Conecte-se conosco

Brasil

Terremoto com epicentro na Bolívia é sentido em várias cidades brasileiras

Avatar

Publicado

em

Um terremoto de magnitude 6,8 com epicentro na Bolívia ocorreu na manhã desta segunda-feira (2), segundo o apontou USGS, o serviço geológico dos EUA. Reflexos foram sentidos no Brasil, informou o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB). Edifícios foram esvaziados em São Paulo, Brasília e outras localidades brasileiras em decorrência do abalo.

“É um tremor considerável, mas ainda não sabemos de estragos no Brasil e na Bolívia. Qualquer tremor assim tem reflexos. Por isso, as pessoas sentiram aqui”, relatou o professor da UnB, George Sand França.

Terremoto na Bolívia

Segundo o USGS, o terremoto aconteceu às 9h40 pela hora local (10h40 de Brasília) e teve epicentro no sul boliviano, a 13 quilômetros de uma localidade chamada Carandayti, com uma profundidade de 557 quilômetros. O jornal local El Deber informou que, pela força do abalo, o terremoto também foi sentido em regiões mais ao norte do país, como Cochabamba. A região do epicentro é próxima do norte paraguaio.

Um funcionário do Observatório de San Calixto, ouvido pelo El Deber, disse que não há, até o momento, informações sobre danos a pessoas ou estruturas na Bolívia.

Reflexos no Brasil

Veja abaixo como o tremor foi sentido em diferentes localidades brasileiras:

Brasília: foram esvaziados os prédios do SCS, além das sedes da Infraero, da Terracap, da Secretaria de Segurança e do Ministério da Justiça. O tremor também foi sentido por pessoas que estavam no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), no Aeroporto Juscelino Kubitschek e em Taguatinga Norte.

São Paulo: o prédio da Petrobras, no número 901 da Avenida Paulista, foi esvaziado, assim como o do Ministério Público na Rua Riachuelo, no Centro. Moradores da Zona Oeste da capital disseram que precisaram deixar os prédios em que estavam por causa de tremores.

“Estávamos no 13º do Prédio da Gazeta, na Paulista, e achei que estava passando mal. Parecia que estava meio bebâdo. Perguntei para os outros, e também sentiram balançar”, disse Cristiano Ferreira da Silva, 44, técnico de telecomunicações. Em Marília, no interior, o prédio da prefeitura foi esvaziado. Houve também relatos de tremor em São Carlos.

Minas Gerais: pelo menos um prédio foi esvaziado em Belo Horizonte. Em Uberlândia, um dos edifícios da empresa Algar tremeu e precisou ser evacuado. Um leitor do G1 informou que o imóvel, conhecido como CSC, chegou a balançar três vezes por volta das 10h40. Em Araxá, um centro comercial foi esvaziado. Funcionários disseram que mesas e cadeiras chegaram a se mover durante o tremor.

Paraná: os prédios foram esvaziados em Umuarama, na região noroeste, Maringá, no norte, e em Cascavel, na região oeste, na região oeste. Com menos intensidade, os abalos também foram sentidos em Cianorte, no noroeste, e em Londrina, no norte.

Rio de Janeiro: no estado, o tremor de terra foi sentido às 10h41 em São João do Meriti, na Baixada Fluminense.

Rio Grande do Sul: os bombeiros de Passo Fundo receberam cerca de 10 ligações sobre o tremor, quando ele foi sentido no interior gaúcho.

Santa Catarina: a Defesa Civil local recebeu ao menos 15 ligações com relatos de moradores sobre tremores em dois prédios de Itajaí, um no Centro e outro no bairro Vila Operária.

*Informações da fonte: Portal G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

CPI da Covid: Omar Aziz é eleito presidente; Randolfe Rodrigues, vice; e Renan Calheiros, relator

Avatar

Publicado

em

Por

O Senado instalou nesta terça-feira (27) a CPI da Covid, Comissão Parlamentar de Inquérito responsável por apurar ações e omissões do governo federal e eventuais desvios de verbas federais enviadas aos estados para o enfrentamento da pandemia.

Durante a sessão, o senador Omar Aziz (PSD-AM) foi eleito presidente, e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente. Em seguida, Omar Aziz indicou Renan Calheiros (MDB-AL) relator dos trabalhos.

Com a definição dos três senadores, prevaleceu o acordo feito pela maioria dos parlamentares da CPI, que reuniu as maiores siglas (MDB, PSD), a oposição e independentes. Aliados do governo tentaram impedir que Renan assumisse a relatoria.

Em negociações prévias, senadores que compõem a CPI querem iniciar os trabalhos apurando o processo de aquisição de vacinas contra o coronavírus.

Estão na mira, principalmente, as negociações com a farmacêutica Pfizer, que em agosto do ano passado ofereceu ao governo brasileiro 70 milhões de doses da vacina com previsão de entrega ainda em dezembro daquele ano. A oferta, porém, foi recusada.

Em entrevista à revista “Veja”, o ex-secretário de Comunicação Social Fabio Wajngarten creditou o atraso do governo na aquisição de vacinas à “incompetência” e “ineficiência” do Ministério da Saúde, à época comandado pelo general Eduardo Pazuello.

Membros da CPI trabalham para convocar Wajngarten e Pazuello como uma das ações iniciais da comissão. Uma acareação entre os dois auxiliares do governo Bolsonaro também é estudada.

Fonte: G1

Continue lendo

Amazonas

MPF processa ex-ministro Pazuello e secretário de Saúde do AM por responsabilidade na crise de oxigênio

Avatar

Publicado

em

Por

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ajuizou, nesta quarta-feira (14), ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o secretário estadual de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, por omissão no combate à pandemia entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, quando o Amazonas registrou colapso de oxigênio nas unidades de saúde e aumento de mortes por covid-19.

Entre 14 e 15 de janeiro, falta de oxigênio nos hospitais de Manaus levou a cidade de Manaus a um cenário de caos. Com recordes nos casos de Covid, a capital precisou enviar pacientes que dependiam do insumo para outros estados.

A ação, encaminhada à Justiça Federal no Amazonas, cita, também, três secretários do Ministério da Saúde e o coordenador do Comitê de Crise do Amazonas, Francisco Ferreira Máximo Filho.

No documento, o MPF identificou atos de improbidade administrativa em cinco situações distintas:

  • atraso e lentidão do Ministério da Saúde no envio de equipe para diagnosticar e minorar nova onda de covid-19 no Amazonas;
  • omissão no monitoramento da demanda de oxigênio medicinal e na adoção de medidas eficazes e tempestivas para evitar seu desabastecimento;
  • realização de pressão para utilização de ‘tratamento precoce’;
  • demora na adoção de medidas para transferência de pacientes que aguardavam leitos;
  • e ausência de medidas de estímulo ao isolamento social.
Continue lendo

Brasil

Mãe de Henry Borel passa mal em presídio e é internada

Avatar

Publicado

em

Por

Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, foi encaminhada para atendimento médico na madrugada desta segunda-feira (12). A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap). Ela está presa no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, na Região Metropolitana.

De acordo com o órgão, Monique sentiu dores abdominais após urinar e solicitou atendimento médico. Ela foi encaminhada ao Hospital Penal Hamilton Agostinho, dentro do próprio Complexo Penitenciário de Gericinó.

Após ser diagnosticada com uma infecção urinária, a previsão é de que Monique siga internada por pelo menos três dias no local para acompanhamento e para receber a medicação recomendada.

Na quinta-feira (8), o vereador carioca Dr. Jairinho (sem partido), padrasto da criança, e Monique foram presos por suspeita de homicídio duplamente qualificado –com emprego de tortura e sem chance de defesa para a vítima –, por atrapalharem as investigações e por ameaçarem testemunhas para combinar versões.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus