As autoridades da indonésia anunciaram, nesta quinta-feira (11), a ampliação para mais um dia dos trabalhos de busca para algumas das 5 mil pessoas consideradas desaparecidas nas zonas mais afetadas pelo terremoto e pelo tsunami que – no dia 28 de setembro – assolaram a ilha de Celebes.

A Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio) indicou que a medida se deve ao pedido de alguns membros das comunidades afetadas pelo desastre natural.

O porta-voz da agência, Sutopo Purwo Nugroho, anunciou que as atividades pela busca de possíveis sobreviventes serão concluídas oficialmente nesta sexta-feira (12), um dia depois do previsto.

A partir de sexta, 15 pessoas ficarão de prontidão se houver pedidos para resgatar as vítimas, afirmou à Agência EFE, em conversa telefônica, o porta-voz em Palu da Agência Nacional de Busca e Resgate (Basarnas), Yusuf Latif.

As equipes de resgates não encontraram ninguém vivo sob os escombros por mais de uma semana e as autoridades anunciaram que transformarão os lugares mais desvastados em áreas verdes e um memorial.

Por sua vez, o governador de Celebes Central, Longki Djanggola, disse que o período de resposta a emergências será estendido até o dia 26 para reconstruir infraestruturas e atender aos mais de 82 mil deslocados.

De acordo com a última apuração oficial, os mortos pelo desastre são 2.073, enquanto 2.549 pessoas ficaram feridas e 680 estão desaparecidas.

No entanto, segundo estimativas, cerca de 5 mil pessoas ainda não foram localizadas no bairro Balaroa – em Palu – e na cidade de Petobo.

*Fonte: Agência EFE

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Internacional

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Médico russo mata e desmembra namorada ao descobrir que ela era transexual

Um médico russo reagiu com violência extrema, assassinou, desmembrou e chegou a cozinhar p…