Conecte-se conosco

Manaus

Vereador Capitão Carpê Andrade envia ofício a PM solicitando que policiais não sejam obrigados a permanecer de prontidão em quarteis

Avatar

Publicado

em

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) apresentou na manhã desta terça-feira (5) um ofício ao subcomandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Coronel Negreiros, solicitando a revogação da ordem de prontidão para os policiais militares. A medida vinha sendo aplicada em decorrência do Decreto Nº 43.234/2020, que determina o fechamento das atividades não essenciais no Amazonas pelo prazo 15 dias, para conter o avanço da Covid-19.

A “Ordem de Prontidão” estabelece que o efetivo dos policiais deve permanecer de prontidão nos quartéis para atuar caso seja necessário, como em manifestações ou aquele estabelecimento que não seguir as regras do decreto.

Entretanto, o parlamentar alega que o policial militar pode ficar exposto às aglomerações nos quartéis e colocando em risco a vida de outros policiais.

“Não entendo essas determinações de prontidão da tropa uma vez que esses homens ficam cada vez mais expostos ao contato do vírus. Não seria mais prudente ficar de prontidão em casa?”, questiona.

O Capitão Carpê Andrade acredita que a determinação é contraditória com as próprias recomendações da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS-AM), que determinou providências para conter o avanço da doença em decorrência do aumento de casos de contaminação e mortes por Covid-19, tendo em vista que a probabilidade de ocorrer contaminação dentro do efetivo da PMAM é muito grande.

De acordo com o documento, o vereador sugeriu que se adotem medidas para que o policial militar fique em sobre aviso em sua residência, em segurança, e caso necessário seja acionado por via de qualquer recurso tecnológico.

“Na corporação, muitos militares se sentem esquecidos e desrespeitados. O momento é de unir forças, nossa categoria vem trabalhando incansavelmente durante a pandemia”, ressaltou.

Informações da assessoria

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

MP pede prisão preventiva de prefeito, secretários e ‘fura-filas’

Avatar

Publicado

em

Por

O Ministério Publico do Estado do Amazonas realizou o pedido de prisão preventiva do prefeito David Almeida e da Secretária Shadia Hussami Hauache Fraxe, e também o afastamento de cargo e pedido de busca e apreensão para quem furou a fila de vacinação, entre eles, as irmãs Lins também aparecem no documento.

De acordo com o pedido de afastamento de cargo público e medidas de busca e apreensão, os alvos são além do prefeito e secretária Fraxe, Luiz Cláudio de Lima Cruz, Djalma Pinheiro Pessoa Coelho, Stenio Holanda Alves, Clendson Rufino Ferreira, Sebastião da Silva Reis, Bento Martins de Souza, Jane Soares Pereira, Tamyres Kutchma de Albuquerque, Gabrielle Kirk Maddy Lins, Isabelle Kirk Maddy Lins, Ilcilene de Paula da Silva, Carlos Augusto do Couto Valle Bonfim Borborema, Fernanda Alves Bueno de Oliveira, Manoel Charlete Pereira Júnior, David Louis de Oliveira Dallas Dias, Gabriela Pereira de Aguiar, Tatiana Mota Lotti, Alessandro Silva Pontes, Carla Angelina Lima Ribeiro Frota e Jane Mará Silva de Moraes de Oliveira.

Segundo o documento “foi constatada a contratação de 10 (dez) médicos, para o cargo de Gerente de Projetos, com remuneração de cerca de R$ 9.000,00 (nove mil reais). Ademais, aponta que as tratativas para o ajuste foram iniciadas pela enfermeira/médica, Ilcilene de Paula da Silva, contando com a participação, igualmente, da Secretária Municipal de Saúde, Shadia Hussami Hauache Fraxe, pela via do aplicativo de conversas “Whatsapp”, e do Médico/Assessor, Djalma Pinheiro Pessoa Coelho, que realizou reuniões pessoais com os contratados”.

Também de acordo com as informações, foi feita a contratação de profissionais da saúde que deveriam ser encaminhados para a linha de frente no combate a Covid-19, porém, os mesmos foram nomeados como gerente de projetos, considerando assim uma declaração falsa do Prefeito David Almeida.

“As aludidas contratações se deram por meio de nomeação pelo Prefeito Municipal de Manaus/AM, David Antonio Abisai Pereira de Almeida, o qual, supostamente, inseriu declaração falsa, ao nomear médicos para exercerem atividade médica, porém, no cargo de Gerente de Projetos. Ademais, sustenta que a Secretária Municipal de Saúde, Shadia Hussami Hauache Fraxe, e o Médico/Assessor, Djalma Pinheiro Pessoa Coelho, serviram de executores materiais dos atos necessários à prática da falsidade ideológica, perpetrada pelo Chefe do Poder Executivo Municipal”, dizia o documento.

Informações: Imediato

Continue lendo

Destaque

David Almeida anuncia retomada da distribuição do cartão ‘Nossa Merenda’ em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

(Fotos: Alex Pazuello/Semed)

Após denúncia realizada pelo Vereador Capitão Carpê Andrade,  prefeito de Manaus, David Almeida, determinou a retomada da entrega dos cartões do programa “Nossa Merenda”, a partir desta sexta-feira (29). Os responsáveis pelos alunos que têm direito ao benefício serão comunicados pela direção das escolas sobre como devem proceder para receber o cartão com o valor de R$ 150 por aluno.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) criou o link https://bit.ly/3qtjNID para atualizar os dados cadastrais dos pais ou responsáveis no programa com o intuito de evitar aglomerações nas escolas. Após o preenchimento do cadastro, uma equipe da secretaria entrará em contato com o responsável.

A Semed entregou 163.600 cartões aos estudantes, mas a distribuição foi interrompida após o crescimento no número de casos de infectados e mortos pela Covid-19 em Manaus.

 

 

Continue lendo

Manaus

Após roubo, homem é espancado e morre na zona leste de Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Um homem, morreu após não resistir aos ferimentos de uma agressão física, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. Ele estaria furtando cabos junto com um comparsa, que segue internado em estado grave.

De acordo com a 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição recebeu uma denúncia na madrugada de terça-feira (26), de que populares estariam agredido dois jovens que estavam furtando os cabos de fibra óptica.

Ao chegarem no local, já encontraram os suspeitos muito machucados, por isso, os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que levaram a dupla para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio.

Um deles, acabou não resistindo aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar, onde o corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), na manhã desta quarta-feira (27). O comparsa segue internado no João Lúcio.

O caso já foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que aguarda a identificação da vítima para continuar as investigações sobre o caso.

Fonte: D24am

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus