Conecte-se conosco

Cidades

Perícia coleta vestígios biológicos e ferramentas usadas em clínica de aborto em Manaus

Avatar

Publicado

em

Dezenas de ferramentas médicas e vestígios biológicos foram coletados por peritos do Instituto de Criminalística do Amazonas em uma clínica clandestina de aborto que foi desmanchada na zona Centro-Sul de Manaus durante a Operação Nascituro, do Ministério Público do Estado (MPE). O médico responsável pelos procedimentos foi preso.

Segundo as investigações, o médico preso pela prática de aborto é ex-sócio de outro médico, já falecido, que também ficou conhecido na capital pelo mesmo tipo de prática ilegal.

Peritos do Setor do Laboratório de Genética e Biologia Forense, de Perícias e Crimes Ambientais, de Engenharia Forense, Laboratório de Química e Laboratório de Perícias em Locais de Crimes Contra a Pessoa e Patrimônio recolheram amostras de materiais biológicos em ferramentas de utilização cirúrgica e materiais complementares.

Essas informações servirão de base para a elaboração dos laudos, representando material probatório complementar às investigações.

O diretor do Instituto de Criminalística, perito Carlos Fernandes, disse que o trabalho seguirá de maneira sigilosa para não atrapalhar a investigação em curso.

“Estas amostras, assim como a emissão dos laudos solicitados pelo Ministério Público, geram provas materiais e irrefutáveis que são primordiais para as investigações e podem contribuir para a resolução dos casos”, enfatizou.

Operação Nascituro

A operação foi desencadeada por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do MPE-AM, com apoio da Polícia Civil do Amazonas e Instituto de Criminalística, vinculado ao Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC).

Fonte: G1 Amazonas

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Governadores acertam cota extra da vacina para o Amazonas

Avatar

Publicado

em

Por

Governadores de pelo menos 22 estados acertaram na noite da quinta-feira (21) o repasse para o Amazonas de uma cota extra das vacinas que devem receber nos próximos dias.

Nesta sexta-feira (22), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve liberar o uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses da Coronavac, e 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca devem chegar ao país.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), participou da reunião de um grupo de trabalho que discute o colapso do sistema de saúde em Manaus e defendeu junto aos governadores, por meio do grupo no WhatsApp, que o Amazonas receba uma parte maior dessas novas doses, devido à “transmissibilidade alta” de casos e à gravidade da situação.

A proposta, segundo Dias explicou ao blog, é que o Amazonas fique com 5% do total de novas doses e os demais estados façam o rateio proporcional do restante.

Fonte: G1

Continue lendo

Amazonas

Grupo de torcedores é preso após descumprir toque de recolher em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Sessenta e três pessoas foram presas pela polícia por estarem assistindo jogo do campeonato brasileiro em cinco bares que estavam funcionando clandestinamente no bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus (AM), na noite desta quinta-feira (21).

As prisões ocorreram porque o grupo estava descumprindo o decreto do governo do Amazonas que proíbe a circulação e aglomeração de pessoas, entre o período das 19h e 6h até o próximo dia 31, para conter a pandemia do novo coronavírus no estado.

Entre os presos, estão pelo menos cinco proprietários dos estabelecimentos comerciais. Os estabelecimentos estavam passando na televisão o jogo entre o Flamengo e o Palmeiras. A partida terminou com o placar de 2×0.

O grupo foi preso em uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar do Amazonas. As forças de segurança receberam uma denúncia anônima informando que os cinco bares estavam funcionando com as portas fechadas para driblar a fiscalização.

Continue lendo

Cidades

Prefeitura de Manaus acata pedido do vereador Capitão Carpê e aumenta frota do transporte coletivo municipal

Avatar

Publicado

em

Por

Na recomendação, o vereador exigiu que mecanismos mais eficazes, segundo os especialistas, fossem cumpridos, como a utilização do distanciamento social evitando aglomerações


Diante das inúmeras denúncias constantes de aglomerações e demora do transporte público municipal, levou o vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) a solicitar através de um ofício, adoção de medida de urgência ao Prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), devido o aumento no número de casos confirmados e mortes em decorrência da COVID-19 afim que seja diminuído o número de passageiros nos coletivos e evitar a propagação do vírus.

O pedido do parlamentar foi aceito nesta quinta-feira (21), e como forma de prevenção o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) reforçou a fiscalização dos ônibus e aumentou a frota de veículos. Segundo a Prefeitura, o trabalho será realizado diariamente, em horários diferentes, com o objetivo de evitar aglomerações de passageiros.

“Estou feliz com vitória, sou representante do povo, a voz da comunidade e vou continuar cobrando e fiscalizando nosso Prefeito. Diante da grave crise sanitária que estamos enfrentando, a vida dos usuários e dos trabalhadores do transporte público municipal precisa ser preservada”, disse vereador.

Informações assessoria

Fotos Ítalo Sena

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus