Conecte-se conosco

Brasil

Pai é suspeito de manter o próprio filho em porão da casa por 17 anos

Avatar

Publicado

em

A Polícia Civil indiciou o porteiro Amâncio Bezerra de Andrade, de 67 anos, pelos crimes de  cárcere privado e maus tratos pela suspeita dele ter trancado o filho, Armando Bezerra de Andrade, de 36 anos, num quarto da casa da família, no bairro dos Pimentas, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo.

Além de Amâncio, a madrasta de Armando, a enfermeira aposentada Maria Elizabeth Rocha, de 64 anos, e o filho dela, o forneiro Douglas Alexandre Rocha Nemoto, de 34 anos, também foram indiciados pelos mesmos crimes, segundo informaram nesta terça-feira (25) ao G1 a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o delegado Celso Valdir Marchiori, titular do 8º Distrito Policial (DP), onde o caso foi registrado e é investigado.

Na última quinta-feira (20), policiais civis que procuravam o cativeiro de uma quadrilha de roubo de cargas entraram por acaso no imóvel e arrombaram a porta de um cômodo, que estava trancada. Lá dentro estava Armando. Deitado numa cama, usando calça jeans, camiseta e jaqueta, ele não estava corretando e nem apresentava sinais de lesão. O local, de cerca de 15 metros quadrados, com banheiro e pia,  fedia a urina e fezes. Não havia TV e nem eletrodomésticos nele.

Aos jornalistas, alguns vizinhos acusaram a família de Armando de deixá-lo em cárcere por quase 20 anos. Eles contaram que Armandinho foi visto pela última vez ainda na adolescência. Quando perguntavam por ele, o pai dizia que tinha ido embora com a mãe para o Nordeste. Os amigos se mostraram surpresos ao saberem do encarceramento.

Mas a polícia já descartou a possibilidade de o homem ter ficado esse tempo todo encarcerado. Se o relato do pai se confirmar, ele pode ter ficado preso por quatro dias.

“É um local insalubre, ele não teria sobrevivido. Não tem luz”, declarou o delegado Marchiori, que pretendia ouvir o depoimento de 15 pessoas na segunda-feira (24). “Pelas condições que o Armando foi encontrado, pálido, acho que ele deveria estar trancado havia um mês”.

*Fonte: Portal G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Recém-nascida abandonada passou mais de três horas no telhado de uma casa

Avatar

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira(26) uma bebê recém-nascida foi abandonada em cima de um telhado de uma casa no bairro Alvorada. Vizinhos encontraram a criança e acionaram a polícia, que levou o bebê imediatamente para a maternidade Alvorada no mesmo bairro.

Segundo o médico que atendeu a recém-nascida informou à polícia que ela ainda estava com o cordão umbilical, perdeu muito sangue e estava bastante desidratada, mas o quadro de saúde é estável.

A polícia militar informou que a criança foi abandonada logo após o parto e passou cerca de quatro horas exposta ao sol no telhado até ser vista por vizinhos. A Polícia Militar está fazendo buscas no bairro para tentar encontrar a mãe.

Veja Vídeo:

 

 

Continue lendo

Amazonas

Governo do Estado do Amazonas estuda retomada gradual do comércio

Avatar

Publicado

em

Por

Fecomércio

Com mais de 29 mil casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, o Governo Estadual deve analisar, nesta segunda-feira (25), o planejamento para uma retomada gradual das atividades do estado a partir do dia 1º de junho – a decisão pode ser revogada, diz o governador, caso haja um aumento no número de mortes e casos de Covid-19 no estado.

O plano é retomar as atividades no Amazonas no dia primeiro de junho, ao fim do decreto em vigor que mantém apenas o funcionamento de serviços essenciais até o dia 31 de maio.,

Em nota, o Governo do Amazonas esclarece que o Estado, “em busca do equilíbrio nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus, sempre priorizou o diálogo com os diversos segmentos sociais na tomada de decisões e que desta vez não será diferente”.

De acordo com o governador, o Estado poderá adiar a retomada das atividades se os dados epidemiológicos indicarem um novo aumento de casos.

Fonte: G1 Amazonas

Continue lendo

Brasil

Polícia tenta identificar casal que gravou e divulgou ato sexual em rodovia no RN

Avatar

Publicado

em

Por

Um vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta quinta-feira (14) tem causado polêmica, dividido opiniões e intrigado a polícia no Alto Oeste Potiguar.

Um casal que trafegava pela rodovia que liga os municípios de Campo Grande, Janduis e Patu, em determinado momento da viagem, estacionou o veículo no acostamento, deixou os faróis ligados e posicionados em frente ao veículo, passaram a fazer sexo em plena rodovia. Não se sabe se o casal deixou uma câmera dentro do carro filmando ou se um terceiro fez a gravação.

A data do fato ainda está incerta e o local foi registrado na imagem como sendo a cerca de 10 km de Campo Grande/RN. O Sub Tenente Tarcio, comandante do destacamento da PM de Campo Grande, já foi informado e trabalha para tentar identificar o casal.

De acordo com o artigo 233 do Código Penal, “praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público” pode ser motivo de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus