Por Anne M. A. Capelo

Nesse seu segundo livro de poemas, Isabela Sancho traz ao leitor uma escrita nascida da experiência da dor. Uma dor especificamente localizada: há um edifício – subterrâneo – de sete andares conectados por um elevador. Essa escrita espacializada tateia os sentimentos da narradora que o habita. A depressão não é trabalhada enquanto diagnóstico, mas como uma condição geográfica e emocional, uma vivência específica do tempo e do corpo.

[…] Ao compartilhar essa experiência subterrânea em poesia, a dor se torna reconhecível, porque ela é admitida no espaço plural habitado pelos diversos leitores. A interlocução só se mostra possível porque cada forma de vida, como a poesia, é dada através de uma gramática específica que a torna legível e que se dá desde a configuração de uma topografia anterior, até sua materialização em escrita e desenho. Um certo estrangeirismo da dor, vivenciado nesse edifício-palavra, nega seu exílio quando do contato com o leitor, que é desafiado a visitar sua construção.

Projeto gráfico: Karina Tenório.

Ilustrações (capa e miolo): da autora.

Lançamento em breve.

EDITORA PENALUX

www.editorapenalux.com.br

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
  • Escala das emoções

    Segundo Freud, estamos acostumados a entender que as nossas emoções, sentimentos e afetos …
  • Uma análise de uma mãe

    “Mãe lê pensamento, tem premonição, sonhos estranhos. Conhece cara de choro, de gripe, de …
  • O sentido da vida

    “O homem pode conservar um vestígio da liberdade espiritual, de independência mental…
Carregar mais por Colunistas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Hoje é o dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O dia 18 de maio é uma data marcada pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração S…