Home Opinião Colunistas Lançamentos Penalux: “A depressão tem sete andares e um elevador”, da poetisa Isabela Sancho

Lançamentos Penalux: “A depressão tem sete andares e um elevador”, da poetisa Isabela Sancho

0
0

Por Anne M. A. Capelo

Nesse seu segundo livro de poemas, Isabela Sancho traz ao leitor uma escrita nascida da experiência da dor. Uma dor especificamente localizada: há um edifício – subterrâneo – de sete andares conectados por um elevador. Essa escrita espacializada tateia os sentimentos da narradora que o habita. A depressão não é trabalhada enquanto diagnóstico, mas como uma condição geográfica e emocional, uma vivência específica do tempo e do corpo.

[…] Ao compartilhar essa experiência subterrânea em poesia, a dor se torna reconhecível, porque ela é admitida no espaço plural habitado pelos diversos leitores. A interlocução só se mostra possível porque cada forma de vida, como a poesia, é dada através de uma gramática específica que a torna legível e que se dá desde a configuração de uma topografia anterior, até sua materialização em escrita e desenho. Um certo estrangeirismo da dor, vivenciado nesse edifício-palavra, nega seu exílio quando do contato com o leitor, que é desafiado a visitar sua construção.

Projeto gráfico: Karina Tenório.

Ilustrações (capa e miolo): da autora.

Lançamento em breve.

EDITORA PENALUX

www.editorapenalux.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Acervo Penalux: “Ser Feliz Com Quem Quiser”, romance do autor Adhemyr Fortunato

Um milionário “bon vivant”, solteiro, muito atraente, que ama a música, a poes…