Conecte-se conosco

Brasil

Há 75 anos junto, casal comemora Dia dos Namorados com muito amor e dança

Publicado

em

casal de idosos

O respeito, a cumplicidade e o amor pela dança são os segredos revelados pelos eternos namorados Oswaldo Genaro e Nelsinda Escarparo Genaro, ambos de 90 anos, para uma relação duradoura. Lá se vão 75 anos de convivência e quase 68 de um casamento sólido em Ribeirão Preto (SP).

“Os outros falam que nascemos um para o outro e que somos almas gêmeas. A gente se considera almas gêmeas. Nunca nos largamos ou brigamos e nunca fizemos algo errado”, diz dona Nelsinda.

O casal mora no bairro Parque Bandeirantes, zona leste da cidade, e compartilha tudo, desde as tarefas em casa, as caminhadas matutinas de mãos dadas e os bailes do Clube da Velha Guarda de Ribeirão Preto, onde dançam há 48 anos.

Os dois se conheceram em 1942, quando ela tinha 14 anos e ele 15. Era dia de baile no antigo bairro Barracão, atual Ipiranga. Na casa deles, fotografias em dezenas de porta-retratos estampam viagens, amigos, família. A maior parte das imagens mostra os dois nas pistas de dança em bailes em várias cidades do país.

“Eu fui numa matinê dançante, ele me tirou para dançar e estamos dançando até hoje. Quando a gente começou a namorar, íamos à Praça XV passear. Marcamos um encontro, eu fui com as minhas amigas, e ele com os dele. Não tinha lugar para nós sentarmos e fomos à Catedral. O meu pai trabalhava num posto de gasolina e passou um senhor que nos conhecia e o avisou. Meu pai foi lá bravo e disse: os dois pra casa! A partir daí, levamos a sério”, lembra Nelsinda.

Romance

O namoro durou oito anos e o casamento aconteceu em 1950, na Igreja Santo Antônio, em Ribeirão. “Namoro na época era muito sério. Para pegar na mão da moça, demorava uns dias. E para beijar, então? Era depois de muito tempo que acontecia um beijinho”, afirma seu Oswaldo.

casal de idosos 2

Foto: Divulgação/G1

Ele trabalhou a vida toda como marceneiro e dona Nelsinda se dedicou à confecção de vestidos de noiva, peças e roupas em crochê. Também produziu bolos de casamento e pinturas em quadros. Os dois não tiveram filhos, mas têm dois afilhados, considerados presentes.

“Deus não me deu filhos para eu sorrir ou para chorar. Não era um problema meu ou dele, é que Deus não quis mesmo. A gente aceitou tudo. Foi um casal morar na minha casa e a mulher, que já tinha dois filhos, ficou grávida do terceiro, o qual batizamos. Hoje, ele é considerado nosso filho. Ele que faz tudo para nós”, diz dona Nelsinda.

Ao longo do tempo, os dois sempre compartilharam os problemas, priorizaram a conversa e o bom convívio para não abalar a relação. São quatro bodas comemoradas ao lado de parentes e amigos.

“Eu gosto dele inteiro, da cabeça aos pés. Nós dois estamos sempre juntos, mesmo quando tinha família perto, combinávamos bem. Nunca ninguém interviu no nosso namoro, casamento ou nos interessamos em saber da vida dos outros”, afirma dona Nelsinda.

Dança

A dança que uniu o casal até hoje faz parte da rotina dele. Por onde passam, estão sempre em busca de bailes para dançar bolero, chorinho ou samba, os estilos musicais preferidos.

O Clube da Velha Guarda em Ribeirão Preto, na Nova Ribeirânia, é considerado a segunda casa dos idosos. Eles frequentam o local há 48 anos e estão sempre presentes nos bailes aos domingos. Atuantes, eles promovem diversas festas na casa.

“Temos uma mesa especial onde recebemos os amigos. O que não falta é foto da gente dançando. Quando toca um bolero até parece que estremece por dentro de tanta vontade de dançar”, diz seu Oswaldo.

Medo da separação

Para dona Nelsina, a alegria de viver na companhia um do outro do outro é imensurável, mas uma ponta de preocupação insiste em afrontá-la atualmente. É o medo de uma separação que, um dia, será inevitável.

“Nós já estamos mais velhos. O nosso medo agora é de separar. Então, ando meio doente, por causa disso. Fico pensando, ‘ai meu Deus, estou com 90 anos, o que vou esperar agora’?”, diz.

Seu Oswaldo compartilha o pensamento da mulher, mas acredita que Deus estará ao lado deles até o fim.

“Nós temos muita fé e Deus nos deu saúde e abençoou. A gente agradece pela idade que a gente tem, pela amizade recíproca, o respeito que a gente tem um com o outro. Queremos ainda ficar muito tempo juntos.”

*Com informações: Portal G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos em Itatiba

Publicado

em

Por

O ator Luis Gustavo Blanco morreu neste domingo (19), aos 87 anos, em Itatiba (SP). Ele sofreu complicações por conta de um câncer no intestino. De acordo com informações da família, Luis Gustavo estava em tratamento contra a doença desde 2018 e morreu em casa.

O corpo do ator será cremado em uma cerimônia reservada à família em Itatiba, na tarde deste domingo. Não haverá velório. Segundo o G1 apurou, foi uma opção da família para que a despedida fosse um momento particular.

O ator nasceu em Gotemburgo, na Suécia, no dia 2 de fevereiro de 1934. Foi o Beto Rockfeller (1968), na novela da TV Tupi, que inovou a linguagem do gênero. A estreia dele na Globo foi em 1976.

Dentre os personagens mais marcantes do artista estão o costureiro Ariclenes Almeida/Victor Valentin em “Ti Ti Ti” e Vanderlei Mathias, o Vavá, no programa “Sai de Baixo”, ambos da TV Globo.

Continue lendo

Amazonas

Setembro Amarelo: Vereador Capitão Carpê realizou a 3ª edição da campanha “Ainda não é sua última viagem”

Publicado

em

Por

Fotos: Messias Sena

A campanha “Ainda não é a sua última viagem” busca conscientizar e prevenir o suicídio. Dados da OMS indicam que 90% dos casos poderiam ser evitados.

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) realizou, na tarde desta sexta-feira (10), Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, a 3º edição da campanha “Ainda não é sua última viagem”, em alusão ao Setembro Amarelo.

A campanha foi realizada na cabeceira da Ponte Jornalista Phelippe Daou, conhecida como ponte Rio Negro, Zona Oeste da cidade. O local ficou marcado por casos de suicídio.

A ação visa sensibilizar e comunicar que o suicídio é um problema de saúde pública que pode ser evitado com intervenções por parte do poder público junto com a população.

O vereador iniciou a campanha em 2019, quando ainda atuava como comandante da 8ª Cicom, companhia que atende ao bairro Compensa, onde está localizada a ponte Rio Negro. Após atender a várias ocorrências de tentativa de suicídio no local, o policial decidiu encabeçar uma ação preventiva com as vítimas.

O objetivo inicial era alertar a sociedade para essas ocorrências cada vez mais frequentes. Carpê logo mobilizou um batalhão de voluntários, formado por seus amigos, familiares e seguidores das redes sociais que se prontificaram em ajudar.

A caminhada com entrega de folhetos contendo endereços das unidades de saúde e telefones úteis, que a população pode entrar em contato de forma gratuita para receber atendimento por profissionais da saúde voluntários.

Representando quase nove mil pessoas na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o parlamentar falou da importância de intensificar a campanha e como ajudar na conscientização sobre o tema.

“Quem comete suicídio, não quer morrer, eles querem se livrar do que os afligem. Amigos e familiares devem se dispor a ajudar essas pessoas, quem sofre com depressão não quer falar, é preciso está atento aos sinais e, se não se sentir capaz de lidar com a situação, buscar ajuda. Não podemos fechar nossos olhos para o problema do próximo. Estou fazendo 1% junto com minha equipe, familiares, amigos e voluntários, mas devemos fazer muito mais. Se cada um fizer um pouco, podemos mudar essa triste estatística. É necessário falar sobre esse assunto, agir e salvar vidas”, afirmou o capitão.

A ação será encerrada no sábado (11), ás 17hs, com caminhada sobre a ponte e soltura de balões em conscientização ao suicídio.

Em nove meses de trabalho o vereador apresentou Projetos de Lei direcionados a pessoas com sintomas ou em tratamento contra a depressão. Entre eles, foi apresentado o Projeto de Lei nº 314/2021, sobre a obrigatoriedade da presença de profissionais de Psicologia e Serviço Social nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Também foi proposto pelo parlamentar a criação da primeira Base de Valorização à Vida, na ponte sobre o Rio Negro, oferecendo acolhimento psicossocial, rondas diárias com apoio da Polícia Militar e entrega de cartilhas com informativos necessários como telefones de contato gratuitos.

informações assessoria de comunicação
Fotos: Messias Sena

Continue lendo

Brasil

STJ inocenta Delegado Pablo e vê perseguição política em ação do MPF

Publicado

em

Por

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) inocentou o deputado federal do Amazonas, Delegado Pablo, no processo que apura o vazamento de informações da operação Estado de Emergência, realizada pela Polícia Federal em 2018.

Segundo o STJ, havia uma “rixa política” dentro da Polícia Federal na época que Pablo era delegado da instituição. A situação piorou quando Pablo anunciou que seria pré-candidato a deputado federal na eleição de 2018.

O STJ concluiu que a rixa política dentro da PF tinha o objetivo de prejudicar Pablo na disputa eleitoral daquele ano, e que o processo tinha várias ilegalidades. Entre as falhas está a falta de provas que ligassem Pablo ao vazamento de informações.

A apreensão ilegal do HD do computador de Pablo também foi apontada pelo STJ como um ato ligado à rixa política, cujo objetivo era atrapalhar politicamente o deputado.

A decisão pelo arquivamento do processo foi publicada na terça-feira (31-ago), no site do STJ, e inocentou Pablo das acusações feitas pelo Ministério Público Federal.

Para o deputado, a justiça está sendo feita. “Como disse à época, tratava-se de pura perseguição devido ao trabalho que desempenhei com muita dedicação em 12 anos como policial federal e agora como parlamentar”, afirmou.

Pablo acrescenta que sempre confiou na Justiça e que vai responsabilizar as pessoas que tentaram prejudicá-lo. “Aqueles que tentaram macular minha imagem e a de minha família serão responsabilizados. A justiça está sendo feita”, diz Pablo.

Com informações: D24am

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus