Conecte-se conosco

Destaque

Japão encontra no mar oito corpos que podem ser de norte-coreanos

Publicado

em

A Guarda Litorânea do Japão encontrou, nesta segunda-feira (27), oito corpos em um barco à deriva no litoral da província de Akita, segundo disse à Agência EFE um porta-voz do esquadrão, que investiga se os cadáveres poderiam ser de pescadores norte-coreanos.

A ocorrência se soma à descoberta de outros dois corpos durante o fim de semana e a chegada na quinta-feira passada à costa noroeste do Japão de um navio com oito marujos que se identificaram como pescadores norte-coreanos e relataram que perderam o rumo devido a um defeito.

A última embarcação achada, de sete metros de comprimento, foi avistada pela primeira vez em frente a uma praia da cidade de Oga no dia 24, mas, devido a uma forte ressaca, a patrulha não pôde chegar até domingo ao navio, onde hoje acharam os corpos em alto grau de decomposição, explicou o porta-voz.

As autoridades tentam determinar o sexo dos mortos e sua origem, que poderia ser a Coreia do Norte, cujas precárias embarcações são propensas a ficar à deriva enquanto trabalham.

Durante o fim de semana, a Guarda Litorânea japonesa achou, além disso, os corpos em decomposição de outros dois homens, em partes diferentes da ilha de Sado, na província de Niigata, assim como os destroços de um bote, detalhou o porta-voz.

Junto a um dos corpos foram encontrados vários maços de cigarros de tabaco norte-coreano, assim como restos de um navio e um colete salva-vidas com palavras escritas em hangul (alfabeto coreano).

Faltam equipamentos de radar

Dúzias de pesqueiros norte-coreanos chegam a cada ano ao litoral do Japão por conta das más condições meteorológicas, falta de equipamentos de radar, defeito nos motores ou escassez de combustível – uma situação frequente na Coreia do Norte.

Em algumas ocasiões, como esta, os ocupantes dos barcos morrem em alto-mar e seus corpos chegam a território japonês, o que levou a imprensa local a batizar este tipo de embarcação com o nome de “navios fantasmas”.

Outras vezes a tripulação chega com vida, como na quinta-feira passada, quando um navio com oito marujos, que afirmaram ser norte-coreanos e expressaram seu desejo de voltar para casa, chegou até a cidade litorânea de Yurihonjo, também em Akita, após perder o rumo por uma falha do motor e vagar quase um mês no mar.

As autoridades japonesas acreditam que os pescadores norte-coreanos se aventuram com frequência longe de seu litoral na busca de maiores capturas para cumprir as cotas de produção.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados.

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Técnica de relaxamento com saco causou morte de ator, diz laudo

Publicado

em

Por

morte do ator Luiz Carlos de Araújo foi acidental, causada por uma mistura do uso de antidepressivos, cocaína, álcool e de um saco plástico para cobrir a cabeça, apontou laudo da Polícia Civil de São Paulo, revelado nesta quarta-feira (22).

Segundo a perícia, a morte deve ter sido causada pelo próprio ator enquanto ele fazia uma técnica de relaxamento chamada de re-respiração com a ajuda do saco plástico. A técnica, informou o legista, é usada para diminuir respiração rápida e descontrolada em situações de ansiedade, para “aumentar o teor de dióxido de carbono e diminuir o teor de oxigênio”.

“Tal prática pode ter como complicação a asfixia por confinamento (troca do ar respirável por ar irrespirável)”, explica o laudo.

A polícia considerava outras duas hipóteses para a morte (suicídio ou homicídio), que foram descartadas: “não foram observados sinais de constrição cervical externas ou internas [enforcamento], mesmo após dissecção cuidadosa do pescoço da vítima Luiz Carlos”.

“A associação de antidepressivos, cocaína e álcool, com consequente rebaixamento do nível de consciência, associada ao confinamento foram às causas da morte”, conclui o laudo.

Luiz Carlos foi encontrado morto no último dia 11 dentro de um apartamento sem sinais de arrombamento, invasão por meio da sacada ou assalto de bens. O ator se destacou por sua participação na novela Carinha de Anjo, do SBT, e em outras peças de teatro. Ele tinha 42 anos.

Fonte: Portal R7

Continue lendo

Amazonas

Cetam abre inscrições para mais de 26 mil vagas em cursos no interior do AM

Publicado

em

Por

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) abriu, nesta quarta (22) e na quinta-feira (23), as inscrições para 26.910 vagas em cursos de qualificação profissional. As vagas são destinadas, exclusivamente, para candidatos do interior do estado.

As inscrições serão somente on-line, das 6h às 23h59, ou até terminarem as vagas. Os interessados em um dos 35 cursos ofertados nos 61 municípios do Amazonas deverão acessar o endereço https://cursos.cetam.am.gov.brSó é aceito um CPF por vaga.

As vagas ofertadas serão ocupadas pelo processo de ordem de chegada, ou seja, até o limite do número de vagas regulares e reservas oferecidas por curso. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos os pré-requisitos para o curso que deseja ingressar.

Continue lendo

Amazonas

12 toneladas de pirarucu são apreendidas em embarcação em Coari

Publicado

em

Por

Cerca de 12 toneladas de pirarucu foram apreendidas em uma embarcação, por policiais da Base Arpão, na madrugada de terça-feira (21), em Coari. No total, foram apreendidas cinco toneladas de pirarucu fresco e sete toneladas de pirarucu salgado.

O proprietário do barco ao ser questionado disse que o pescado era legalizado e que possuía o guia de transito expedida pelo Ibama. No entanto, a autorização era para o transporte de três unidades de pirarucu, o que não era compatível com a quantidade encontrada no barco.

Ao continuar as buscas na embarcação, a equipe encontrou uma parede falsa e, dentro dela, foram encontrados parte do pescado ilegal que estava condicionado de forma indevida. O barco partiu de Jutaí, distante 749 km de Manaus, e seguia para a capital.

O responsável pelo pescado ilegal foi preso e foi apresentado a Delegacia de Polícia Civil da Base Arpão. O pescado será doado para comunidades ribeirinhas.

Por correr risco de extinção, o pirarucu tem a pesca proibida durante o ano todo, só podendo ser feita em áreas de manejo determinadas pelo Ibama.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus