Conecte-se conosco

Cidades

‘BR-319 é trafegável e não tem impeditivo ambiental para asfaltar’, diz David Almeida

Publicado

em

“Em dez dias de inspeção pela BR-319, técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) não encontraram nenhum impasse ambiental que justifique o não asfaltamento da rodovia, que liga Manaus a Porto Velho (RO)”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida, nesta terça-feira (21).

O parlamentar, na companhia dos deputados Abdala Fraxe, Platiny Soares e Francisco Souza, com apoio do Exército Brasileiro e outras entidades, realizou uma expedição de quatro dias – percorrendo 2.400 quilômetros – pelas rodovias BR-319 e BR-230, também conhecida como ‘Transamazônica’.

David Almeida obteve a informação sobre o Ibama quando chegou ao quilômetro 400, após se encontrar com o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Fábio Galvão.

“Nós encontramos o superintendente do Dnit, no quilômetro 400, de Manaus à Humaitá, e fiquei sabendo que o Ibama esteve presente fazendo inspeção durante 10 dias nessa rodovia e não encontrou nenhum problema, nenhum impasse ambiental”, salientou o deputado.

O presidente da Aleam disse ainda que, durante a viagem pela estrada (de Manaus à Humaitá; de Humaitá até Lábrea; de Lábrea à Humaitá e de Humaitá até Apuí), não foi encontrado nenhum animal silvestre transitando ou atravessando a rodovia, como também não foi avistado nenhum animal morto ao redor da estrada.

David observou ainda que, logo após a expedição, voltou com a convicção de que a estrada existe e tem trafegabilidade, porém, ainda falta união e vontade política para conquistar o asfalto que a BR-319 tem, por exemplo, no trecho de Rondônia.

Presidente da Aleam, deputado David Almeida – Foto: Divulgação

“Hoje temos, pelo menos, quatro empresas de ônibus que fazem esse percurso diariamente. É possível trafegar no limite de velocidade permitido, numa estrada que hoje é de piçarra e barro”, afirmou o presidente.

O deputado também lembrou que, no ano passado, parlamentares de Rondônia e do Acre vieram ao Amazonas pedir apoio para reforçar a luta pelo asfaltamento da BR-319, no trecho do território amazonense. Ele contou ainda que, na ocasião, faria o trecho de volta para conhecer a situação das rodovias BR-319 e BR-230.

“Por que a BR-319 é asfaltada no trecho de Rondônia e não é no Amazonas? Por falta de entendimento entre os políticos do nosso Estado. Agora, sabe por que os deputados, senadores e governadores do Acre e de Rondônia vieram aqui? Porque quando o interesse é do povo, eles se unem independentemente de bandeiras partidárias. E é isso que queremos fazer aqui, unir forças para realizar o sonho dos amazonenses de sair do isolamento”, ressaltou.

David Almeida afirmou que, atualmente o Dnit do Amazonas possui três frentes de obras de manutenção e recuperação no Amazonas – sendo uma no percurso de 405 quilômetros do trecho do meio, outra no trecho de Humaitá à Lábrea – da BR-230, ‘Transamazônica’ – e também no trecho de Humaitá até Santo Antônio do Matupi. “E agora falta levar a recuperação lá na estrada de Matupi até Apuí”, avaliou o deputado.

Além disso, o presidente da Aleam declarou ainda que não prometeu fazer o asfaltamento dessa importante rodovia, mas reafirmou que, juntamente com os colegas deputados, irá bater nas portas do Ministério da Integração Nacional, Ministério dos Transportes, da Casa Civil da Presidência da República, no Ibama, no ICMBio, do Ministério do Meio Ambiente.

“Vamos buscar encontrar a solução para que nós possamos dar ao povo amazonense, que vive no entorno da BR-319, a condição de trafegar nesta rodovia asfaltada”, concluiu.

*Com informações da assessoria

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Corpo de homem é achado em igarapé em Manaus

Publicado

em

Por

O corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado na tarde dessa segunda-feira (30), em um igarapé no bairro Presidente Vargas, na Zona Sul de Manaus.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem foi achado por volta de 16h por funcionários da limpeza pública da Prefeitura de Manaus perto da ponte do Bariri.

As mãos e os pés do homem estavam amarrados com um fio de nylon e, segundo os agentes, o corpo já estava em avançado estado de decomposição.

Ele foi levado para o Pelotão Fluvial e de lá foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou pelo exame necroscópico.

Como há suspeitas de que o homem foi executado, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.

Com informações: G1 Amazonas
Continue lendo

Cidades

Dez bares são fechados em Manaus por descumpriam decreto de prevenção à Covid-19

Publicado

em

Por

Equipes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) fecharam dez estabelecimentos que descumpriam o decreto governamental com medidas de prevenção da Covid-19. As fiscalizações ocorreram entre a sexta e sábado. Ainda durante as fiscalizações, cinco foram autuados. Ao todo, 16 estabelecimentos foram vistoriados em todas as zonas de Manaus.

Na avenida Parintins, bairro Cachoeirinha, um foi autuado pelos fiscais da Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) por promover aglomeração e por funcionar com pista de dança. E o Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM) notificou o estabelecimento por não apresentar equipamentos de proteção contra incêndio.

A delegada responsável pela CIF de sexta-feira, Deborah Souza, explicou que todos os seis estabelecimentos vistoriados na noite de sexta-feira não estavam cumprindo o decreto.

“Esses locais não estavam respeitando o decreto, todos estavam com aglomeração de pessoas, não tinha distanciamento social e sem uso de máscara, eles foram autuados e receberam multas”, explicou.

No centro, um outro ponto recebeu autuação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) por obstrução de fiscalização e, também, porque não havia os documentos obrigatórios como bar e restaurante.

Na zona leste, um boteco foi autuado pela Semmas e no local havia grande aglomeração de pessoas. Outros dois estabelecimentos tiveram suas atividades encerradas com a chegada da CIF.

Com informações: G1 Amazonas

Continue lendo

Cidades

Dois motoristas ficam feridos em acidente em Manaus

Publicado

em

Por

Dois motoristas ficaram feridos em um acidente envolvendo micro-ônibus no Conjunto Oswaldo Frota, no bairro Cidade Nova, na manhã desta sexta-feira (13), em Manaus. Os condutores estavam sozinhos nos veículos.

Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, os motoristas estavam a serviço de uma empresa e foram atendidos conscientes. Não há outros feridos. Eles foram socorridos pelo Samu para hospitais da região. Um dos motoristas precisou ser retirado das ferragens com ajuda do Corpo de Bombeiros, pois estava com a perna presa.

A polícia técnico-científica esteve no local. O caso foi atendido por policiais da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que ajudaram a desviar o trânsito.

Representantes da empresa informaram que vão prestar toda a assistência aos motoristas e ajudar nas investigações da causa do acidente.

Com informações: G1 Amazonas

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus