Conecte-se conosco

Brasil

PF desarticula esquema de hackers responsável por fraudes bancárias na internet

Avatar

Publicado

em

Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (21), a Operação Código Reverso, com o objetivo de desarticular um esquema especializado em fraudes bancárias pela internet. As investigações abrangem os estados do Tocantins, de São Paulo, Goiás e Pernambuco. A estimativa é de que, ao burlarem mecanismos de seguranças dos bancos, o grupo criminoso tenha causado, nos últimos nove meses, prejuízo de cerca de R$ 10 milhões.

Por meio de nota, a PF informou que o grupo é constituído de hackers suspeitos de ter conexões até com criminosos cibernéticos do Leste Europeu. Por meio de programas maliciosos, os hackers (pessoas que têm grande conhecimento de informática) acessavam remotamente os computadores das vítimas, com o propósito de fazer transações bancárias eletrônicas fraudulentas como pagamentos, transferências e compras via internet.

Mais de 100 policiais federais estão cumprindo 43 mandados judiciais expedidos pela 4ª Vara da Justiça Federal em Palmas, capital do Tocantins. Há sete mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária, 11 de intimação e 24 de busca e apreensão. Além disso, foi determinada a indisponibilidade de bens móveis e imóveis de investigados, bem como o bloqueio de contas bancárias, inclusive de moedas virtuais como a bitcoin.

A PF informou que os integrantes da organização têm “alto padrão de vida” e fazem uso de empresas de fachada “para movimentar e ocultar os valores obtidos por meio das atividades criminosas”. Entre os suspeitos de participação na fraude que estão sendo intimados a prestar esclarecimentos, há empresários que procuravam os criminosos “com a finalidade de obter vantagem competitiva no mercado e prejudicar a livre concorrência”.

De acordo com a PF, esses empresários teriam recebido descontos de cerca de 50% para quitar seus impostos, pagar contas e realizar compras por meio de pagamentos feitos pelos criminosos.

Além de responder pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público e uso de documento falso, os integrantes do grupo serão acusados de lavagem de dinheiro. Somadas, as penas podem chegar a mais de 30 anos de prisão.

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Estado de São Paulo ultrapassa marca de 600 mil casos de covid-19

Avatar

Publicado

em

Por

Teste rápido de COVID-19 - Foto: © Mauricio Vieira/Secom-SC

Com 9.709 casos confirmados nas últimas 24 horas, o estado de São Paulo soma agora 608.379 casos confirmados do novo coronavírus, desde o início da pandemia. (mais…)

Continue lendo

Brasil

Defesa cancela participação de militares em eventos de 7 de setembro

Avatar

Publicado

em

Por

Desfile cívico-militar de 7 de Setembro no centro do Rio de Janeiro - Foto: © Tomaz Silva/Agência Brasil

Por causa da pandemia do novo coronavírus a participação das Forças Armadas nas festividades de 7 de Setembro no país foi cancelada pelo Ministério da Defesa. A portaria, assinado pelo ministro Fernando Azevedo e Silva, que informa sobre a decisão está publicada na edição de hoje no Diário Oficial da União. (mais…)

Continue lendo

Brasil

Deslizamento no morro da Mangueira atinge 12 casas no RJ

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/TV Globo

Um deslizamento de terra na parte alta da favela da Mangueira, na zona norte do Rio de Janeiro, atingiu 12 casas na madrugada de hoje (7). Segundo a prefeitura, o Centro de Operações acionou equipes da Defesa Civil, da Assistência Social, da Fundação Instituto de Geotécnica (Geo-Rio) e da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) por volta das 4h20.

A Defesa Civil isolou a área atingida e as equipes aguardam a retirada pela Comlurb do material que deslizou, para avaliar o estado estrutural das residências. No total, 20 agentes da Defesa Civil, da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Ordem Pública.

As 12 famílias desalojadas estão sendo acompanhadas pela Secretaria de Assistência Social. Não há, até o momento, informações sobre feridos.

Como não choveu nos últimos dias, a hipótese é a de que um cano tenha estourado e vazado água no local, encharcando a terra que deslizou.

 

*Fonte: Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus