacões de categoria 4 podem gerar ventos de até 250 km/h.

Mais de 420 mil moradores do Texas e mais 200 mil pessoas da vizinha Louisiana receberam ordens de retirada obrigatória, e equipes estaduais e federais de gerenciamento de emergências correram para providenciar acomodações em abrigos e deixar socorristas a postos para possíveis resgates.

“Vocês só têm algumas horas para se preparar e sair antes do #FuracãoLaura. Onde quer que estejam, é aí que terão que aguentar a tempestade. Sejam espertos e fiquem seguros”, tuitou o governador da Louisiana, John Edwards, de manhã.

A tempestade estava se movendo a cerca de 24 km/h. A maré de tempestade ao longo da Costa do Golfo dos EUA pode fazer as águas subirem entre 3,7 e 4,6 metros em Intracoastal City e Morgan City, na Louisiana, e o Laura deve despejar entre 13 e 25 centímetros de chuva na região, disse o NHC.

“Esta maré de tempestade pode penetrar até 48 quilômetros terra adentro a partir do litoral imediato do sudoeste da Louisiana e do extremo sudeste do Texas”, informou o NHC em boletim emitido na manhã desta quarta-feira. “Todos os preparativos para proteger vidas e propriedades devem ser apressados para serem finalizados nas próximas horas.”

A tempestade também deve desencadear tornados à noite sobre a Louisiana, o extremo sudeste do Texas e o sudoeste do Mississippi, alertou o centro, acrescentando que provavelmente haverá inundações generalizadas em áreas urbanas do extremo sudeste do Texas até a Louisiana e o Arkansas, de hoje para amanhã.

No Texas, muitos moradores passaram o dia de ontem empacotando e preparando seus lares e negócios para o impacto previsto do Laura a partir  de hoje.

“Esta tempestade certamente pode causar uma devastação inédita. Realmente temos que dizer: preparem-se para o pior”, disse Lina Hidalgo, principal executiva do condado de Harris, que inclui Houston, em entrevista coletiva.

*Fonte: Agência Brasil (via Reuters)

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Trump e Biden lembram ataque do 11 de setembro em NY e Pensilvânia

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu rival democrata na eleição presidencial de novembro, Joe Biden, vão lembrar o 19º aniversário dos ataques do 11 de setembro. Os candidatos vão visitar, separadamente, o campo da Pensilvânia onde um dos aviões sequestrados caiu.

Biden e sua esposa, Jill, comparecerão primeiro a uma cerimônia matutina na parte sul de Manhattan, em Nova York, onde sequestradores da Al Qaeda lançaram dois aviões contra as torres gêmeas do World Trade Center. O vice-presidente republicano Mike Pence também estará presente na ocasião.

Trump discursará em uma cerimônia matutina no Memorial Nacional do Voo 93 em Shanksville, na Pensilvânia, disse uma autoridade da Casa Branca. O evento, que lembrará os 40 passageiros e tripulantes que morreram quando a aeronave caiu em um campo depois dos passageiros lutarem com os sequestradores, será fechado ao público por causa do temor do coronavírus, informou o Serviço Nacional dos Parques.

Mais tarde, os Biden visitarão o campo de Shanksville para prestar suas homenagens às vítimas. Os dois candidatos não devem se encontrar na Pensilvânia, um Estado vital na disputa eleitoral do dia 3 de novembro.

O Voo 93, que ia de Newark, em Nova Jersey, para San Francisco, nunca chegou ao seu destino porque passageiros invadiram a cabine de comando e tentaram retomar o controle do avião. Acredita-se que os quatro sequestradores planejavam lançá-lo ou contra o Capitólio, ou contra a Casa Branca

Ao todo, quase 3 mil pessoas morreram nos ataques de 11 de setembro de 2001, que ainda incluíram um quarto avião sequestrado que se chocou contra o Pentágono, nos arredores de Washington.

As cerimônias que lembram os ataques são uma parada frequente de candidatos presidenciais e autoridades. Trump visitou Shanksville no aniversário dos ataques em 2018 e compareceu a cerimônias de homenagem no Pentágono.

Biden esteve nos memoriais de Shanksville durante seus anos como vice-presidente de Barack Obama.

Durante a campanha presidencial de 2016, Trump e a então candidata presidencial democrata, Hillary Clinton, visitaram o memorial do Marco Zero de Nova York no aniversário do 11 de setembro.

A campanha de Biden anunciou que retirará seus anúncios de televisão do ar nesta sexta-feira para rememorar a data dos ataques.

O Dia 11/9, uma iniciativa sem fins lucrativos, havia pedido que as duas campanhas retirem os anúncios. A campanha de Trump não respondeu quando indagada se o faria.

 

*Fonte: Reuters 

Continue lendo

Mundo

Itália começa a testar possível vacina contra covid-19 em voluntários

Avatar

Publicado

em

Por

Testes serão feitos com 90 pessoas nas próximas semanas - Foto: © Dado Ruvic/Reuters/Direitos Reservados

A Itália iniciou testes de uma candidata a vacina contra a covid-19 em humanos nessa segunda-feira (24), juntando-se a um esforço global em busca de uma reação ao vírus, que deu sinais de estar ressurgindo na Europa. (mais…)

Continue lendo

Mundo

OMS pede cautela com plasma para covid-19 após autorização dos EUA

Avatar

Publicado

em

Por

Segundo a organização, indícios de eficiência são baixos - Foto: © Denis Balibouse/Reuters/Direitos Reservados

A Organização Mundial da Saúde (OMS) foi reticente, nessa segunda-feira (24) ao o uso de plasma de pacientes recuperados de covid-19 para tratar os doentes. Segundo a OMS,  os indícios que apontam sua eficiência continuam sendo de “baixa qualidade”, apesar de os Estados Unidos (EUA) erem emitido uma autorização emergencial para essa terapia. (mais…)

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus