Conecte-se conosco

Educação

Quatro entre dez professores dizem já ter ajudado alunos a lidar com bullying na internet

Avatar

Publicado

em

A necessidade de usar a internet com responsabilidade está cada vez mais presente nas escolas. Quatro em cada dez professores brasileiros já ajudaram pelo menos um de seus alunos ou alunas do ensino básico que estavam sofrendo bullying pela internet, segundo dados da pesquisa TIC Educação 2017, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), divulgada na manhã desta quarta-feira (22).

Além disso, 56% deles já promoveram debates entre os alunos sobre o uso seguro da internet, e dois terços dizem que estimulam os alunos a falarem sobre os problemas que enfrentam na web.

Porém, só em 41% das escolas particulares e em 18% das públicas

Pesquisa nacional anual

A pesquisa, que tem abrangência nacional, ouviu durante os meses de agosto e dezembro de 2017 um total de 1.015 professores de 957 escolas públicas e particulares em áreas urbanas, além de fazer entrevitas com 957 diretores, 884 coordenadores pedagógicos e 10.866 alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental ou do 2º ano do ensino médio.

Pela primeira vez, a pesquisa também chegou a escolas rurais, e foram feitas 1.481 entrevista com diretores ou responsáveis.

Problemas na internet

Os pesquisadores perguntaram aos professores se eles haviam ajudado algum aluno a enfrentar problemas como “bullying, discriminação, assédio, disseminação de imagens sem consentimento”, e 40% dos professores que responderam afirmaram que sim.

Entre as professoras mulheres, esse número foi mais alto: 42%, comparado com 34% dos homens.

No caso dos professores que dão aula na rede pública, 39% deles disseram que já prestaram essa ajuda, enquanto essa porcentagem subiu para 44% nas escolas particulares.

Os professores que mais dizem oferecer esse tipo de apoio a seus estudantes são os que têm entre 31 e 45 anos; nesse caso, 45% responderam afirmativamente à pergunta.

Entre os professores do 5º ano, 41% disseram que já prestaram auxílio desse tipo, contra 44% dos professores do 9º ano do fundamental. Já os professores de ensino médio são os que menos disseram que sim para esses casos (36%).

Debates em sala de aula

Além de aparecer na hora de lidar com problemas específicos dos adolescentes, o bullying na internet também virou tema na sala de aula. A maior parte dos professores diz que já promoveu um debate com os alunos sobre como usar a Internet de forma segura.

Além disso, 66% deles disseram que estimulam seus alunos a conversarem sobre os problemas que eles enfrentam na internet.

A pesquisa comparou as respostas dos professores de língua portuguesa, de matemática e das múltiplas disciplinas (caso dos professores do 5º ano do fundamental). Entre esses últimos, 73% disseram que estimulam esse debate, enquanto a porcentagem foi de 70% entre os professores de português, e de 56% entre os de matemática.

Entre os professores de escola particular, essa porcentagem sobe para 79%, já na rede pública, ela foi de 63%.

Na rede particular, 96% dos coordenadores pedagógicos afirmaram que dão orientação aos alunos para enfrentar situações ocorridas na Internet (bullying, discriminação, assédio, disseminaçãode imagens sem consentimento) e 80% disseram que promovem atividades de capacitação para que os professores saibam orientar seus alunos a usar a internet com segurança.

Na rede privada, essas porcentagens caem para 76% e 57%, respectivamente.

*Fonte: Portal G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Brasileiro é um dos mais jovens advogados aprovados para atuar nos EUA

Avatar

Publicado

em

Por

No dia 15 de abril, a Corte Suprema de Nova York vai receber o juramento de um dos advogados mais jovens já credenciados no Estado. Ele é o brasiliense Mateus de Lima Costa Ribeiro, de 21 anos, aprovado em exame do New York State Bar Association — equivalente à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“É o resultado de muita dedicação. O que você colhe está completamente ligado a coisas que você fez em 7, 8, 10 anos”, disse Mateus ao G1.

Em 2019, o brasiliense foi aprovado para um mestrado na Universidade Harvard, nos Estados Unidos, considerada uma das melhores do mundo. Segundo ele, a experiência o fez “rever todas as premissas”.

