Conecte-se conosco

Destaque

PMs do Rio terão aplicativo para atender minorias e grupos vulneráveis

Avatar

Publicado

em

Os policiais militares do estado do Rio de Janeiro terão um aplicativo para dispositivos móveis em que poderão tirar dúvidas sobre o atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade ou que fazem parte de minorias. A informação foi adiantada nesta sexta (1º) pelo secretário estadual de Segurança Pública, Roberto Sá, que participou de um seminário sobre o tema de sua pasta, promovido pela Câmara de Comércio Americana.

“A gente vive em um mundo de muito preconceito e muita discriminação, e as forças policiais são oriundas e concursadas do seio da nossa sociedade. Muitas vezes, um policial, na hora de atender alguém de um grupo vulnerável ou de uma minoria, ele já atende com certo preconceito ou desconhecimento”, disse.

Segundo o secretário, o aplicativo está em fase de finalização e foi apresentado ao banco Itaú, que se interessou em financiá-lo. O aplicativo dará orientações para atender chamados de pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, mulheres vítimas de violência, pessoas vítimas de preconceito racial ou religioso, crianças, adolescentes e idosos.

“Quando você não sabe e se equivoca nessa tensão, você vitimiza essa pessoa pela segunda vez. O que queremos evitar é que essa pessoa que já chega vitimizada sofra uma segunda violência”, explicou ele, que contou que a formulação do conteúdo que constará no guia foi um trabalho que envolveu cada um dos grupos vulneráveis ou minoritários.

Durante o seminário, Sá destacou as dificuldades financeiras que enfrenta desde o início de sua administração. “Sou gestor de uma massa falida, mas vamos recuperar essa empresa”, comparou ele, que falava para uma plateia com presença de empresários.

O secretário afirmou que, desde o início de sua gestão, passou mais tempo no gabinete de crise que em seu gabinete. Sá disse que trabalha com 2 mil policiais a menos, sem condições de pagar horas extras, e com 50% menos viaturas.

“Comentar o jogo de futebol depois que ele acaba é muito fácil. É a melhor coisa, mas trabalhar nesse cenário em que a gente assume com um decreto de calamidade financeira. Eu poderia ter dito não a esse convite. Talvez tivesse sido uma boa escolha, mas talvez teria me sentido a pessoa mais covarde da face da Terra”, disse.

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Policia Militar apreende 44 cilindros armazenados escondidos em galpão

Avatar

Publicado

em

Por

Um homem, de 42 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (19), após ser flagrado com um carregamento de 44 cilindros de oxigênio. O flagrante foi feito por policiais da Força Tática, no Novo Israel, na zona Norte de Manaus.

Segundo informações o suspeito informou que estava guardando o material para seu patrão, que não teve o nome divulgado, os policiais conseguiram localizar o galpão, na Avenida das Oliveiras, após terem recebido uma denúncia. As informações indicavam que um galpão estava sendo usado para guardar vários cilindros de oxigênio.

A suspeita era de que as balas seriam usadas na venda clandestina do produto, que está em falta em Manaus devido ao alto consumo por pacientes internados em decorrência da Covid-19.

No galpão, de acordo com a Força Tática, foram apreendidos 44 cilindros. À polícia, o homem de 42 anos informou que seu patrão havia retirado o material de um caminhão baú e havia deixado guardado no local, de onde seria retirado posteriormente.

O homem de 42 anos foi detido e encaminhado ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para procedimentos cabíveis.

Continue lendo

Amazonas

Vereador Capitão Carpê Andrade defende que forças de segurança sejam prioridades na vacinação

Avatar

Publicado

em

Por

O Parlamentar protocolou requerimento junto ao Governo do Estado e caso não seja atendido, irá ingressar com uma ação judicial

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) requereu a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM) para incluir os Policiais Militares, Bombeiros Militares na 1º fase de grupos prioritários do plano estadual de vacinação contra a Covid-19. O requerimento foi protocolado, nesta segunda-feira(18), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

O Estado do Amazonas recebeu 256 mil doses de vacina contra a Covid-19 do Governo Federal, e mais 50 mil doses do Governo de São Paulo. Ao todo, serão 306 mil doses da Coronavac, que serão destinadas a grupos prioritários. No documento, o parlamentar ressaltou que não se trata de desconsiderar os grupos prioritários estabelecidos no plano de imunização nacional, mas adequar o plano de vacinação à realidade local do estado e do município.

“Considero essencial à inclusão da categoria na primeira fase de imunização. O serviço de segurança não para. É um descaso sofrido pelos militares que estão na linha de frente expostos ao risco de contágio. Não há motivo para não serem priorizados”, destacou.

O vereador ressaltou que tanto a PM quanto os Bombeiros Militares estiveram e continuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus. O efetivo da Polícia Militar tem atuado nas ruas diuturnamente e estão trabalhando em regime de prontidão desde o início da segunda onda da Covid-19.

“Caso não seja atendido o pedido, irei ingressar com uma ação judicial”, disse o vereador.

De acordo com as Associações dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar do Amazonas são 22 óbitos confirmados por Covid-19 na Polícia Militar do Amazonas, desde o início deste ano.

Informações Assessoria

Continue lendo

Amazonas

Pazuello diz que vacinação contra a Covid-19 no país começa nesta segunda

Avatar

Publicado

em

Por

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta segunda-feira (18) que a vacinação contra a Covid-19 será iniciada a partir das 17h em todo o país. O anúncio foi feito após ele sofrer pressão dos governadores, que pediram para antecipar o início da aplicação das doses, inicialmente previsto para esta quarta-feira (20), conforme informou a colunista Andréia Sadi.

Neste domingo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial das vacinas CoronaVac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19. Momentos depois, o governo de São Paulo aplicou a primeira vacina da CoronaVac. O governo federal, no entanto, ainda não havia iniciado a distribuição do imunizante pelo país, o que foi programado para esta segunda.

O horário de 17h para o início da vacinação nacional foi proposto, segundo Pazuello, para dar tempo de todos os estados receberem as doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

Veja divisão das doses da CoronaVac para cada estado:

Região Sul

  • Paraná – 242.880
  • Santa Catarina – 126.560
  • Rio Grande do Sul – 311.680

Total de doses – 681.120

Região Centro-Oeste

  • Mato Grosso do Sul – 61.760
  • Mato Grosso – 65.760
  • Goiás – 182.400
  • Distrito Federal – 105.960

Total de doses – 415.880

Região Norte

  • Rondônia – 33.040
  • Acre – 13.840
  • Amazonas – 69.880
  • Roraima – 10.360
  • Pará – 124.560
  • Amapá – 15.000
  • Tocantins – 29.840

Total de doses – 296.520

Região Nordeste

  • Maranhão – 123.040
  • Piauí – 61.160
  • Ceará – 186.720
  • Rio Grande do Norte – 82.440
  • Paraíba – 92.960
  • Pernambuco – 215.280
  • Alagoas – 71.080
  • Sergipe – 48.360
  • Bahia – 319.520

Total de doses – 1.200.560

Região Sudeste

  • Minas Gerais – 561.120
  • Espírito Santo – 95.440
  • Rio de Janeiro – 487.520
  • São Paulo – 1.349.200

Total de doses – 2.493.280

Fonte: G1

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus