Conecte-se conosco

Destaques

Só um “Minutinho” Na fila do Banco?

Avatar

Publicado

em

Todos os dias os Consumidores que comparecem as agências bancárias passam por vários aborrecimentos, além do desgaste físico em permanecer horas aguardando para serem atendidos, sem o mínimo de tratamento adequado e respeito à dignidade do Ser humano.

A Lei Municipal nº 1836/14, determina no artigo 2⁰ e demais incisos o tempo de espera para o atendimento, sendo de 15 minutos em dias normais, 20 minutos às vésperas e após os feriados prolongados e 25 minutos nos dias de pagamento de funcionários públicos municipais, estaduais e federais, não podendo ultrapassar esse prazo, em hipótese alguma.

 Já a Lei 8.078/90, no artigo 22Código de Defesa do Consumidor – estabelece que os Órgãos Públicos, por si ou suas empresas concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento, são obrigados a fornecer Serviços ADEQUADOS, EFICIENTES, SEGUROS e, quanto aos essenciais, CONTÍNUOS.

No parágrafo único, diz que nos casos de descumprimento, total ou parcial, das obrigações referidas na Lei, serão as pessoas jurídicas compelidas a cumpri-las e a reparar os danos causados, na forma prevista no Código de Defesa do Consumidor.

 E agora, O QUE FAZER EM CASO DE DEMORA?

De imediato, uma das alternativas é prestar queixa ao PROCON. Esse Órgão fiscaliza as Agências denunciadas, podendo gerar MULTAS ou até o FECHAMENTO DAS AGÊNCIAS.

Além disso, outra possibilidade para punir o desrespeito aos Consumidores pela demora no atendimento é ingressar com Ação na justiça, podendo ser feito por Advogado, Defensoria Pública ou pelos Juizados Especiais Civis.

Para provar o tempo de espera, ao entrar na Agência pegue uma ficha de atendimento com o horário e serviço, ao final do atendimento solicite ao funcionário para protocolar a senha com autenticação constando data e horário.

 

Contatos para Denúncias:

PROCON AMAZONAS / ESTADUALEndereço: Avenida André Araújo, n⁰ 1500 – Aleixo, Manaus/AM.

PROCON MANAUS / MUNICIPALEndereço: Rua Afonso Pena, n⁰ 38 – Praça 14 de , Manaus/AM.

Adna Benedita Portugal Pinheiro é Advogada OAB/AM n 14.092 e membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-AM

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Suzane von Richthofen é aprovada no Sisu para curso de gestão de turismo em Campos do Jordão

Avatar

Publicado

em

Por

Suzane Von Richtofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, foi aprovada no vestibular para o curso de Gestão de Turismo pelo Instituto Federal de São Paulo no Campus de Campos do Jordão (SP). A detenta conseguiu a aprovação pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa a nota do Enem.

A lista dos aprovados pelo sistema foi divulgada nesta quarta-feira (29). Suzane aparece em oitavo lugar na lista, com nota 608,42.

O curso é noturno, na modalidade presencial, e ofertado em Campos do Jordão. As aulas acontecem das 19h às 22h40 na cidade que fica a cerca de 40 quilômetros da Tremembé, onde cumpre pena.

Continue lendo

Amazonas

Casa do presidente dos rodoviários é assaltada e quantia de R$ 200 mil é roubada

Avatar

Publicado

em

Por

Na manhã desta quarta-feira(30), a casa do Presidente dos Rodoviários, Givancir de Oliveira foi assaltada em Iranduba, município distante 27 quilômetros de Manaus. Segundo informações os assaltantes levaram uma quantia na faixa de R$ 200 mil reais em especie de dentro de um cofre.

Givancir não estava na casa no momento da invasão, mas a filha dele e uma outra pessoa estavam e foram amarradas e trancadas em um dos quartos. O grupo roubou vários objetos de valor e fugiu levando um carro.

 

 

Continue lendo

Destaques

Filha é presa suspeita em caso de família encontrada carbonizada

Avatar

Publicado

em

Por

A filha mais velha do casal encontrado carbonizado dentro de um carro em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, na manhã desta terça-feira (28), foi presa junto com a namorada e é a principal suspeita do crime. O filho mais novo, de 15 anos, também foi encontrado morto no veículo. A polícia suspeita que a motivação do crime tenha sido a herança da família.

As duas suspeitas passaram a noite prestando depoimento e, nesta quarta-feira (29), foram encaminhadas ao IML (Instituto Medico Legal) de São Bernardo do Campo, onde realizaram o exame de corpo de delito. Em seguida, foram conduzidas ao 7º DP (Lapa), onde ficarão recolhidas temporariamente. Lucas Domingos, advogado da dupla, afirma que as suspeitas negam qualquer tipo de participação no crime.

A jovem, de 24 anos, morava com a companheira, de 31 anos, e havia visitado a família em um condomínio, em Santo André, na noite em que o crime aconteceu. O circuito de câmeras de segurança do local em que o casal e o filho moravam está sendo analisado pela polícia e foi comprovado que o carro da família saiu de lá acompanhado por outro veículo por voltas das 23h30 da noite do crime.

Os corpos do casal e do adolescente foram encontrados carbonizados no porta-malas do carro da família, um Jeep Compass, na Estrada do Montanhão, uma área de mata. Um laudo preliminar aponta que a família foi morta a golpes de pauladas.

Na primeira visita da polícia à casa onde a família morava, os agentes encontraram o imóvel revirado, além de marcas de sangue pelos cômodos. Em depoimento, a suspeita mencionou um possível envolvimento com agiotas, mas a Polícia Civil já tinha como uma das linhas de investigação uma possível briga familiar.

Fonte: Portal R7

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas