Conecte-se conosco

Ciência e Tecnologia

”Via Láctea é maior do que se pensava”, dizem astrônomos

Avatar

Publicado

em

Via Láctea maior

A Via Láctea é maior do que se pensava, já que tem um disco com o qual não se contava e que é “enorme”, de aproximadamente 200 mil anos luz de diâmetro, segundo um trabalho publicado pela revista científica Astronomy & Astrophysic.

As galáxias espirais, como a Via Láctea, se caracterizam por terem um disco de pouca espessura, onde fica a maior parte das estrelas, cujo tamanho é limitado e a partir do qual já quase não há estrelas, indicou o Instituto de Astrofísica das Ilhas Canárias (IAC), da Espanha, um dos participantes do estudo, na última quarta-feira (9).

No caso da Via Láctea, não se sabia que havia estrelas de disco a distâncias do centro duas vezes maior que a do Sol.

Ou seja, acreditava-se que “nossa” estrela mais próxima estava situada na metade do raio galáctico, mas elas estão lá, e “muito mais longe, a mais que o triplo dessa distância. Inclusive, é provável que algumas superem o quádruplo dessa distância”, segundo o IAC.

Martín López-Corredoira, pesquisador do IAC e primeiro autor do artigo, afirmou que o disco da Via Láctea é “enorme”, de aproximadamente 200 mil anos-luz de diâmetro.

Na elaboração da pesquisa, realizada junto ao National Astronomical  Observatories de Pequim, na China, os cientistas compararam a abundância de metais nas estrelas no plano galáctico com as do halo (região do espaço ao redor das galáxias espirais), para descobrirem que há uma mistura de halo e disco até as grandes distâncias indicadas.

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão após realizar uma análise estatística de dados cartografados de APOGEE e LAMOST, dois projetos que obtêm espectros de estrelas, ou seja, informação sobre sua velocidade e composição química.

Usando o conteúdo em metais das estrelas dos índices, com a combinação de atlas espectrais de alta qualidade e da distância em que situam os objetos, comprovou-se que há uma fração considerável de estrelas além de onde se supunha que terminava o disco da Via Láctea, explicou Carlos Allende, coautor da publicação.

*Fonte: Portal UOL

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Ministro Pazuello informou que até 1,5 mil pacientes devem ser transferidos do Amazonas

Avatar

Publicado

em

Por

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta terça-feira, em Manaus, que o governo deve remover 1,5 mil pacientes com Covid-19 do Amazonas para outros estados para receber tratamento médico. O número é seis vezes maior do que o objetivo inicial, que era transferir 235 pessoas.

Ao lado do governador do Amazonas Wilson Lima, ele fez um pronunciamento durante a inauguração do hospital de campanha, que vai funcionar no complexo Nilton Lins. Desde que chegou a Manaus, na noite de sábado (23), o ministro não tinha cumprido nenhuma agenda pública e, após o evento desta terça, foi embora sem responder perguntas dos jornalistas. De acordo com o Ministério da Saúde, ele ficará no estado do Amazonas pelo “tempo que for necessário”.

Continue lendo

Amazonas

Governadores acertam cota extra da vacina para o Amazonas

Avatar

Publicado

em

Por

Governadores de pelo menos 22 estados acertaram na noite da quinta-feira (21) o repasse para o Amazonas de uma cota extra das vacinas que devem receber nos próximos dias.

Nesta sexta-feira (22), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve liberar o uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses da Coronavac, e 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca devem chegar ao país.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), participou da reunião de um grupo de trabalho que discute o colapso do sistema de saúde em Manaus e defendeu junto aos governadores, por meio do grupo no WhatsApp, que o Amazonas receba uma parte maior dessas novas doses, devido à “transmissibilidade alta” de casos e à gravidade da situação.

A proposta, segundo Dias explicou ao blog, é que o Amazonas fique com 5% do total de novas doses e os demais estados façam o rateio proporcional do restante.

Fonte: G1

Continue lendo

Brasil

Incêndio atinge prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

Avatar

Publicado

em

Por

Foto: AFP

Um incêndio atingiu um edifício do Instituto Serum, a empresa da Índia que produz vacinas com tecnologia da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, nesta quinta-feira (21), na cidade de Pune. Pelo menos cinco pessoas morreram.

Cinco pessoas morreram no incêndio, segundo o “Times of India”. O prefeito da cidade de Pune, Murlidhar Mohol, disse que os mortos são provavelmente trabalhadores de construção civil que estavam no prédio.

O diretor-executivo da empresa, Adar Poonawalla, confirmou que houve mortes.

A empresa também vai começar a produzir as vacinas desenvolvidas pela empresa norte-americana Novavax.

Poonawalla afirmou que a unidade que pegou fogo produz vacinas para o rotavírus. Ele estima que a perda nessa linha de produção será de até 40% do volume de doses.

O Instituto Serum é o maior fabricante de vacinas do planeta. Lá são produzidas 1,5 bilhão de doses para várias doenças, de poliomielite a caxumba. A estimativa é que seis em cada dez crianças no mundo recebam pelo menos uma vacina fabricada pela empresa indiana.

Nesta semana, a Índia começou a exportar as vacinas produzidas pelo Instituto Serum para seis países, mas não para o Brasil.

Fonte: G1

Continue lendo

Facebook

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal do Minuto. Todos Direitos Reservados. Portal - Manaus