Home Manaus Prefeitura dá início às comemorações dos 13 anos da Lei Maria da Penha

Prefeitura dá início às comemorações dos 13 anos da Lei Maria da Penha

0
0

A Prefeitura de Manaus deu início ao mês alusivo às comemorações dos 13 anos da Lei Maria da Penha, a lei que garante a proteção das mulheres contra qualquer tipo de violência. A abertura ocorreu na tarde de segunda-feira, (5), e envolveu alunos das escolas municipais Maria do Socorro e Themistocles Gadelha.

A ação é realizada pela Secretaria da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), em prol dos alunos do 6º e 9º anos do ensino fundamental do município de Manaus.

Mais de 300 estudantes das duas escolas municipais da zona Leste de Manaus irão prestigiar o projeto Teatro Móvel, que traz a Manaus o espetáculo “Eu consigo”, aprovado pelo Ministério da Cidadania e patrocinado pela empresa Uber Technologies.

Aproximadamente 70 alunos participaram do primeiro espetáculo. A apresentação, que tem a duração de 45 minutos, ensina aos alunos de uma forma lúdica temas como: igualdade de gênero e a representatividade da mulher no século 21, por meio do teatro e da música.

As apresentações se estendem até a próxima sexta-feira (9), passando por outras escolas da rede municipal e pela Subsecretaria da Mulher.

Programação

Para firmar o compromisso no combate à violência contra a mulher, a Prefeitura de Manaus, em parceria com o governo do Estado, montou uma programação alusiva ao dia 7/8, data de aniversário da Lei Maria da Penha. A programação conta com certificações de 52 mulheres, que foram capacitadas nos cursos oferecidos pelo Executivo municipal, além da premiação dos alunos que participaram do segundo concurso de redação com a temática: “Basta de violência doméstica contra a mulher”.

Também ocorrerá assinatura do termo de Cooperação Técnica entre a Semasc e a Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), para desenvolver o projeto “Resgatando Marias”, com o objetivo de capacitar as mulheres assistidas pela Subsecretaria da Mulher.

“Todas as ações são feitas para que as mulheres assistidas pela Subsecretaria e a Rede de Proteção sintam-se acolhidas, como se estivessem em casa. Promovemos uma melhor qualidade de vida para a mulher, que infelizmente tem seus direitos violados, para se tornar uma nova mulher”, disse a subsecretária da Mulher, Socorro Sampaio.

*Com informações da assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Mulher é encontrada morta com golpes de faca em quarto de hotel no Centro de Manaus

Uma auxiliar de serviços gerais de 42 anos foi morta a facadas em um hotel na rua Lobo D&#…