Conecte-se conosco

Destaque

Governo lança programa de R$ 157 milhões para ações sociais no Rio de Janeiro

Publicado

em

Foi lançado nesta segunda-feira (13), no Rio de Janeiro, o Programa Emergencial de Ações Sociais que prevê investimento de R$ 157 milhões para estimular a participação de jovens em atividades esportivas, culturais e de tecnologia, com o intuito de prevenir a violência na região metropolitana do Rio.

O presidente Michel Temer, o governador Luiz Fernando Pezão e o prefeito Marcelo Crivella participaram da cerimônia de lançamento.

A ideia é ampliar os serviços oferecidos em oito centros de Referência de Assistência Social (Cras) e seis centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), além dos centros que atendem moradores de rua.

Serão beneficiados jovens inscritos no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal. A expectativa é atender 50 mil crianças e adolescentes, entre 6 e 17 anos, que vivem nos complexos do Lins de Vasconcelos, do Alemão, da Penha e da Maré, além das comunidades do Chapadão/Pedreira, Cidade de Deus, Vila Kennedy e Rocinha, todos na capital, além da Baixada Fluminense e do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo.

O decreto que institui o programa foi assinado pelo presidente, governador e o prefeito.

“O importante é que esses jovens tenham a oportunidade não só de ter uma atividade esportiva, desenvolver as suas aptidões, suas habilidades, como também deles terem um acesso a um ensino diferenciado de informática. Que eles tenham oportunidade de vida. A palavra é oportunidade”, disse o ministro dos Desenvolvimento Social, Osmar Terra, durante a cerimônia realizada no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan).

Segundo ele, atualmente 2.500 crianças são atendidas por unidades militares no Rio, em espaços como o Cefan. “A gente pode chegar rapidamente a 10 mil, nos primeiros dois meses, e chegar a 50 mil lá para março ou abril. O ministro [do Esporte, Leonardo] Picciani está promovendo uma parceria com os clubes de futebol e com as vilas olímpicas. Mas sempre associado ao ensino de informática. A gente quer que eles saiam capacitados [em informática] para qualquer emprego, nós vamos oferecer também, para os jovens que se destacarem, a possibilidade de a prefeitura acompanhar e nós financiarmos na modalidade de microcrédito, para startups, para desenvolverem aplicativos”.

Presidente Michel Temer posa para fotos com alunos do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes – Foto: Marcos Corrêa/PR

Terra explicou que o programa prevê o esforço de seis ministérios. Além das ações específicas, como a compra de uniformes e material esportivo e a contratação de professores, cada pasta vai desenvolver ações paralelas e serão investidos, ao todo, cerca de R$ 200 milhões até meados do ano que vem.

O Ministério da Educação vai entrar com R$ 22,5 milhões para 1 mil escolas oferecerem atividades complementares nos fins de semana, “para as escolas se transformarem em centros comunitários, para atividades nos fins de semana para atividades de cultura, esporte e lazer”.

Segundo o ministro, o Banco do Brasil doou 600 computadores para o programa e outras instituições vão doar mais máquinas, além de uma parceria com a Microsoft e a Google para fazer os cursos. Outra parceria é com a rede hoteleira, que se comprometeu a reservar 10% dos empregos para os jovens que participarem dos programas.

O presidente Michel Temer destacou a integração de todos os órgãos envolvidos para o bom andamento do programa. “Quando nós percebemos que todos esses setores estão reunificados, estão trabalhando juntos, nós podemos dizer sempre que o Brasil tem jeito e cada vez mais futuro. Não tenho a menor dúvida deste fato. Por isso, uso a palavra integração para sensibilizar os nossos jovens. Nós, dentro de algum tempo, estaremos fora. E os jovens cada vez mais no interior de todas as atividades da iniciativa privada e do poder público. Então que nós devemos fazer é incentivar essa cooperação entre todos, essa integração extraordinária”.

O governador Luiz Fernando Pezão lembrou o trabalho iniciado na década de 80, quando foram criados os centros Integrados de Educação Pública (Cieps) para educação integrada.

“Quando cheguei aqui em 2007, encontrei os Cieps abandonados. Se nós tivéssemos dado continuidade, eram verdadeiras fábricas de jovens que seriam hoje cientistas, atletas, porque eles eram concebidos com piscinas, esporte, animadores culturais, horário integral, cinco refeições. Esse é o investimento que a gente tem que fazer. Não tem outro que a gente tenha que fazer”.

Também participaram da cerimônia os ministros da Justiça, Torquato Jardim; da Cultura, Sérgio Sá Leitão; do Esporte, Leonardo Picciani; e a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois.

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Vereador Capitão Carpê acompanha o Prefeito de Manaus em visita na Assembleia Legislativa para tratar sobre armamento da Guarda-Municipal

Publicado

em

Por

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) acompanhou o prefeito de Manaus, David Almeida, em uma conversa nesta quarta-feira (9), com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade, para tratar sobre a PEC que viabilizará o armamento da Guarda-Municipal a fim de permitir que os municípios possam armar suas guardas.

“Vamos buscar de forma emergencial preparar, armar e equipar nossa guarda. Essa decisão é proveniente da série de ataques a patrimônios públicos ocorridos neste fim de semana. Iremos até o fim dessa luta, e vamos conseguir!” Afirmou o vereador.

O parlamentar que preside a primeira Comissão Técnica de Segurança Pública Municipal solicitou logo nos primeiros dias de mandato concurso público para a guarda que dispõe de um efetivo de 434 servidores para fazer a segurança patrimonial da cidade de Manaus. O número além de insuficiente, expõe ainda mais os guardas que carecem de melhor renumeração, condições de trabalho e outras necessidades.

“Nossa guarda está sucateada, é necessário reorganizar com urgência. Precisamos de uma guarda mais forte, armada, preparada e treinada não apenas para proteger o patrimônio, os guardas municipais exercem uma missão nos serviços de segurança pública para combater a violência e resguardar a vida do cidadão”, finalizou o Capitão.

Informações Assessoria

Continue lendo

Destaque

Imprensa mundial chama presidente argentino de “racista” e “vergonha”

Publicado

em

Por

Os periódicos da Argentina e do mundo não pouparam críticas ao presidente Alberto Fernández após o mandatário afirmar, na quarta-feira (9/6), que os “mexicanos saíram dos índios, brasileiros saíram da selva, mas nós, os argentinos, chegamos de barcos que vinham da Europa. E assim construímos nossa sociedade”.

O comentário foi considerado “infeliz” e “desastroso”; e Fernández, uma “vergonha” e “racista”.

O jornalista Eduardo Feinmann, do La Nación, destacou que as declarações de Alberto Fernández foram uma “vergonha nacional”. Para o apresentador, o presidente argentino é o “filósofo racista do século 21″. “É extremamente racista com os brasileiros e com os mexicanos”, assinalou ele.

Com informações: Metrópoles

 

Continue lendo

Destaque

Vereador Capitão Carpê denuncia vandalismo em quadra de esporte na Compensa 

Publicado

em

Por

Na noite desta quinta-feira (03), o vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) usou suas redes sociais para denunciar atos de vandalismo contra o patrimônio público praticado em uma quadra de esportes localizada no conjunto Aruanã, Bairro Compensa 2.

“Estive no local para verificar a situação, infelizmente se encontra sem iluminação, levaram toda a fiação, sem portões, depredada. Uma obra que foi entregue recentemente isso é inaceitável”, disse o vereador.

O parlamentar que também é Presidente da Comissão de Segurança Pública Municipal solicitou que providências enérgicas preventivas e repressivas sejam tomadas com urgências nesses locais como Guarda-Municipal armada e preparada.

 

“Muitas vezes a administração pública constrói e investe em bens público em prol da sociedade e esses vândalos destroem. A Comissão de Segurança Pública Municipal deve e irá agir, não vou me calar, jamais permitirei que esses desocupados cometam atos de vandalismo na nossa cidade”, finalizou o Capitão.

 

O parlamentar ressaltou que quem comete esse ato de destruição do patrimônio deve ser punido e responsabilizado pelo dano causado.

Informações Assessoria

Foto: Ítalo Sena

 

 

 

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus