Conecte-se conosco

Destaque

‘Pago o que é de 20 anos’: idosa é morta a facadas e bilhete é encontrado junto ao corpo

Avatar

Publicado

em

bilhete

A idosa Ruthiene Pereira Lessa, de 66 anos, foi encontrada morta com diversas perfurações de faca pelo corpo na manhã desta segunda-feira (2). O crime aconteceu na residência da vítima, localizada na rua 3 do bairro Monte Sinai, zona norte da capital amazonense.

Ruthiene era sogra do subcomandante geral da Polícia Militar, Raimundo Álvaro Leite Cavalcante. O principal suspeito é o ex-marido da idosa.

Quem encontrou o corpo da vítima foi a própria filha. Um bilhete com os dizeres “pago o que é de 20 anos” também foi achado junto ao corpo, perto da faca utilizada para matar Ruthiene.

A polícia informou que a filha da vítima tentou encontrar a mãe na noite de domingo (1º), na residência dela, mas não conseguiu. Já na manhã de segunda (2), a filha teria retornado à casa da mãe quando localizou a idosa morta do lado de fora da casa, na parte de trás da residência.

A família disse à polícia que suspeita do ex-marido da idosa como sendo o autor do crime. Segundo os familiares, o homem morava há 20 anos no estado do Pará e, há dois meses, teria retornado à Manaus para se reaproximar da filha deles.

O corpo de Ruthiene foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) por volta das 7h de hoje. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

*Informações da fonte: Portal A Crítica
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Primeira reunião de transição é marcada por cooperação técnica na Prefeitura de Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Integrantes das equipes da comissão de transição da Prefeitura de Manaus, da gestão do atual prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) e do prefeito eleito David Almeida (Avante), realizaram, nesta quinta-feira (03), o primeiro encontro para alinhamento dos dados. Após a reunião, os coordenadores das equipes concederam coletiva à imprensa no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede da Prefeitura de Manaus, bairro Compensa, Zona Oeste, e destacaram que o processo será feito de forma técnica e cooperativa.

Para o procurador-geral do município, Rafael Albuquerque, a primeira reunião foi um exemplo daquilo que o prefeito Arthur Neto estima para a transição. “O processo será feito de forma transparente, de acordo com aquilo que determina a lei. Tivemos uma excelente sinergia entre as equipes, em que pudemos apresentar todo o Planejamento Estratégico Manaus 2030, assim como as informações de toda a rede de assistência à atenção básica e políticas de combate à Covid-19, infraestrutura e mobilidade, para que, ao final, haja o trabalho de continuidade da melhoria da cidade”, explicou.

Coordenador da equipe do prefeito eleito, David Almeida, o procurador do Estado Tadeu de Souza Silva ressaltou que o trabalho não é uma auditória, mas um processo colaborativo. “Agradeço, primeiramente, a forma como fomos recebidos na Prefeitura de Manaus. Nessa primeira reunião, já tivemos acesso a diversas informações necessárias para iniciarmos a transição governamental. A equipe do atual prefeito já vinha trabalhando para apresentar da melhor forma todos os relatórios determinando por lei à nossa comissão”, comentou.

Entre os assuntos comentados pelos membros de transição de ambas as equipes, estava a saúde fiscal e financeira do município. “Manaus é uma cidade-Estado e tem muita complexidade em sua estrutura. Claro que a parte de finanças é muito importante, mas, seguindo proposta do Dr. Tadeu, faremos segmentação dos trabalhos com subcomissões temáticas, como a política educacional em tempos de pandemia, a de infraestrutura e mobilidade, a de saúde e a que tratará de políticas especificas de enfrentamento à Covid-19. Tudo isso, como determina o prefeito Arthur, e com a expertise da equipe técnica do prefeito eleito, que tem o objetivo de dar amplo conhecimento das políticas desenvolvidas pela atual gestão, para que a próxima saiba dar a tônica da continuidade”, comentou Rafael Albuquerque.

O procurador estadual também destacou que, devido ao impacto no calendário eleitoral, a comissão tem a obrigação de fazer a organização e sistematização em um período muito curto. “Eu irei tomar a iniciativa de fazer uma exposição de motivos ao presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) em um requerimento para que a gente consiga uma ampliação no prazo de conclusão e entrega dos relatórios. De regra, a resolução prevê a entrega em até cinco dias após a posse do novo prefeito”, completou Tadeu de Souza, destacando as agendas setoriais para celeridade nos trabalhos.

A equipe da Comissão de Transição de Governo é responsável por transmitir à equipe do prefeito eleito eleito, a fim de orientá-lo na preparação dos atos e iniciativas de sua gestão, os processos e documentos sobre o funcionamento dos órgãos e entidades da Administração Pública Municipal, informações sobre as dívidas ativas do município, a regulação das contas perante o TCE, a situação dos convênios celebrados com a União e o Estado, contratos de permissionários e concessionárias de serviço público, contratos de obras e serviços, projetos de lei em curso na Câmara Municipal e o número de cargos e funções no serviço municipal.

A participação dos membros na Comissão não é remunerada, sendo seu exercício considerado de relevante interesse público, e os trabalhos se encerrarão com a posse do prefeito eleito.

Equipe de transição do governo Arthur Neto:

1. Rafael Albuquerque Gomes de Oliveira, Procurador-Geral do Munícipio, coordenador;

2. Arnaldo Gomes Flores, Controlador-Geral do Município – membro;

3. Mariza da Rocha Barreto Gentil, secretária municipal de Finanças e Tecnologia da Informação – membro;

4. Lucas Cézar José Figueiredo Bandiera, secretário municipal de Administração, Planejamento e Gestão – membro;

5. Marcelo Magaldi Alves, secretário municipal de Saúde – membro;

6. Luiz Alberto Carijó de Gosztonyl, secretário Extraordinário – membro;

7. Fábio Augusto Alho da Costa, diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus – membro;

8. Aldemara Kimura de Menezes – subsecretária de Assuntos Legislativos da Casa Civil – membro.

 

Equipe de transição do governo David Almeida:

1. Tadeu de Souza Silva, procurador do estado;

2. Luiz Gonzaga, auditor fiscal de tributos estaduais da Sefaz-AM;

3. Clécio Freire, auditor de controle externo do TCE-AM;

4. Alessandro Moreira, engenheiro químico analista do Tesouro estadual da Sefaz-AM;

5. Célio Bernardo, auditor técnico de controle externo do TCE-AM;

6. Emerson Quaresma, jornalista que foi coordenador da comunicação da campanha de David

7. Sabá Reis, ex-deputado estadual;

8 Luis Cláudio Cruz, médico cardiovascular;

9. Renato Frota Magalhães, primeiro secretário do diretório estadual do Avante;

10. Ebenezer Albuquerque Bezerra, auditor técnico de controle externo do TCE, advogado e vice-presidente do Avante Amazonas;

11. Dulcinea Ester de Almeida Motta, professora concursada da Seduc;

12. Regina Fernandes, ex-secretária de Estado de Assistência Social;

13. José Arnaldo Grijó, contador com especialização em auditoria fiscal e tributária.

Continue lendo

Destaque

Suspeito de estuprar sobrinhas é preso em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Um homem de 59 anos foi preso por policiais militares da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) na tarde desta segunda-feira (30), no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus. Ele é suspeito de ato libidinoso, tendo como vítima duas sobrinhas dele, de 9 e 11 anos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a guarnição da 22ª Cicom foi acionada para atender a ocorrência e encaminharam as vítimas, juntamente com a avó e o infrator, à Especializada.

Durante depoimento, as meninas informaram que o homem chegou a pegar nos seios da vítima de 11 anos. Já a de 9 anos informou que o homem a beijou no pescoço e na boca.

Uma medida protetiva contra o infrator foi pedida. Ele foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

 

*Com informações de assessoria

Continue lendo

Destaque

Operação cumpre mandados de prisão contra organização criminosa por fraude de R$ 30 milhões de impostos no AM

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Polícia Civil, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) e a Polícia Militar deflagraram, na manhã desta quarta-feira (02), a operação “Sanguessuga” para desarticular uma organização criminosa responsável por fraudar mais de R$ 30 milhões em impostos estaduais e federais no Estado. Foram cumpridos 83 mandados de prisão, busca e apreensão em Manaus e no interior.

Ao todo, 26 pessoas foram presas, sendo uma em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Com os suspeitos foram apreendidos R$ 100 mil em espécie, 16 veículos, duas armas de fogo, cinco simulacros, 2,5 quilos de entorpecentes, 700 doses de LSD, mil dólares, mais de 30 computadores e documentos.

Mais de 300 agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Detran-AM e SSP-AM saíram à procura dos alvos dos mandados prisionais. O secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, esteve no comando operacional ao lado da delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, do diretor do Detran-AM, Rodrigo de Sá, e do titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), delegado Cícero Túlio.

De acordo com o secretário, foram pedidas prisões temporárias que poderão ser convertidas em preventivas. Ele destacou, ainda, o apoio do trabalho de Inteligência e interceptações telefônicas. “Quando foi percebida a existência destes desvios de condutas e crimes por partes de servidores e estagiários, foram iniciadas as investigações que duraram um ano e hoje nós tivemos êxito em prender os envolvidos”, disse o coronel Louismar Bonates.

Investigações

A operação “Sanguessuga” é fruto de investigação da Derfv com colaboração do Detran-AM, iniciada há mais de um ano. Os trabalhos começaram a partir da identificação, pelo Departamento de Trânsito, de condutas suspeitas no sistema de registro de veículos.

As investigações da Polícia Civil comprovaram a existência de uma estrutura criminosa voltada à sonegação de tributos estaduais e federais. Esse grupo fraudou algo em torno de R$ 30 milhões em sonegação de impostos como ICMS, IPI e lucro cessante do IPVA.

Modus operandi

A quadrilha estava fraudando a emissão de Certificado de Registro de Veículo (CRV) e Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), que deviam circular exclusivamente na Zona Franca de Manaus, mas estavam deixando o Estado sem o recolhimento de tributos. Os veículos eram revendidos para outros estados, com preços inferiores. Foram comercializados veículos para o Pará, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“A investigação comprovou que o esquema conseguia também emitir segundas vias de documentos CRV a fim de ‘esquentar’ veículos roubados e clonados, ou seja, eles clandestinamente auxiliavam quadrilhas que roubavam e clonavam veículos com a emissão de documentos para esses veículos trafegarem livremente”, destacou o delegado Cícero Túlio.

Crimes

Os membros da organização criminosa vão responder por seis crimes diferentes: associação criminosa, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, tráfico de influência, inserção de dados falsos em sistema de informação e crimes contra a ordem tributária.

Entre os alvos da operação estavam despachantes documentalistas, servidores do Departamento Estadual de Trânsito, estagiários e ex-estagiários do órgão. Aliciados pelos despachantes, eles recebiam propina mensal de R$ 5 mil para participar do esquema, segundo a investigação.

Dos alvos, 16 são despachantes documentalistas, um vistoriador, sete servidores do Detran, um ex-servidor, três ex-estagiários e um estagiário. A Derfv também pediu o sequestro de 35 veículos com o proveito econômico do crime.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus