A Justiça do Amazonas converteu em preventiva a prisão de uma mulher de 22 anos, suspeita de cometer latrocínio (roubo seguido de morte) contra a dona de casa Deisiane Gonçalves Monteiro no bairro São José, Zona Leste de Manaus. A vítima era do Pará e estava em Manaus há dois meses para estudar e trabalhar. Deisiane foi morta a caminho de casa, logo após ter deixado a filha na escola.

A mulher já tinha sido condenada em 2016 por um roubo ocorrido em 2015, mas respondia em liberdade condicional. Agora, será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino. O latrocínio ocorreu na rua Rio Miriti, e as investigações estão sendo conduzidas pelo 9º DIP.

“Ela será indiciada por latrocínio consumado e nosso próximo passo é tentar identificar a arma de fogo utilizada no crime”, disse o delegado titular do 9º DIP, Pablo Giovani.

Sobre o crime

A suspeita e um homem de 28 anos estavam em uma motocicleta preta quando assaltaram a vítima, que também foi baleada e morreu no local.

“Em depoimento, ela disse que quem atirou foi o comparsa. Eles tentaram fugir do local, mas foram cercados por cerca de 30 populares, que passaram a agredi-los. Um cidadão pegou a arma de fogo e disparou contra o homem que ainda foi socorrido, mas foi a óbito no Hospital e Pronto-socorro Platão Araújo”, disse o delegado Pablo.

Deisiane Gonçalves, de 26 anos, foi vítima de latrocínio na Zona Leste de Manaus — Foto: Digulvação

Fonte: G1 Amazonas

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Destaques

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Atentados em igrejas católicas no Sri Lanka deixam mais de 200 mortos no Domingo de Páscoa

Pelo menos 207 pessoas morreram e cerca de 450 ficaram feridas neste domingo após uma séri…