“Quando cheguei lá, percebi que havia muita demanda por pessoas que entendem tanto o universo jurídico brasileiro quanto o americano, e o mestrado em Harvard abre a porta para você fazer a prova do Bar”, conta.

Mateus reconhece que faz parte de uma exceção. “A realidade de estudar fora, de aprender e falar bem inglês, de ter acesso a um país diferente é um negócio que precisa crescer cada vez mais, que precisa, cada vez mais, deixar de ser a exceção”, disse.

Na família, Mateus não foi o único a seguir o direito e se formar cedo. Ele foi quem quebrou o recorde do irmão, João Costa Ribeiro Neto, que conquistou a carteira da OAB aos 20 anos. A irmã, Clarissa Costa Ribeiro, foi graduada em direito aos 20 anos.

A prova do “Bar”, em New York, ocorreu em outubro de 2020, quando ele tinha 20 anos. No mesmo mês, Mateus voltou ao Brasil e, atualmente, ele trabalha em um escritório de advocacia em São Paulo, que presta apoio jurídico a empresas brasileiras que fazem operações internacionais.

“Pretendo trabalhar e ajudar a economia do Brasil justamente como uma ponte entre as empresas daqui e o mercado financeiro de Nova York. Empresas que estão se financiando para crescer, contratar pessoas. Sinto esse chamado, de ser essa ponte [entre os dois países]”, conta.

Fonte: G1

Continue lendo

Brasil

Petrobras sobe preços da gasolina e do diesel mais uma vez

Avatar

Publicado

em

Por

Petrobras

A Petrobras vai elevar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel nas refinarias a partir de terça-feira (2), informou a companhia nesta segunda-feira, por meio da assessoria de imprensa. A nova alta vem pouco mais de uma semana após o presidente Jair Bolsonaro pedir a substituição do presidente da petroleira.

O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,60 por litro, alta de R$ 0,12 por litro (4,8%), enquanto o diesel passará a média de R$ 2,71 por litro, aumento de R$ 0,13 por litro (5%).

É a quinta alta do ano nos preços da gasolina, e a quarta no valor do litro do diesel. Em dezembro, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84. Já o do diesel saía a R$ 2,02.

Alta também no gás de cozinha

Também vai ficar mais caro, a partir de terça, o gás de botijão. O preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,05 por kg (equivalente a R$ 39,69 por 13kg), refletindo um aumento médio de R$ 0,15 por kg (equivalente a R$ 1,90 por 13kg) – uma alta de cerca de 5%.

A Petrobras encerrou o quarto trimestre de 2020 com lucro recorde de R$ 7 bilhões, apesar do momento de crise. Segundo a Economatica, o resultado é tanto recorde nominal entre as empresas brasileiras como também quando se ajustam os valores dos maiores lucros da história pela inflação.

Fonte: G1

Continue lendo

Amazonas

Cetam divulga cerca de 3 mil vagas em cursos EaD

Avatar

Publicado

em

Por

O Governo do Amazonas, por meio do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), fará a primeira oferta do ano de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), na modalidade de Ensino a Distância (EaD).

Serão oferecidas 3 mil vagas, divididas em cinco cursos.  As inscrições acontecerão dia 2 de março, totalmente on-line, das 8h às 17h ou enquanto houver vagas. O interessado deverá acessar o endereço eletrônico https://cursos.cetam.am.gov.br e preencher o formulário de inscrição.

Inscrições – No período de 3 a 6 de março, após o preenchimento do formulário, o candidato deverá enviar, de seu e-mail pessoal para o e-mail inscricoesead@cetam.am.gov.br, cópias dos seguintes documentos: comprovantes de escolaridade conforme o pré-requisito do curso em que se inscreveu; RG; CPF; e o número de telefone para contato.

Os cursos ofertados na modalidade EaD são os seguintes: Noções de Segurança na Web, Noções de Gestão para Empreendedores; Criação de Formulário Word ou Google Formulário; Formação Continuada de Tutores a Distância; e Criação e Organização de Sala de Aula Online na Plataforma Moodle.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus