Conecte-se conosco

Mundo

Por falta de acesso, ONU não consegue investigar ataque químico na Síria

Avatar

Publicado

em

ONU

Várias agências da Organização das Naçãoes Unidas (ONU), entre eles a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha), reafirmaram nesta terça-feira (10) que, apesar das informações que recebem sobre o suposto ataque químico na cidade síria de Duma, não podem verificá-las devido à falta de acesso.

A porta-voz da ONU em Genebra, Alessandra Vellucci, lembrou que o secretário-geral, António Guterres, disse que a organização multilateral “não está em posição de verificar estas informações” sobre o ataque químico em Duma, o que não quer dizer que as ignore.

O porta-voz do Ocha, Jens Laerke, ressaltou que as agências da ONU não estão em Duma. “Ghouta Oriental ainda se encontra assediada. Estamos em locais fora de Ghouta Oriental aos quais temos acesso”, afirmou Laerke, que indicou que existe um “mecanismo para tentar investigar o que ocorreu”.

Os Estados Unidos propuseram uma resolução ao Conselho de Segurança da ONU para iniciar um novo mecanismo internacional que determine responsabilidades pelo uso de armas químicas na Síria, enquanto a Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) anunciou que investiga o ocorrido.

A Sociedade Médica Síria Americana (Sams, na sigla em inglês) e a Defesa Civil Síria, ambas organizações apoiadas pelos EUA, apontam que pelo menos 42 pessoas morreram no sábado (7) com sintomas de intoxicação por substâncias tóxicas no reduto opositor sírio de Duma.

Negativa

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, pelo menos 21 pessoas morreram no sábado dia por asfixia, depois do “desabamento dos edifícios”.

A porta-voz da OMS Fadéla Chaib também afirmou que a falta de detalhes prejudica a investigação das denúncias de um possível ataque na região de Duma. “Temos algumas informações de pessoas no local sobre mulheres com problemas respiratórios, mas não podemos confirmar se é devido a um ataque químico.”

O porta-voz do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Christophe Boulierac disse, sem relacionar com o suposto ataque químico, que fontes locais mencionaram problemas na pele e infecções respiratórias.

Por sua vez, o assessor no Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) Andrej Mahecic expressou a preocupação do órgão pela situação em Duma, onde milhares de civis permanecem retidos.

O Acnur calcula que mais de 133 mil sírios fugiram de Ghouta Oriental durante as últimas quatro semanas.

Cerca de 45 mil sírios estão sendo hospedados atualmente em oito refúgios coletivos na zona rural de Damasco.

Até agora, 44 mil mulheres, crianças e idosos conseguiram deixar os acampamentos coletivos após passarem pelos controles de segurança das autoridades sírias.

Andrej Mahecic ressaltou que cerca de 250 mil sírios precisam urgentemente de ajuda em Ghouta Oriental, enquanto a situação é similar na região de Afrin, onde o Acnur responde às necessidades de mais de 137 mil sírios deslocados desde o dia 20 de janeiro.

Turquia

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, condenou o suposto ataque e disse que seus responsáveis pagarão “caro”.

“Os que cometeram esse massacre, sejam quem forem, pagarão um preço caro por isso”, disse Erdogan nesta terça-feira no Parlamento da Turquia.

O presidente turco acrescentou que falou ontem sobre o assunto com o presidente russo, Vladimir Putin, o principal aliado do regime sírio, que considerou “inadmissível” culpar o governo de Bashar Al Assad pelo suposto ataque químico.

No suposto ataque químico realizado no sábado em Duma morreram pelo menos 42 pessoas com sintomas de asfixia, segundo as ONGs Syrian American Medical Society (Sams) e a Defesa Civil Síria.

Nenhuma outra fonte confirmou que o ataque foi um bombardeio com substâncias químicas, e tanto a Rússia como a Síria negaram a utilização desse tipo de armamento em Duma e culparam milícias islâmicas que operam na região.

A cidade de Duma é a última da região de Ghouta Oriental que ainda está sob o domínio dos rebeldes, depois que as forças governamentais conseguiram recuperar o controle da maior parte dessa área nos arredores de Damasco após lançarem uma ofensiva em fevereiro.

*Com informações da Agência EFE

Por Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Vacinação contra Covid-19 em Manaus é suspensa para replanejamento

Avatar

Publicado

em

Por

A vacinação contra a Covid-19 em Manaus foi suspensa nesta quinta-feira (21) para replanejamento da campanha. O objetivo é discutir os critérios que definirão quais profissionais de saúde e de quais unidades têm prioridade para receber as primeiras doses, já que a quantidade de vacinas disponibilizada pelo governo federal é insuficiente. Somente profissionais que atuam no Samu seguem recebendo o imunizante.

Após a definição dos critérios, as unidades de saúde deverão enviar a lista nominal dos profissionais, com o setor em que cada um trabalha, para a Secretaria da Saúde de Manaus reprogramar a vacinação. A previsão é que os trabalhos sejam retomados na sexta-feira (22).

A suspensão da campanha foi definida pelas secretarias de saúde de Manaus e do Amazonas, após uma reunião na noite de quarta-feira (20) com órgãos de controle do estado: Ministério Público Estadual, do Ministério Público Federal, da Defensoria Pública Estadual, da Defensoria Pública da União e do Ministério Público do Trabalho.

De acordo com a prefeitura de Manaus, nos primeiros dois dias de vacinação na capital, 1.140 profissionais de saúde receberam a primeira dose da CoronaVac. A Prefeitura recebeu, para esta primeira etapa da campanha, um total de 40.072 doses de vacina.

Fonte: G1

Continue lendo

Mundo

Explosão atinge prédio no centro de Madri e deixa mortos

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Susana Vera/Reuters

Uma explosão em um prédio no centro de Madri deixou ao menos três mortos e oito feridos nesta quarta-feira (20). Segundo o prefeito da capital espanhola, José Luis Martínez-Almeida, a explosão pode estar relacionada a um vazamento de gás.

A emissora pública espanhola TVE disse que uma das vítimas é uma mulher de 85 anos. Um porta-voz do governo de Madri confirmou que um dos mortos não era morador do prédio e passava pela rua no momento da explosão. Não foram divulgadas informações sobre a terceira vítima.

Pelo menos quatro andares do edifício, que fica em cima de uma igreja na Rua de Toledo, foram atingidos por volta das 3h da tarde (11h de Brasília), segundo o serviço de emergências de Madri. Há risco de que a estrutura do prédio tenha sido afetada.

Fonte: G1

Continue lendo

Mundo

Câmara dos Deputados dos EUA começa a debater impeachment de Trump

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução/Internet

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos começou a debater nesta quarta-feira a legislação para o impeachment do presidente Donald Trump pela segunda vez em seu mandato.

A Câmara deve primeiro realizar uma votação estabelecendo regras para o debate de quarta-feira. Superada essa etapa, como esperado, abrirá caminho para uma votação ao longo do dia para aprovar um artigo de impeachment acusando Trump de incitar insurreição em um discurso que ele fez na semana passada que levou à invasão do Capitólio dos EUA.

De acordo com o deputado Steny Hoyer, segundo democrata mais importante na Câmara, A Casa Legislativa planeja enviar o artigo de impeachment ao Senado ainda esta semana.

“Não há razão para que não possamos enviá-lo esta semana. Pretendemos fazer isso”, afirmou ele à MSNBC em uma entrevista nesta quarta-feira, citando discussões com a presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

A cerimônia de posse do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, ocorre em 20 de janeiro.

 

*Por Richard Cowan / Reuters 

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus