Conecte-se conosco

Brasil

Terremoto com epicentro na Bolívia é sentido em várias cidades brasileiras

Avatar

Publicado

em

Um terremoto de magnitude 6,8 com epicentro na Bolívia ocorreu na manhã desta segunda-feira (2), segundo o apontou USGS, o serviço geológico dos EUA. Reflexos foram sentidos no Brasil, informou o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB). Edifícios foram esvaziados em São Paulo, Brasília e outras localidades brasileiras em decorrência do abalo.

“É um tremor considerável, mas ainda não sabemos de estragos no Brasil e na Bolívia. Qualquer tremor assim tem reflexos. Por isso, as pessoas sentiram aqui”, relatou o professor da UnB, George Sand França.

Terremoto na Bolívia

Segundo o USGS, o terremoto aconteceu às 9h40 pela hora local (10h40 de Brasília) e teve epicentro no sul boliviano, a 13 quilômetros de uma localidade chamada Carandayti, com uma profundidade de 557 quilômetros. O jornal local El Deber informou que, pela força do abalo, o terremoto também foi sentido em regiões mais ao norte do país, como Cochabamba. A região do epicentro é próxima do norte paraguaio.

Um funcionário do Observatório de San Calixto, ouvido pelo El Deber, disse que não há, até o momento, informações sobre danos a pessoas ou estruturas na Bolívia.

Reflexos no Brasil

Veja abaixo como o tremor foi sentido em diferentes localidades brasileiras:

Brasília: foram esvaziados os prédios do SCS, além das sedes da Infraero, da Terracap, da Secretaria de Segurança e do Ministério da Justiça. O tremor também foi sentido por pessoas que estavam no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), no Aeroporto Juscelino Kubitschek e em Taguatinga Norte.

São Paulo: o prédio da Petrobras, no número 901 da Avenida Paulista, foi esvaziado, assim como o do Ministério Público na Rua Riachuelo, no Centro. Moradores da Zona Oeste da capital disseram que precisaram deixar os prédios em que estavam por causa de tremores.

“Estávamos no 13º do Prédio da Gazeta, na Paulista, e achei que estava passando mal. Parecia que estava meio bebâdo. Perguntei para os outros, e também sentiram balançar”, disse Cristiano Ferreira da Silva, 44, técnico de telecomunicações. Em Marília, no interior, o prédio da prefeitura foi esvaziado. Houve também relatos de tremor em São Carlos.

Minas Gerais: pelo menos um prédio foi esvaziado em Belo Horizonte. Em Uberlândia, um dos edifícios da empresa Algar tremeu e precisou ser evacuado. Um leitor do G1 informou que o imóvel, conhecido como CSC, chegou a balançar três vezes por volta das 10h40. Em Araxá, um centro comercial foi esvaziado. Funcionários disseram que mesas e cadeiras chegaram a se mover durante o tremor.

Paraná: os prédios foram esvaziados em Umuarama, na região noroeste, Maringá, no norte, e em Cascavel, na região oeste, na região oeste. Com menos intensidade, os abalos também foram sentidos em Cianorte, no noroeste, e em Londrina, no norte.

Rio de Janeiro: no estado, o tremor de terra foi sentido às 10h41 em São João do Meriti, na Baixada Fluminense.

Rio Grande do Sul: os bombeiros de Passo Fundo receberam cerca de 10 ligações sobre o tremor, quando ele foi sentido no interior gaúcho.

Santa Catarina: a Defesa Civil local recebeu ao menos 15 ligações com relatos de moradores sobre tremores em dois prédios de Itajaí, um no Centro e outro no bairro Vila Operária.

*Informações da fonte: Portal G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Mulher é obrigada pelo ex a gravar vídeo sendo violentada no litoral de SP

Avatar

Publicado

em

Por

Avenida das Palmeiras, em Itanhaém (SP), onde o homem foi encontrado pela polícia — Foto: Reprodução

Neste domingo (18), um homem de 39 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante por estuprar e manter a ex-namorada, uma jovem de 23 anos, em cárcere privado por cinco dias em Itanhaém, no litoral de São Paulo. A jovem foi obrigada a gravar um vídeo enquanto era estuprada e a dizer que merecia tudo o que estava passando.

Segundo a Polícia Civil informou ao G1 nesta terça-feira (20), o ex-companheiro gravava todos os estupros que cometia contra a mulher. O filho da vítima, de 5 anos, também estava no cativeiro e presenciou os estupros. O suspeito está preso.

As imagens já estão sob posse da Polícia Civil, que irá anexá-las ao inquérito que investiga o caso. De acordo com o que foi apurado pelo G1, os vídeos eram todos gravados pelo suspeito no celular da mulher, já que ele não tinha aparelho telefônico.

Além dos vídeos dos estupros, a polícia achou um vídeo em que o agressor a obriga a vítima a dar depoimento justificando porque ela estava sendo mantida em cárcere. Nas imagens, a mulher foi coagida a dizer coisas ruins de sua personalidade, humilhar-se, justificar o que estava vivendo e afirmar que merecia toda a situação. Ela também era constantemente xingada pelo suspeito.

Segundo o que foi relatado pela polícia, a tática do agressor era fazer parecer que ele era a vítima, por isso fazia a ex-namorada se sentir moralmente baixa e dizer coisas negativas sobre si.

A Polícia Civil relatou que na gravação o rapaz afirmou que mandaria o vídeo para conhecidos. Os investigadores ainda acreditam que o homem seja de uma facção criminosa, por algumas referências que fazia no vídeo.

Sequestro e cárcere

A vítima, que é de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, viajou para o litoral no dia 9 de outubro, a convite de uma amiga, para passar o fim de semana em Mongaguá. Ao chegar à cidade, foi surpreendida pelo ex-namorado, com quem tinha tido um relacionamento por seis meses.

Segundo a polícia, o homem a segurou pelo cabelo, arrastou-a para um veículo e a levou, junto com o filho, para uma casa no bairro Chácara São Fernando, em Itanhaém. Lá, os dois foram mantidos trancados, e a mulher foi obrigada a manter relações sexuais com o ex-namorado.

Cinco dias depois, a jovem conseguiu escapar e avisou a polícia, que, na sexta-feira (14), prendeu o homem e libertou a criança, que permanecia na casa.

A Polícia Civil informou ao G1 nesta terça-feira que o suspeito segue preso. Logo após o flagrante, as autoridades policiais realizaram o pedido da medida protetiva para a vítima e solicitação de assistência social psicológica a ela e o filho.

*Fonte: G1

Continue lendo

Brasil

Marido espanca esposa por ela não ter feito a comida que ele queria em Macapá

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução

Um homem de 51 anos, que foi filmado agredindo a pauladas a própria companheira, foi preso em flagrante no domingo (18) por tentativa de feminicídio, em Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá. A Polícia Civil informou que apreendeu o filho dele, de 14 anos, por suspeitar que ele colaborou com as agressões à vítima.

A mulher, que não teve a identidade revelada, foi internada no Hospital Estadual de Oiapoque. A delegacia aguardava, até o fim da manhã desta segunda-feira (19), o resultado dos exames para saber o real estado de saúde dela.

No vídeo que a polícia teve acesso, o homem já aparece agredindo a mulher com um pedaço de madeira, na frente da casa onde residem.

O casal tem uma união estável há cerca de dois anos. Segundo o delegado Charles Corrêa, o crime aconteceu após ele não gostar da comida que ela preparou.

“A senhora foi covardemente agredida pelo seu companheiro por um motivo banal. Ela relata que ele é usuário de drogas, estava embriagado, e chegou no final da tarde descontente porque ela simplesmente não tinha cozinhado o que ele queria. Começaram as agressões do lado de fora da casa, ele pegou um pedaço de madeira e tentou contra a vida dessa senhora”, citou Corrêa.

A suspeita é que a vítima esteja com traumatismo craniano. O pedaço de madeira usado nas agressões foi apreendido. A polícia segue a investigação do caso.

 

*Por Fabiana Figueiredo/G1-AP

Continue lendo

Brasil

Traficante que fingia ser deficiente sai correndo ao ver PM na Bahia

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Um suspeito de tráfico de drogas, de 22 anos, simulou que era deficiente físico para evitar abordagem policial em Salvador, na Bahia, nesta segunda-feira (19). No entanto, quando notou que seria abordado, ele largou as muletas e saiu correndo.

Segundo a Polícia Militar da Bahia (PMBA), o objetivo do suspeito era “passar batido” das viaturas da corporação. Ele fingia ter problemas de locomoção e usava muletas.

No entanto, quando viu que seria abordado pelos policiais, o acusado abandonou as muletas e saiu correndo.

O suspeito foi alcançado pelos militares, que, em revista pessoal, encontraram 31 pinos de cocaína, 16 frascos com loló, um celular, uma mochila e R$ 50 em espécie.

 

*Com informações de assessoria

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus