Conecte-se conosco

Amazonas

Porto de Manaus volta a ser administrado pelo Governo do Amazonas

Avatar

Publicado

em

A administração dos Portos de Manaus foi remanejada para o governo do Amazonas nesta terça-feira (30), após a assinatura de um termo em Brasília com o Ministério da Infraestrutura. A transição acontece após impasse com a Companhia de Docas do Maranhão (Codomar) – que está em processo de extinção.

O governador do Estado, Wilson Lima, explicou que a administração dos Portos havia sido transferida para o Estado em 2018, mas “por motivos que não se sabem quais”, voltou para a Codomar.

Em 2018, um termo que autorizava o Estado a administrar o Porto de Manaus foi assinado entre o governo do Amazonas e a Secretaria Nacional de Portos, Hidrovias e Aviação Civil, do Ministério dos Transportes. Posteriormente, a Codomar retomou a administração.

Com o processo de extinção da Codomar, o governador participou de um evento de assinatura do Convênio de Delegação do Porto de Manaus, na terça-feira (30), no Ministério da Infraestrutura.

“Isso é importante porque a partir daí nós vamos poder firmar parcerias com a iniciativa privada para melhorar a Manaus Moderna, o Porto da Ceasa – que hoje não há uma definição de quem é que controla a travessia das balsas – para ter a ligação com a BR-319. Abrem-se muitas possibilidades pro Amazonas”, disse o governador.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Cresce o numero de reclamações sobre abuso na conta de energia em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Cresce o numero de reclamações referente ao consumo de energia na conta, várias queixas foram notificadas no primeiro semestre deste ano, desde a criação do “Disk Denúncia” pela Câmara Municipal de Manaus.

Mais de 300 processos foram abertos durante o período, grande parte das reclamações com relação aos valores das faturas que variam entre R$ 700 a R$ 1000, em média, fora da curva dos valores que até então tinha a família como despesa.

Os dados foram confirmados pela assessoria jurídica Comissão de Defesa do Consumidor (Comdec). O Disk Denúncia 9263-3587 foi disponibilizado pela Câmara de Manaus (CMM), para servir de canal de comunicação direta, via “Whatsapp”, entre a população e a equipe da Comdec.

A atuação é feita em parceria com órgãos como o Procon, Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), entre outros.

Fonte: Portal do Holanda

Continue lendo

Amazonas

Homem é baleado na cabeça durante passeio em sítio em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Homem é morto com tiro na cabeça na tarde de domingo (12/7), Charles Henrique de 20 anos foi baleado enquanto andava pelo sítio na qual foi passar fim de semana com a família localizado no Km21, na BR-174.

Segundo informações repassadas, o jovem estava reunido com todos da sua família no momento que decidiu visitar sítio vizinho na qual estavam. No meio do caminho foi surpreendido por um tiro na cabeça vindo de um veiculo descrito com sendo da cor vermelha, com placa e modelos não identificados.

O jovem foi socorrido e levado para o Hospital 28 de Agosto, não resistindo ao ferimento. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o caso.

Continue lendo

Amazonas

Ministério Público deflagra operação em Itamarati, no AM, e apura crimes contra administração pública

Avatar

Publicado

em

Por

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) e a Polícia Civil deflagaram em Itamarati, no interior do estado, a Operação Arabu. As investigações apontam para supostas fraudes em duas contratações de uma empresa de shows feitas a partir de concurso licitatório realizados pela prefeitura.

Foram cumpridos, nesta quinta-feira (9), mandados de busca e apreensão contra três funcionários da Comissão de Licitação da Prefeitura de Itamarati e mais um empresário do ramo de shows, em Manaus.

Os mandados foram cumpridos na sede da Prefeitura Municipal, na Secretaria Municipal de Finanças, Secretaria Municipal de Administração, em Itamarati, e na sede da representação municipal de Itamarati, em Manaus.

A operação partiu da investigação iniciada pelo Ministério Público de Itamarati e concluída pela PC que apontou fraude na contratação de uma empresa de show vencedora de um concurso de licitação. Por dois shows, foram pagos pela prefeitura R$ 406.187,10. O alto valor do cachê levou o Ministério Público a abrir procedimento investigatório.

Fonte: G1 Amazonas

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus