O Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro (LAOCS) abriu, nesta quarta-feira (12), 1.776 vagas para o segundo semestre. Foram lançados dois novos cursos: Musicalização Infantil em Percussão Amazônica e Teatro Musical; além de novas turmas de Violino, Violão, Teclado, Violão para Idosos e Capacitação Artística em Dança.

De acordo com a Secretaria de Cultura, as novidades do segundo semestre são os cursos de Musicalização Infantil em Percussão Amazônica e Teatro Musical. Voltado para crianças de 5 a 7 anos, o curso de Musicalização Infantil em Percussão Amazônica utilizará bioinstrumentos acústicos criados e/ou recriados pelo Grupo Gaponga para proporcionar aos alunos o desenvolvimento das noções básicas dos ritmos amazônicos (carimbó, toada e indígena) e outros ritmos brasileiros, ao som ritmado da música orgânica.

De acordo com o maestro Davi Nunes, diretor técnico artístico do LAOCS, o curso visa evidenciar os valores culturais do Amazonas.

A matéria-prima utilizada na confecção dos instrumentos são organismos encontrados na floresta como cuias, sementes, ouriços dentre outros, além de tubos de papelão descartados no comércio da cidade. De acordo com o Grupo Gaponga, a pouca madeira utilizada é quase sempre doada pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), certificada e recolhida da floresta quando cai espontaneamente.

Já o curso de Teatro Musical, também inédito no Liceu, será voltado para ator/atriz, bailarino (a) e cantor (a), com idade entre 7 e 17 anos, e proporcionará um espaço que permitirá ao aluno o aprofundamento das vertentes artísticas, o aumento das referências dentro das abordagens específicas, com o objetivo de formar artistas capazes de lidar com teorias, conceitos e métodos próprios das artes, primando pela expansão da vivência artística e dinamizando a produção cênica.

As inscrições para as turmas do segundo semestre serão realizadas, gratuitamente, a partir do dia 1º de julho, na Secretaria Escolar, no Bloco F do LAOCS, localizado no Sambódromo (avenida Pedro Teixeira, 2565, Dom Pedro). Mais informações: (92) 3232-1950 / 3017-8823 / 99174-5278.

Fonte: G1 Amazonas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Nível de rio ultrapassa cota máxima prevista para cheia deste ano em Manaus

O nível do rio Negro ultrapassou a cota máxima de 29,33 metros prevista para a cheia deste…