Conecte-se conosco

Cidades

IML inicia processo de interiorização em julho e trabalha em projeto de laudos digitais

Avatar

Publicado

em

IML Manaus

Em julho, o Instituto Médico Legal (IML), vinculado ao Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), começará o processo de interiorização da perícia médico-forense para os 61 municípios do interior do Estado. Paralelo a isso, servidores estaduais trabalham no desenvolvimento do projeto Laudo Digital, que deve agilizar a disponibilização dos resultados de exames de corpo de delito.

“O projeto de interiorização da perícia é pioneiro no Brasil. É uma forma de melhorar o trabalho da Justiça nos municípios, já que o exame pericial é a prova material de uma agressão, por exemplo. A informação resultante da perícia será inserida no inquérito policial a ser encaminhado à Justiça”, explica o diretor do IML, Lin Hung Cha.

Subordinado a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), o IML firmou convênio técnico com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) para o processo de interiorização. Em julho, quatro peritos do Instituto vão ministrar um curso com carga horária de cerca de 20 horas, via videoconferência, para todos os municípios do interior. A capacitação vai habilitar os médicos em qualquer local do Estado a confeccionar os laudos e ter noções da medicina legal.

Após este curso, o IML prestará tele consultoria aos municípios, de forma gradativa, começando por Tabatinga e Tefé. Inicialmente, o projeto prevê a habilitação apenas para exames de corpo de delito, mas a meta é chegar à realização de necropsias em cada município, o que demandará a presença de médicos cirurgiões.

“Essa interiorização é uma preocupação do governo. O vice-governador Bosco Saraiva levantou o questionamento sobre a perícia no interior e, em fevereiro, levamos o projeto para a apreciação dele. Em abril, conseguimos apresentá-lo ao TJAM (Tribunal de Justiça do Amazonas)”, afirmou o diretor.

Hoje, tanto os exames de corpo de delito quanto as necropsias são realizadas apenas na capital amazonense. “A partir da interiorização, quando houver uma agressão, o delegado vai nomear peritos no município e contatar o IML em Manaus. O perito daqui entrará em contato para dar todo o suporte necessário”, disse Lin Hung Cha.

Segundo o diretor do Instituto Médico Legal, o Tribunal foi consultado antes do início do projeto para atestar se a produção de provas feitas por meio de telecomunicação seria aceita ou não. Como resposta à consulta, a Justiça estadual recomendou a capacitação dos profissionais de cada localidade. O projeto tem a concordância também do Ministério Público do Estado (MP-AM) e da Defensoria Pública do Estado (DPE).

Laudos digitais

Além da interiorização da perícia médico-forense, o Instituto Médico Legal está desenvolvendo o projeto Laudo Digital. “A proposta é que o resultado de exames de corpo de delito esteja disponível no mesmo dia, seja para a Justiça, seja para o delegado e advogados. Até a requisição feita na delegacia já seria pelo sistema digital”, afirmou Lin Hung Cha.

Hoje, os laudos de exames de corpo de delito são concluídos em até cinco meses. Desde janeiro, o IML já realizou 10 mil exames de corpo de delito.

O Instituto Médico Legal é a vertente do DPTC responsável por realizar necropsias, laudos cadavéricos, exumação, antropologia, exames de corpo de delito e demais perícias como constatação de embriaguez ou intoxicação, lesão corporal, exame de sanidade mental, de constatação de violência sexual, de constatação de idade e vários outros que exijam o parecer de médicos legistas ou odontolegistas.

*Com informações da assessoria 

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Durante a madrugada, Governo do Estado recebe oxigênio para hospitais de Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

A Força Aérea Brasileira (FAB) desembarcou, na madrugada desta sexta-feira (15), 6 mil litros de oxigênio líquido da empresa White Martins, fornecedora do Governo do Estado. A carga, que veio de São Paulo, veio em 6 isotanques de mil litros e vai ser distribuída nos hospitais da rede estadual pela manhã.

Os insumos estão sendo transportados ao longo da semana da cidade de Guarulhos (SP) e chegarão a 22 mil metros cúbicos de oxigênio.

Uma força tarefa do Executivo Estadual e do Ministério da Saúde atua desde a semana passada em uma operação conjunta para viabilizar a chegada de oxigênio da White Martins de outros lugares. O plano mantém uma ponte aérea entre São Paulo e Manaus enquanto houver necessidade de abastecimento da rede.

Além da quantidade desta madrugada, outros 200 cilindros chegaram na terça-feira (12) e uma remessa de 150 cilindros foi entregue na última quarta-feira (13/01). Outros 25 mil metros cúbicos em isotanques também estão na programação de voos desta semana da FAB, partindo do aeroporto de Guarulhos.

Desde a última sexta-feira (08/01), a força-tarefa sob o comando da Defesa Civil do Amazonas atua no transporte de oxigênio de Belém, Brasília e Guarulhos.

Apreensões e solidariedade

Também na quinta-feira, duas operações das Forças de Segurança do Estado apreenderam cilindros de oxigênio que foram distribuídos às unidades.

Em uma delas foram apreendidos 26 cilindros carregados de oxigênio e sete vazios. As cápsulas foram distribuídas para quatro unidades de saúde da rede estadual – Hospital Beneficente Português, Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), SPA do São Raimundo e SPA do Coroado.

Numa segunda operação, à noite, foram apreendidos 45 cilindros, 28 deles carregados e 17 vazios. O material estava em uma embarcação no Porto de São Raimundo. As cápsulas foram distribuídas em sete unidades.

Solidariedade

Uma ação solidária de um grupo de amigos voluntários que adquiriram cilindros de oxigênio também ajudou a garantir o insumo em algumas unidades durante a noite.

 

*Com informações de assessoria

Continue lendo

Cidades

Enfermaria de campanha começa a ser montada no hospital Delphina Aziz

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Carlos Soares / SSP-AM

O Amazonas recebeu na quinta-feira (14/01) mais de 20 toneladas de material para instalação de uma enfermaria de campanha, que funcionará na área externa do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz. O trabalho é uma ação integrada entre o Governo do Estado, Governo Federal e Forças Armadas.

Os primeiros contêineres descarregados na quinta-feira continham tendas, leitos, macas, equipamentos hospitalares e instrumentos para montagem de uma miniusina de oxigênio para atender a nova estrutura.

Quando finalizada, a enfermaria de campanha contará com 60 leitos clínicos. Equipes do Exército realizam a montagem da estrutura desde a tarde de quinta-feira, com previsão de entrega no início da próxima semana.

Com a nova estrutura, o objetivo é aumentar a oferta de atendimentos na unidade de saúde, devido ao crescimento no número de internações no estado. Os leitos serão instalados em módulos de hospitais de campanha do Exército e Aeronáutica.

A estrutura dos leitos de enfermaria será disponibilizada e montada pelo Governo Federal, e a gestão dos profissionais será feita pelo Governo do Amazonas, em parceria com o Ministério da Saúde. O titular da SES-AM, Marcellus Campêlo, ressaltou o apoio do Governo Federal nas ações para reforçar os atendimentos na pandemia, classificando como fundamental.

“Essa força que estamos tendo do Ministério da Saúde, Sírio-Libanês, da Força Nacional, com as nossas equipes de saúde, vai tornar a nossa rede mais preparada, inclusive, para quando terminar esse período mais crítico da pandemia, conseguirmos ter uma rede coesa, forte e também conectada com o município de Manaus”, ressaltou Campêlo.

 

*Com informações de assessoria 

Continue lendo

Cidades

Em fim de semana, vereador Wanderley Monteiro visita comunidades que sofrem com bueiros entupidos

Avatar

Publicado

em

Por

O vereador tem aceitado convites da população para visitar as comunidades quem têm sofrido com as alagações devido à obstrução de bueiros - Foto: Divulgação

Há dez dias cumprindo seu mandato, o vereador Wanderley Monteiro (Avante) têm aceitado convites da população que o procura, por meio de suas redes sociais, para visitar as comunidades quem tem sofrido com as alagações devido à obstrução de bueiros. As demandas tem aumentado por causa das fortes chuvas desse período. (mais…)

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus