Conecte-se conosco

Mundo

ONU detecta, pela 1ª vez, aumento no uso de drogas entre maiores de 50 anos

Avatar

Publicado

em

aumento do uso de drogas

A Organização das Nações Unidas (ONU) detectou, pela primeira vez, um aumento do consumo de drogas entre pessoas maiores de 50 anos, uma tendência nova relacionada com o envelhecimento da população e que pode representar um desafio para os sistemas de saúde dos países ocidentais, segundo o relatório publicado nesta terça-feira (26).

Essa tendência é apontada no Relatório Mundial sobre Drogas, divulgado em Viena, por conta do Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

“Há mais pessoas jovens usando drogas do que idosos, mas, pela primeira vez desde que temos estatísticas, o consumo de drogas entre pessoas de mais idade está aumentando”, declarou em entrevista Angela Me, autora do relatório e diretora de estatísticas do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc).

Os dados dessa tendência, que ainda devem ser investigados mais a fundo, segundo a Unodc, são de países da América do Norte e da Europa, onde é registrado um envelhecimento geral da população. Por exemplo, nos Estados Unidos, entre 2006 e 2016, o número de consumidores de drogas com mais de 50 anos passou de 3,6 milhões para 10,8 milhões. Se compararmos com o número de pessoas desse grupo de idade que usaram alguma droga em 1996, cerca de 900 mil nos EUA, o total de consumidores mais velhos se multiplicou por 12 em duas décadas.

Taxas de consumo

Na Europa, a tendência é similar, embora menos acentuada, com as taxas de consumo de cannabis entre as pessoas de 55 a 64 anos crescendo em um ritmo maior em relação a outros grupos de idade.

Entre os motivos desta tendência são apontados a menor percepção de risco, uma maior disponibilidade de entorpecentes, a automedicação para tratar dores e outros problemas de saúde e a continuação do consumo entre algumas pessoas à medida que envelhecem.

As substâncias mais consumidas entre maiores de 50 anos são opioides, analgésicos e cannabis.

O relatório destaca a tendência global – embora mais aguda no Ocidente – ao envelhecimento da população e aponta que, em 2050, metade da população de todos os continentes – exceto a África – terá mais de 50 anos.

Entre os atuais consumidores de mais idade, Angela Me apontou “uma combinação de pessoas que começaram a utilizar drogas quando jovens e envelheceram e, por outro lado, pessoas que buscam paliativos à dor e a outros problemas”.

Entre os primeiros, Angela aponta a geração dos “baby boomers” – nascidos entre meados dos anos 40 e os 60 -, que “no Ocidente foram os que começaram a utilizar mais drogas do que a geração anterior”.

Segundo os dados disponíveis, o perfil do consumidor maior de 50 anos é homem, solteiro, com um nível inferior de estudos e também consumidor de álcool e tabaco.

Este fenômeno pode acarretar também problemas no tratamento, que podem representar um desafio para os sistemas de saúde ocidentais. Conforme Angela, “o tratamento de drogas entre pessoas mais velhas é muito mais complicado” porque o consumo costuma vir acompanhado de um pior estado de saúde, tanto físico como mental.

O número de pessoas com mais de 50 anos que morrem devido ao consumo de drogas – a maioria por overdose de derivados do ópio e de opioides sintéticos – também aumentou de forma significativa.

Em 2015, 39% dos mortos por conta do consumo de drogas – cerca de 450 mil pessoas – eram maiores de 50 anos, enquanto no ano 2000 representavam 27% do total.

*Fonte: Agência EFE

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Câmara dos Deputados dos EUA começa a debater impeachment de Trump

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Internet

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos começou a debater nesta quarta-feira a legislação para o impeachment do presidente Donald Trump pela segunda vez em seu mandato.

A Câmara deve primeiro realizar uma votação estabelecendo regras para o debate de quarta-feira. Superada essa etapa, como esperado, abrirá caminho para uma votação ao longo do dia para aprovar um artigo de impeachment acusando Trump de incitar insurreição em um discurso que ele fez na semana passada que levou à invasão do Capitólio dos EUA.

De acordo com o deputado Steny Hoyer, segundo democrata mais importante na Câmara, A Casa Legislativa planeja enviar o artigo de impeachment ao Senado ainda esta semana.

“Não há razão para que não possamos enviá-lo esta semana. Pretendemos fazer isso”, afirmou ele à MSNBC em uma entrevista nesta quarta-feira, citando discussões com a presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

A cerimônia de posse do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, ocorre em 20 de janeiro.

 

*Por Richard Cowan / Reuters 

Continue lendo

Mundo

Arábia Saudita anuncia criação de cidade ecológica sem carros

Avatar

Publicado

em

Por

Príncipe Mohammed bin Salman - Foto: Saudi Royal Court/REUTERS

A Arábia Saudita, o maior exportador mundial de petróleo bruto, anunciou a criação de uma cidade ecológica com “zero carros, zero estradas, zero emissões de CO²” no Neom, área no noroeste do país que se encontra em desenvolvimento.

(mais…)

Continue lendo

Mundo

Covid-19: EUA ultrapassam pela primeira vez 4 mil mortes em 24 horas

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: REUTERS / Mike Blake

Os Estados Unidos ultrapassaram pela primeira vez as quatro mil mortes em 24 horas devido ao novo coronavírus, segundo fontes oficiais, enquanto especialistas do país alertam que a pandemia vai piorar este mês.

O país registrou ontem (7) o recorde de 4.033 mortes atribuídas à covid-19, segundo dados do Covid Tracking Project (Projeto de Rastreamento Covid).

Segundo dados oficiais, o número total de mortes pela pandemia já chega aos 365,4 mil no país, o mais afetado pela covid-19, com mais de 21,5 milhões de pessoas infectadas entre os 88 milhões de casos positivos registrados em todo o mundo.

Anthony Fauci, o principal especialista em doenças infecciosas, que será o conselheiro do presidente eleito Joe Biden, observou que o número diário de mortes continuará a aumentar nas próximas semanas e recomendou paciência com o programa de vacinação que está sendo preparado para todo o país, segundo a mídia local.

Em entrevista a uma rádio norte-americana, Fauci disse que o alto número de óbitos provavelmente continuará e é um reflexo do aumento de viagens e reuniões durante os feriados mais recentes.

“Acreditamos que as coisas vão piorar à medida que entrarmos em janeiro”, disse, sublinhando que ainda é possível “reduzir essa aceleração” com a adesão estrita a medidas de saúde pública, como distanciamento social e uso de máscaras.

De acordo com o jornal The New York Times, até agora pelo menos 5,9 milhões de pessoas nos Estados Unidos receberam uma dose de uma das duas vacinas contra a covid-19 que foram aprovadas, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Esse número está bem abaixo da meta estabelecida pelas autoridades federais, que planejam vacinar pelo menos 20 milhões de pessoas antes do fim de dezembro.

 

*Fonte: RTP

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus