Conecte-se conosco

Brasil

Mãe de adolescente suspeito de participação em assalto entrega o filho à polícia

Avatar

Publicado

em

Mãe de um adolescente suspeito de participação em um assalto, a mulher que entregou o filho à polícia espera que ele não volte a se envolver com o crime. “Eu acho que é o correto. Se todas as mães fizessem isso, os filhos não seriam tão bandidos. Existe muita bandidagem no mundo”, diz a dona de casa, que prefere não se identificar.

O jovem de 16 anos chegou a ser levado no sábado (15) à delegacia em Ribeirão Preto (SP), mas acabou liberado pela Polícia Civil depois que o Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) recusou a internação dele.

Em nota, a Fundação Casa explicou que não recebeu o suspeito porque a apresentação estava fora do flagrante, ou seja, mais de 24 horas após o ato infracional. O jovem deve ser apresentado à Vara da Infância e Juventude, que decidirá se ele será ou não internado.

Assalto

O crime aconteceu na tarde de sexta-feira (14), em uma chácara do bairro Recreio Internacional, zona leste da cidade. Cinco jovens armados com facas invadiram o imóvel e fizeram uma mulher refém. Grávida, ela foi agredida e ameaçada, mas conseguiu fugir pela janela de um dos quartos da casa.

“Deram tapas nela, uma coisa absurda. Na hora que fiquei sabendo, eles acabaram de sair. A sorte é que mora um ao lado do outro. Ela veio correndo, pulou a janela. Eles queriam leva-lá no carro, sequestrá-la, só que ela disse que estava grávida e acabaram batendo, mas deixaram”, disse um familiar, que pediu para não ser identificado.

Três suspeitos foram perseguidos e presos pela Polícia Militar logo após o assalto. Dois jovens conseguiram fugir. Entretanto, na tarde de sábado, a mãe de um deles entregou o próprio filho à Polícia Civil. Segundo a mulher, o jovem confessou o crime no momento em que ele foi questionado sobre as suspeitas.

“Eu fiquei muito chocada. Fiquei com Deus e falei ‘senhor, quando ele chegar em casa, eu vou perguntar a ele e ele vai explicar’. Ele me contou com lágrimas nos olhos. Eu sempre fui criada na honestidade. Eu fiz 48 anos, o presente que eu recebi de aniversário foi esse”, diz a dona de casa.

Após saber da participação do filho, ela esteve na delegacia com o jovem, onde ele foi apreendido e encaminhado ao NAI. Apesar disso, ele teve o acolhimento recusado e foi liberado na madrugada de domingo (16) por falta de condições da polícia em mantê-lo na delegacia.

Recusa e reflexão

O jovem foi devolvido à mãe e será encaminhado à Vara da Infância e da Juventude. Para a dona de casa, o impasse sobre a internação e a atitude dela devem fazer com que o filho reflita sobre o futuro.

“Não é fácil. Parece que o mundo acabou e eu entrei no chão. Mas eu vou ficar de cabeça erguida, porque eu ensinei ele a ser uma pessoa de bem. Se ele não quis o caminho correto, não é culpa minha.”

Segundo a Fundação Casa, o artigo 106 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) garante que “nenhum adolescente será privado de liberdade sem que seja em flagrante de ato infracional ou por ordem fundamentada da Justiça da Infância e Juventude”.

“O jovem não foi acolhido porque fora apresentado pela polícia às 21h30 do último sábado (15 de setembro), sendo que o ato infracional, conforme o registro policial, ocorreu às 16h30 da sexta-feira passada (14 de setembro)”, diz o comunicado.

A Delegacia Seccional de Ribeirão Preto informou que não pode se pronunciar sobre o caso porque o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) não permite.

*Fonte: Portal G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

MPF processa ex-ministro Pazuello e secretário de Saúde do AM por responsabilidade na crise de oxigênio

Avatar

Publicado

em

Por

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ajuizou, nesta quarta-feira (14), ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o secretário estadual de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, por omissão no combate à pandemia entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, quando o Amazonas registrou colapso de oxigênio nas unidades de saúde e aumento de mortes por covid-19.

Entre 14 e 15 de janeiro, falta de oxigênio nos hospitais de Manaus levou a cidade de Manaus a um cenário de caos. Com recordes nos casos de Covid, a capital precisou enviar pacientes que dependiam do insumo para outros estados.

A ação, encaminhada à Justiça Federal no Amazonas, cita, também, três secretários do Ministério da Saúde e o coordenador do Comitê de Crise do Amazonas, Francisco Ferreira Máximo Filho.

No documento, o MPF identificou atos de improbidade administrativa em cinco situações distintas:

  • atraso e lentidão do Ministério da Saúde no envio de equipe para diagnosticar e minorar nova onda de covid-19 no Amazonas;
  • omissão no monitoramento da demanda de oxigênio medicinal e na adoção de medidas eficazes e tempestivas para evitar seu desabastecimento;
  • realização de pressão para utilização de ‘tratamento precoce’;
  • demora na adoção de medidas para transferência de pacientes que aguardavam leitos;
  • e ausência de medidas de estímulo ao isolamento social.
Continue lendo

Brasil

Mãe de Henry Borel passa mal em presídio e é internada

Avatar

Publicado

em

Por

Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, foi encaminhada para atendimento médico na madrugada desta segunda-feira (12). A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap). Ela está presa no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, na Região Metropolitana.

De acordo com o órgão, Monique sentiu dores abdominais após urinar e solicitou atendimento médico. Ela foi encaminhada ao Hospital Penal Hamilton Agostinho, dentro do próprio Complexo Penitenciário de Gericinó.

Após ser diagnosticada com uma infecção urinária, a previsão é de que Monique siga internada por pelo menos três dias no local para acompanhamento e para receber a medicação recomendada.

Na quinta-feira (8), o vereador carioca Dr. Jairinho (sem partido), padrasto da criança, e Monique foram presos por suspeita de homicídio duplamente qualificado –com emprego de tortura e sem chance de defesa para a vítima –, por atrapalharem as investigações e por ameaçarem testemunhas para combinar versões.

Continue lendo

Brasil

Homem surta e faz comissária de bordo refém no Aeroporto de Guarulhos

Avatar

Publicado

em

Por

Na noite de domingo (11), um homem que se identificou como “soldado Resende” e estudante de medicina fez uma comissária de bordo da Gol refém no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Segundo informações de passageiros que estavam no terminal, o suspeito exigia a presença da Polícia Federal.

Após alguns minutos de tensão, ele foi preso e, a mulher, libertada sem ferimentos. Enquanto segurava a empregada da empresa aérea pelos braços, a ameaçava de morte com um objeto cortante rente ao pescoço, uma caneta. Ele exigia a presença da Polícia Federal (PF) e da “imprensa internacional”.

Em outro momento, dizia estar sendo ameaçado de morte e avisava a quem se aproximava que carregava uma bomba dentro da mochila. De acordo com pessoas que presenciaram a cena, o homem parecia transtornado. Não foi encontrado nenhum explosivo na mochila do mesmo.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus