Conecte-se conosco

Polícia

Vacinação contra sarampo é interrompida por traficantes, diz prefeito de Manaus

Publicado

em

casos confirmados de sarampo

Em nota emitida por uma rede social, na noite desta quarta-feira (18), o Prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB), afirma que agentes de saúde foram impendidos por traficantes de continuar a  vacinação contra o sarampo que estava acontecendo no bairro Jorge Teixeira, na zona leste da capital. Arthur cobrou ação mais efetiva do governo do Estado no combate ao tráfico e pediu policiamento intensivo nas ruas da cidade.

Veja a nota na íntegra:

“É uma notícia muito grave e triste que eu trago ao conhecimento do povo de Manaus e do povo brasileiro. Uma equipe nossa de combate ao sarampo, trabalhando com muito amor pela cidade, com muito amor pelas pessoas, estava vacinando moradores do bairro Jorge Teixeira e sendo acompanhada de uma rede de televisão, quando traficantes do bairro, filiados à falange de tráfico que ameaça dominar este Estado impediram a continuação da vacinação que pode salvar bebês e adultos manauaras.

Eu faço um apelo muito encarecido ao Governador do Estado, que entre com tudo que possa ter de força policial, porque nós não podemos deixar nunca que o Amazonas vire propriedade de traficantes. O Amazonas é propriedade dos amazonenses. E portanto, eu estarei com as equipes da Saúde na rua a partir de amanhã. E se o tráfico quiser impedir que isso aconteça, vai ter que impedir que eu pessoalmente faça o acompanhamento à vacinação.

Mas eu peço encarecidamente que o governador coloque as forças policiais todas na rua porque realmente é de indignar qualquer um nós imaginarmos que tem uma equipe salvando vidas e ao mesmo tempo arriscando as suas vidas, porque traficantes, gente da pior ordem, da pior laia, do pior caráter, da pior extração; gente desse tipo acha que pode com a força das suas armas impedir que um trabalho benemérito das equipes da Semsa que estão enfrentando o sarampo, que ameaça tantas pessoas, domine a situação.

É com indignação que eu faço essa declaração. É com indignação, é com comoção, e é com a certeza de que o governador tomará as providências mais duras, porque eu estou deixando tudo bem claro. Confio que amanhã nós estaremos acompanhados de força policial para ninguém se atrever a fazer o que hoje aconteceu.

Mas eu, de noite, acompanharei as equipes da Semsa pessoalmente e se os traficantes quiserem fazer alguma coisa, me terão à disposição deles. Mas que nós vamos vacinar, nós vamos vacinar! O povo de Manaus precisa, o povo de Manaus merece”.

 

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Vereador Capitão Carpê denuncia vandalismo em creche municipal

Publicado

em

Por

Após receber inúmeras denúncias em suas redes sociais de pais e professores, sobre possíveis atos de vandalismo na Creche Municipal Ana Lopes, localizada no Bairro Compensa, o presidente da Comissão de Segurança Pública Municipal e vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos), esteve no local na tarde desta segunda-feira 25/10, para apurar e pedir investigação referente aos constantes furtos no local.

Na Sessão Plenária desta terça-feira (26/10), o parlamentar usou a tribuna da Câmara Municipal para cobrar segurança armada, e monitoramento do Programa Segurança nas Escolas (Proseg), em torno das creches municipais. No local foi constatado furtos de fiação e de alimentos.

A gestora da Creche, Rinalda Ortiz, precisou usar de recursos próprios para fechar janelas e portas com grades, para trazer mais segurança aos colaboradores e crianças que são atendidas diariamente. O Capitão solicitou apoio da 8º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que se prontificou em fazer rondas ostensivas nessa área.

No local foi encontrado uma carta deixada pelo suposto infrator, pedido desculpas pelo furto por ele cometido “Me perdoe só estava com fome, estamos passando por uma situação muito difícil com minha família, não temos nada para comer, e eu tenho que comprar o leite do meu filho, por isso fiz isso, espero que me entenda”, diz a carta.

“Essa creche já foi furtada diversas vezes, local esse que atende aproximadamente 180 crianças. O que me revolta, é saber que existem apenas duas câmeras, uma interna e outra externa, o muro é muito baixo e qualquer infrator pode adentrar. Quero cobrar mais uma vez que o Projeto de Lei Nº390/2021, que obriga a instalação de mais câmeras de segurança, seja o mais breve aprovado. Temos que garantir a integridade e a segurança das nossas crianças, professores e servidores”, disse o vereador.

O vereador vai representar através de um ofício para que seja instaurado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), apuração dos fatos, aumentar os muros, integrar a guarda municipal no local, e a contratação de segurança armada, assim como a instalação de outras câmeras de monitoramento.

Vou continuar exercendo as minhas atribuições como vereador, fiscalizando e cobrando o Poder Executivo Municipal. Não podemos admitir o descaso com a segurança do município. Temos que agir com prevenção, a população está sendo prejudicada”, finalizou o Vereador.

Continue lendo

Polícia

SINPOL presta nota de apoio a servidores removidos da DEHS

Publicado

em

Por

O Sinpol-AM (Sindicato dos Funcionários da Polícia Civil do Estado do Amazonas) soltou na última quinta-feira (22), uma nota de apoio aos servidores removidos da DEHS (Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros), veja abaixo a nota na íntegra:

O SINPOL recebeu com estranheza a notícia relativa à retirada repentina, sumária e imotivada dos Delegados da DEHS após curiosamente terem conseguido a decisão judicial que prorrogou a prisão de dois empresários muito ricos de uma rede de Supermercado do Amazonas.

Todas as estatísticas revelaram que nunca a DEHS havia contabilizado tantas prisões, apesar de ser do nosso conhecimento que aquela Especializada estava sendo minada por atos que minoravam, cada vez mais, a atuação investigativa dos agentes que ali atuam. Com efeito, o fechamento do plantão da Delegacia de Homicídios acabou por dificultar ainda mais os trabalhos daquela Especializada e sobrecarregou as centrais de flagrante, fato que, em princípio, já poderia se considerar como desastroso e diverso do interesse público.

Este Sindicato, na condição de legítimo guardião da classe Policial Civil do Estado do Amazonas, jamais coadunará com qualquer ato de gestão que tenha nítido caráter de perseguição aos servidores, sobretudo, àqueles que sem a mínima condição estrutural e de pessoal, tem desenvolvido um trabalho hercúleo e evidenciado um elevado espírito público no atendimento à população amazonense. Portanto, mostra-se inconcebível que Delegados comprometidos, operacionais, competentes e que desempenham as suas funções com maestria, sejam punidos em virtude da publicidade dada pela imprensa ao eficiente trabalho por eles desenvolvido, pois são incontestes face as inúmeras operações que deflagraram por aquela Especializada, assim como, pelos vários os casos complexos elucidados.

Pelo exposto e inúmeros outros atos, depreende-se que o viés perseguidor tem sido o norte dos atos da atual gestão, realidade esta que esfacela uma instituição tão renomada no cenário social e, por consequência, deprecia a imagem do Governador no seio da classe, pois são inúmeros os atos que visam ao constrangimento e a opressão aos Policiais Civis. Resta aguardar uma atitude efetiva e célere por parte Governador ao, finalmente, entender que a única forma de permitir que a PCAM seja oxigenada é a definitiva substituição da atual cúpula e a destituição do denominado gabinete do ódio.

Fonte: Assessoria Sinpol

Continue lendo

Ciência e Tecnologia

Crimes pela internet aumentam 198,7% em Manaus, diz polícia

Publicado

em

Por

A Policia Civil registrou um aumento de quase 200% no número de crimes praticados pela internet neste ano, comparado ao mesmo período do ano passado, em Manaus. Os golpes são praticados na maioria das vezes por pessoas fora do estado e até do país.

No primeiro semestre deste ano, foram registrados 4.750 crimes cibernéticos em Manaus. O número cresceu 198,7% comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 1.590 crimes.

Segundo o delegado da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), Rafael Montenegro, todo crime previsto no código penal realizado na internet é um crime cibernético. Entre os crimes registrados em Manaus estão desde ameaças, furtos de dados ou contas e até golpes financeiros.

Só neste ano, a Polícia Civil realizou duas operações no Amazonas para prender pessoas suspeitas de cometerem esses crimes, mas a maior dificuldade é que na maioria das vezes, crimes como estelionato, por exemplo, são cometidos por pessoas de outros lugares.

A lei nº 14.155, sancionada em maio deste ano, prevê que crimes como fraude, furto e estelionato praticados com o uso de dispositivos eletrônicos serão punidos de forma mais severa. A pena pode chegar a reclusão de quatro a oito anos e multa, podendo aumentar caso a vítima for um idoso ou vulnerável, ou se o servidor eletrônico utilizado no crime estiver no exterior.

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2021 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus