Conecte-se conosco

Polícia

Sargento morre após ser baleada por colega policial em base da PM em Manaus

Publicado

em

Uma sargento da Polícia Militar, de 44 anos, morreu após ser baleada por um colega policial dentro do prédio da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na manhã desta quinta-feira (10). O suspeito de cometer o crime também é sargento e foi preso. Não há informações sobre o que teria motivado o crime.

Policiais militares da 10ª Cicom, que preferiram não se identificar, disseram que os dois policiais estavam em serviço interno, em uma sala do prédio, por volta de 5h30, quando o caso aconteceu.

Ainda segundo os policiais, o sargento atirou três vezes contra a policial militar. Ela foi atingida por dois tiros no peito, segundo peritos do Instituto Médico Legal (IML).

Após ter sido baleada, a sargento ainda chegou a ser encaminhada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro Alvorada, mas não resistiu e morreu.

Familiares da vítima estiveram no SPA do Alvorada, mas preferiram não falar com a imprensa.

O Comando Geral da Polícia Militar confirmou a morte da policial militar por meio de uma nota de pesar. Segundo o Comando, o caso está sendo atendido pela equipe de Serviço Social da Polícia Militar.

A nota afirma ainda que o policial militar foi afastado das funções e responderá um procedimento administrativo instaurado pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) da corporação. O militar será apresentado ainda nesta quinta-feira à Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), e ficará à disposição da justiça no Núcleo Prisional da Polícia Militar (NIPPM).

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a Corregedoria Geral da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) estiveram no prédio da 10ª Cicom para colherem informações sobre o caso.

Com informações: G1 Amazonas
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Morre Delano Almeida, irmão do Prefeito de Manaus David Almeida

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução Facebook

Delano Tadeu Pereira de Almeida, de 60 anos, irmão do prefeito David Almeida, morreu neste sábado, 24/7, em decorrência de falência do miocárdio.

Delano foi por 15 anos servidor público da Procuradoria Geral do Município (PGM), além de ter atuado no Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), sendo admirado por seus pares em todos os ambientes de trabalho. Ele estava lotado na PGM, como chefe de Núcleo de Cadastro Imobiliário, da Superintendência de Registro Imobiliário, Avaliação e Perícia.

“Que seu legado de dedicação e espírito público possa ser seguido por todos”, diz a nota divulgada pela Prefeitura de Manaus.

Continue lendo

Polícia

Assalto a micro-ônibus deixa motorista e passageiros feridos em Manaus

Publicado

em

Por

Um assalto a um micro-ônibus do transporte alternativo, os amarelinhos, deixou um segurança baleado e outras quatro pessoas feridas na manhã desta sexta-feira (23) em Manaus. Os criminosos fugiram com os pertences das vítimas.

O assalto ocorreu antes das 9h entre as comunidades Aliança com Deus e Raio do Sol. Ao menos quatro criminosos participaram do crime.

O segurança Glauco Macedo, de 52 anos, foi atingido com um tiro na região da perna. Ele disse que estava a caminho de uma consulta médica. A esposa dele também estava no micro-ônibus.

Macedo disse que, inicialmente, pensou que se tratava de uma brincadeira, mas viu que os homens estavam armados.

A vítima contou, ainda, que os assaltantes foram agressivos e agrediram os passageiros. O motorista do ônibus ficou ferido com uma coronhada.

“Um que estava com a faca desceu, o motorista do ônibus seguiu, a porta permaneceu aberta. Uns 300 metros depois, os outros três desceram, e um deles virou para trás e atirou”, disse.

Nenhum dos suspeitos foi localizado. A polícia disse que faz busca pelos criminosos.

Com informações G1 Amazonas

Continue lendo

Amazonas

Morte súbita de menina de 12 anos é investigada no AM

Publicado

em

Por

Uma adolescente de 12 anos morreu subitamente, nesta quarta-feira (21), no município de Iranduba, a 38 Km de Manaus, depois de passar mal e desmaiar na hora do café, segundo a família. O caso está sendo investigado.

De acordo com o registro do Instituto Médico Legal, a causa da morte é “indeterminada/suspeita”. Segundo o órgão, a adolescente chegou morta ao Hospital Regional Hilda Freire, no Iranduba.

Segundo registro da Polícia Civil, em boletim de ocorrência, a adolescente era natural de Eirunepé, mas há três meses morava em Paricatuba, zona rural de Iranduba.

A tia contou ao G1 que a menina se mudou para fazer tratamento médico por conta de problemas respiratórios. Ela contou que às vezes a sobrinha passava mal.

Ainda segundo registro, o relato da família é que a adolescente tomava café e desmaiou “sem motivo aparente”.

A menina foi levada para o hospital de Iranduba, mas não resistiu. No registro da ocorrência, a família relatou que a médica que atendeu a adolescente não emitiu o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), um documento responsável por determinar a causa do óbito.

A família informou à polícia que a médica não expediu esse documento “por achar estranho que uma criança de 12 anos, sem histórico médico, chegue a falecer sem motivos aparente”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Um laudo do IML deve apontar a causa da morte da adolescente. A tia disse que o velório acontecerá na vila em que a menina morava.

Com informações: G1 Amazonas

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus