Conecte-se conosco

Educação

Resultado da segunda chamada do Prouni já está disponível

Avatar

Publicado

em

Quem perder o prazo ou não comprovar os dados será desclassificado - Foto: © Divulgação/unb

O Ministério da Educação divulgou, nesta terça-feira (4), as listas dos estudantes pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O resultado está disponível na página do Prouni. O prazo para comprovação das informações também começa hoje e vai até o próximo dia 11.

Os estudantes pré-selecionados devem comparecer às instituições de ensino e entregar os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. Quem perder o prazo ou não comprovar os dados será desclassificado.

Os candidatos que não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas do ProUni ainda podem disputar uma bolsa por meio da lista de espera. O prazo para que o candidato inscrito manifeste interesse nessa última etapa da seleção é de 18 a 20 de agosto. Nesse caso, o resultado será divulgado no dia 24 de agosto e as informações devem ser comprovadas até o dia 28 do mesmo mês.

Bolsas de estudo

O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Nesta edição, 440,6 mil estudantes inscritos disputaram 167,7 mil bolsas em 1.061 instituições.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Podem participar estudantes brasileiros que não possuam diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação.

*Fonte: Agência Brasil

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais de 600 professores do AM testam positivo para Covid-19 em dez dias de testagem

Avatar

Publicado

em

Por

Num período de dez dias de testagem, cerca de 619 professores de rede pública de educação do Amazonas testaram positivo para o novo coronavírus. Os testes foram anunciados logo após o retornos das aulas presenciais na rede estadual, reiniciadas no dia 10 de agosto de forma híbrida com apenas 50% da capacidade dos estudantes nas atividades escolares.

De acordo com os dados divulgados pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), nessa segunda-feira (31), estes números são dos 2.051 testes rápidos aplicados entre os dias 18 e 28 de agosto. Deste total, 96% dos resultados apontaram para casos negativos ou foram do período de transmissão da doença.

Todos os 619 profissionais que testaram positivo foram afastados das escolas para período de isolamento de 14 dias – 476 estavam fora do período de transmissão e 153 com infecção recente. O número de testes negativos foi de 1.561.

Em todo o Amazonas, até esta segunda-feira (31), mais de 120 mil pessoas haviam sido contaminadas pelo novo coronavírus, e mais de 3,6 morreram. Os números da Covid-19 ainda preocupam e, por isso, diversos protestos foram realizados por professores e estudantes pedindo a suspensão das aulas presenciais.

A FVS informou que ampliou a equipe de realização de testes rápidos para diagnóstico de Covid-19, que passará a contar com mais 20 técnicos do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam). Por meio dessa medida, espera-se chegar aos 600 atendimentos diários no Centro de Convenções de Manaus (Sambódromo), local onde está concentrada a realização dos testes voltados aos profissionais da educação da rede estadual.

Monitoramento nas escolas por meio de aplicativo

Entre as medidas adotadas na retomada das aulas presenciais, no dia 10 de agosto, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto e a FVS-AM adotaram o aplicativo SASi como ferramenta de notificação imediata de cada caso suspeito detectado no ambiente escolar.

De acordo com o balanço da FVS-AM, desde o início da utilização do aplicativo nesse monitoramento, no dia 13 de agosto, foram notificados 170 casos suspeitos de Covid-19. Desse total de notificação, 164 são professores, um é aluno e outros cinco são de outros profissionais da comunidade escolar.

Ainda foram coletadas 90 amostras para a realização do exame de biologia molecular RT-PCR, que identifica o vírus no organismo e detecta casos novos agudos entre o terceiro e o sexto dia de sintomas, período de transmissão da doença. Do total, 89 amostras (99%) deram negativo para Covid-19 e uma (1%) deu positivo. Durante a investigação epidemiológica, foi constatado que a pessoa teve contato com um caso positivo de Covid-19 na família, sendo descartada contaminação no âmbito escolar.

Para os casos positivos identificados por testes rápidos, a FVS-AM realiza o telemonitoramento, investigando sintomas, realizando contatos e orientando sobre medidas de precaução. Até o dia 28 de agosto, foram realizados 270 contatos telefônicos, sendo que, destes, apenas 78 (29%) atenderam o telefone e responderam à investigação.

O aplicativo SASI, que está disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play, também é utilizado pelos profissionais da educação para agendamentos dos testes rápidos, que estão sendo realizados pelo sistema drive-thru no Centro de Convenções de Manaus.

*Fonte: G1 Amazonas

Continue lendo

Educação

Congresso promulga emenda que torna o Fundeb permanente

Avatar

Publicado

em

Por

Fundo representa 63% do investimento público em educação - Foto: © Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, promulgou, nesta quarta-feira (26), a Emenda Constitucional (EC) 108/20 – que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A medida amplia de 10% para 23% a participação da União no financiamento da educação básica e altera a forma de distribuição dos recursos entre os entes federados. (mais…)

Continue lendo

Destaque

Prouni: estudantes tem até amanhã para participar da lista de espera

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Termina amanhã (20) o prazo para a inscrição na lista de espera do Programa Universidade para Todos (Prouni) para o 2º semestre deste ano. Os estudantes que não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas regulares poderão manifestar o interesse em participar dessa última etapa de seleção.

A inscrição pode ser feita pela página do Prouni e o resultado será divulgado na próxima segunda-feira (24). De acordo com o Ministério da Educação, a lista de espera será única para cada curso e turno, de cada local de oferta, ou seja, não haverá classificação por modalidade, como por cotas, por exemplo.

Pode participar da lista de espera, para o curso correspondente à primeira opção na inscrição, o candidato que não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares ou tenha sido pré-selecionado para a sua segunda opção de curso, mas por motivo de não formação de turma, tenha sido reprovado.

Já para participar da lista de espera para o curso correspondente à segunda opção na inscrição, os critérios são os seguintes: que o candidato não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares; nas hipóteses de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso, ou de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso; e, ainda, na situação de ter sido pré-selecionado para a primeira opção de curso, mas que por motivo de não formação de turma tenha sido reprovado.

Os estudantes da lista de espera que forem pré-selecionados para receber a bolsa devem comparecer às instituições de ensino até o dia 28 e entregar os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. Quem perder o prazo ou não comprovar os dados será desclassificado.

Prouni

O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Nesta edição, 440,6 mil estudantes inscritos disputaram 167,7 mil bolsas em 1.061 instituições.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Podem participar estudantes brasileiros que não possuam diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

 

*Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus