Conecte-se conosco

Polícia

Três homens presos responderam por latrocínio, cárcere privado e roubo após morte de lutadora em Manaus

Avatar

Publicado

em

Três homens presos suspeitos de matar uma lutadora de jiu jitsu de 24 anos neste domingo (27) na Zona Sul de Manaus serão indiciados por latrocínio, cárcere privado e roubo. As informações são do delegado do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Leonardo Portela.

A vítima foi alvejada durante a própria festa de aniversário. Ela chegou a ser levada para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, mas morreu horas depois.

Antes de chegar à lutadora, os suspeitos roubaram um carro de um motorista de aplicativo para cometer crimes na região.

De acordo com a Polícia Civil, por volta das 3h deste domingo, policiais militares receberam uma denúncia de que homens em um carro modelo Corsa cometiam assaltos pelo Japiim. Em diligência, a Polícia Militar identificou os suspeitos próximo à Avenida Tefé, na Zona Sul da capital.

No mesmo momento, a PM também recebeu a denúncia de que o trio estaria envolvido em uma tentativa de homicídio momentos antes da abordagem.

A Polícia Civil informou que os três chegaram no local onde Patrícia comemorava o aniversário, e anunciaram o assalto. Em certo momento, um dos suspeitos perguntou pela lutadora. Após ninguém responder, um deles reconheceu a vítima e efetuou três disparos na cabeça da lutadora

Os três suspeitos foram presos e levados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Com eles, foram apreendidos objetos roubados, além de um simulacro de arma de fogo. A arma utilizada no crime não foi encontrada com o trio.

Um deles, de 33 anos, já respondia em liberdade por um homicídio ocorrido em maio de 2009. Eles permanecem na sede do 1º DIP até esta segunda-feira (28), quando serão encaminhados a uma audiência de custódia.

Fonte: G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Polícia apreende 33 cilindros de oxigênio escondidos por empresa em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Carlos Soares / SSP-AM e Erlon Rodrigues e Alailson Santos / PC-AM

A polícia do Amazonas apreendeu 33 cilindros de oxigênio que estavam escondidos em um caminhão na tarde de quinta-feira (14), em Manaus. O proprietário, um homem de 38 anos e de nome não divulgado, foi detido e responderá por “reter produtos para o fim de especulação”, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). O material foi encaminhado, sob escolta, para quatro unidades hospitalares da rede estadual.

A polícia chegou até o local, na zona centro-oeste da cidade, após receber uma denúncia anônima. A capital amazonense está em grave crise sanitária, com escassez de oxigênio para atender à demanda do sistema de saúde, que enfrenta alta de internações por covid-19. De acordo com informações, pessoas chegaram a morrer asfixiada por falta de oxigênio.

O caminhão estava estacionado fora da empresa a que pertence, cujo nome também não foi divulgado pela polícia. Dos 33 cilindros apreendidos, 26 estavam carregados com oxigênio. Eles teriam sido envasados na quarta-feira (13).

Foto: Carlos Soares / SSP-AM e Erlon Rodrigues e Alailson Santos / PC-AM

Segundo informações da SPP-AM, o proprietário alegou no interrogatório que temia que a população invadisse o estabelecimento e, por isso, decidiu retirar os cilindros do local. Até o momento, não há, contudo, qualquer relato desse tipo de violência na cidade, em que há mobilizações de familiares de pacientes, de profissionais de saúde e da população em geral para comprar os equipamentos e pedir doações.

As unidades de saúde que receberam os cilindros foram o Hospital Beneficente Português, a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) e os Serviços de Pronto-Atendimento (SPA)de São Raimundo e de Coroado.

Com a alta demanda por oxigênio nas unidades do estado, as taxas da doença no Amazonas têm crescido rapidamente nas últimas semanas. O Amazonas tem 223.360 casos e 5.930 óbitos confirmados do novo coronavírus até a quinta-feira, 14, de acordo com o governo estadual. As internações por covid-19 no Estado duplicaram em menos de quinze dias, subindo de 128 novos internados em 31 de dezembro, para 258 em 14 de janeiro.

O balanço estadual também aponta 1.126 pacientes com suspeita ou confirmação da doença em UTIs de Manaus, o que inclui tanto hospitais públicos quanto privados, e outros 2.567 em leitos de enfermaria

A taxa de ocupação para UTI covid na capital é de 90,48%, taxa que é de 93,19% para leitos de enfermaria destinados a pacientes com a doença. Até quinta-feira, 427 pacientes aguardavam internação em leito de UTI ou clínico no Estado, dos quais 371 em Manaus, sendo 366 na rede pública e outros cinco na rede privada. O número de sepultamentos em Manaus aumentou 450% em um mês, segundo a prefeitura.

 

*Fonte: Estadão

Continue lendo

Destaque

Suspeito de participar da morte de PM é preso na zona leste de Manaus

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação

A Secretaria Executiva Adjunta de Operações (SEAOP) prendeu, na noite desta quarta-feira (13), José Crisderson Sousa da Silva, suspeito de ter participado da morte do oficial da Polícia Militar (PM-AM) Deivide de Souza Chaves, assassinado durante um assalto na rua Doutor Porfírio Nogueira, conjunto Castanheira, bairro Gilberto Mestrinho, na zona leste de Manaus.

Conforme informações preliminares repassadas pelos policiais, o preso seria o condutor do veículo modelo Onix, de cor branca, e teria sido preso nesta na Feira da Panair, no bairro Educandos, zona Sul de Manaus, quando se preparava para fugir em uma embarcação. O mesmo foi apresentado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e o caso segue investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Entenda o caso

Na noite de terça-feira (12), um capitão da Polícia Militar (PM), identificado como Deivid de Souza Chaves, de idade não revelada, que fazia parte do Batalhão de Guarda da PM, foi atingido por disparo de arma de fogo no abdômen durante um assalto que aconteceu na rua Doutor Porfírio Nogueira, conjunto Castanheira, bairro Gilberto Mestrinho, na zona Leste da cidade.

Segundo informações preliminares repassadas pela polícia, os criminosos estavam em um carro modelo Onix, de cor branca, e durante um assalto acabaram atirando contra o policial. O capitão foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na zona Leste, onde passou por procedimento cirúrgico mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

 

*Com informações de assessoria

Continue lendo

Destaque

Caseiro com HIV positivo tenta estuprar criança e é espancado por vizinhos em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução

Um homem, ainda não identificado, de 53 anos, que atua como caseiro em um sítio, foi preso por tentar estuprar uma criança de 8 anos na noite da última quinta-feira (7)), no quilômetro 10, no ramal do Brasileirinho, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

Segundo informações preliminares, os pais saíram e deixaram a criança de 8 anos na residência com o homem, que aproveitou a oportunidade de estar sozinho e tentou abusar sexualmente da criança. Moradores ouviram os gritos e foram até o local, onde flagraram o homem tentando praticar o ato e o espancaram.

Policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foram acionados para atender a ocorrência. O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro Dr Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, localizado na avenida Autaz Mirim, localizado na zona Leste da capital.

De acordo com informações dos vizinhos, o suspeito é HIV positivo, em entrevista à imprensa, ele confirmou.

Após ter os primeiros socorros na unidade hospitalar, o homem foi conduzido à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), onde ficará à disposição da Justiça.

 

*Fonte: Portal Tucumã

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus