Conecte-se conosco

Saúde e Bem Estar

Manaus volta a registrar caso de gripe H1N1 após seis anos

Avatar

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) confirmou, nesta quinta-feira (7), o primeiro caso de gripe H1N1 em Manaus neste ano. O caso foi identificado em uma das unidades sentinelas que fazem monitoramento de síndrome gripal, por meio da coleta semanal de cinco amostras.

O paciente, uma criança de um ano de idade, recebeu atendimento ambulatorial e o caso evoluiu sem gravidade. A capital amazonense não registrava uma ocorrência da doença desde 2012.

Segundo a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae), Marinélia Martins Ferreira, há motivos para preocupação com a confirmação desse caso de H1N1.

“O caso preocupa os serviços de saúde por ser a primeira confirmação local da doença desde 2012, e também pelo baixo comparecimento da população alvo da campanha nas Unidades de Saúde para a vacinação contra a gripe, principalmente no caso das crianças. É importante esclarecer que a imunização é uma questão de saúde coletiva e não somente individual. Uma pessoa não imunizada coloca em risco toda uma comunidade, amigos, familiares, vizinhos, colegas de trabalho ou de escola”, afirmou.

A secretaria alertou para a necessidade de vacinação contra o vírus Influenza e suas variações. Faltando pouco mais de uma semana para o encerramento da 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, apenas 55% do público-alvo procurou uma Unidade de Saúde para imunização.

Doença e vacina

A influenza A (H1N1), conhecida como gripe suína,  se propagou na primavera de 2009. A gripe H1N1 é uma das três cepas de influenza que podem ser prevenidas através da vacina disponível na Campanha, iniciada em Manaus no dia 12 de maio.

O público alvo são crianças na faixa etária de seis meses a menor de cinco anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das escolas públicas e privadas.

“Esse público alvo é definido pelo Ministério da Saúde e formado por pessoas que têm maior risco de desenvolver complicações graves pela Influenza, podendo levar ao óbito”, esclarece o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destacando que neste sábado, é o Dia Nacional da Imunização.

A meta da 20ª campanha é imunizar 90% do público alvo, estimado em 424.402 pessoas na capital.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Prefeitura de Manaus anuncia que vai montar drive-thru e vacinar idosos em casa

Avatar

Publicado

em

Por

Nesta segunda-feira (25), o prefeito informou que aguarda o detalhamento sobre a distribuição das doses para dar início à imunização. Ele afirmou que a previsão é que a vacinação seja iniciada nesta terça-feira (26).

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou que vai montar pontos de drive-thru para vacinação contra a Covid-19 de idosos com idade a partir de 75 anos. Ainda de acordo com Almeida, haverá também vacinação de casa em casa.

Entre os pontos de drive-thru anunciados estão Arena da Amazônia e Shopping Phelippe Daou. Ao todo, de acordo com o anúncio, devem ser quatro pontos fixos espalhados na capital.

Fonte: G1

Continue lendo

Manaus

Vereador Capitão Carpê fiscaliza atendimento na UBS Leonor de Freitas

Avatar

Publicado

em

Por

Fotos: Ítalo Senna

Durante uma visita na UBS Leonor de Freitas, realizada na manhã desta segunda-feira (25), o vereador Capitão Carpê (Republicanos) constatou que as medidas de adoção de urgência, solicitada através de um ofício, devido a grande crise aguda com falta de oxigênio, aumento nos casos confirmados e mortes por Covid-19, estão sendo atendidas. A UBS Leonor de Freitas, está localizada na Av. Brasil, bairro Compensa II, Zona Oeste.

Vereador Capitão Carpê Andrade e Diretora da Unidade UBS Leonor de Freitas

O parlamentar se deparou com novo cenário nesta manhã, “a atenção básica é de responsabilidade de todos. Estou muito feliz a UBS se tornou referência para atender população, não encontramos aglomeração, medicação em dia, uma tenda de proteção foi montada fora da unidade, para que as pessoas possam se abrigar e o teste rápido de Covid-19 está sendo realizado, isso é gratificante para nosso trabalho”, disse o vereador.

A diretora da unidade Fabiana Encarnação ressaltou que as medidas para melhorar o atendimento e evitar filas estão sendo realizadas, e todas as orientações de segurança sanitária estão sendo tomadas, “fazemos todo esforço para que todos possam ser atendidos. O horário foi estendido, estamos de domingo a domingo realizando atendimentos para diminuir a propagação desse vírus”, afirmou a diretora.

COVID-19

Segundo os dados no boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), o número de mortes por Covid-19 no Amazonas chegou a 7.051, neste sábado (23).

Foram contabilizados 162 novos óbitos, sendo 63 ocorridos nas últimas 24 horas. Foram registrados também 3.404 novos casos, totalizando 248.561 em todo o estado.

Informações Assessoria

Continue lendo

Amazonas

Governadores acertam cota extra da vacina para o Amazonas

Avatar

Publicado

em

Por

Governadores de pelo menos 22 estados acertaram na noite da quinta-feira (21) o repasse para o Amazonas de uma cota extra das vacinas que devem receber nos próximos dias.

Nesta sexta-feira (22), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve liberar o uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses da Coronavac, e 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca devem chegar ao país.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), participou da reunião de um grupo de trabalho que discute o colapso do sistema de saúde em Manaus e defendeu junto aos governadores, por meio do grupo no WhatsApp, que o Amazonas receba uma parte maior dessas novas doses, devido à “transmissibilidade alta” de casos e à gravidade da situação.

A proposta, segundo Dias explicou ao blog, é que o Amazonas fique com 5% do total de novas doses e os demais estados façam o rateio proporcional do restante.

Fonte: G1

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus