Um vídeo feito por câmeras de segurança e compartilhado nas redes sociais mostra quando a dona de casa Maria Elitácia dos Santos, de 22 anos, é morta a tiros, na tarde desta quarta-feira (10), em Dumont (SP).

O ex-marido dela, que não teve o nome revelado, foi preso por suspeita do crime. Ele foi detido pela Polícia Militar Rodoviária, na Rodovia Anhanguera (SP-330), em Limeira (SP).

O motorista do carro em que ele estava também foi preso por suspeita de dar apoio à ação.

O corpo de Maria Elitácia foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). Ela foi atingida pelo menos cinco vezes.

O casal estava separado há cerca de um mês e a suspeita da polícia é que o homem tenha agido por não se conformar com o fim do relacionamento.

A Polícia Civil vai investigar o caso como feminicídio.

Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

Morte no meio da rua

O vídeo mostra quando a vítima caminha pela Rua Silviano Biagio, por volta das 13h40, e é abordada por um homem, que corre no meio da rua em direção a ela.

Maria Elitácia para na calçada, tenta reagir, mas cai no chão, aparentemente ferida. O homem se aproxima, atira nela, entra em um carro prata, dirigido por outra pessoa, e vai embora.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo uma amiga da vítima, que prefere não se identificar, Maria Elitácia, o marido e os quatro filhos, com idades entre um e sete anos, se mudaram para Dumont há dois meses. Eles moravam no estado de Alagoas e buscavam emprego. O casamento, no entanto, havia acabado há um mês.

Nesta quarta-feira, de acordo com testemunhas, o ex-marido ficou cerca de duas horas à espera de Maria Elitácia, próximo a casa dela. No momento em que foi baleada, ela havia acabado de deixar um dos filhos na escola.

“Eu vi um homem correndo e ele estava usando uma blusa com capuz. Quando eu percebi, ele já estava atirando na moça e correndo. Ela tentou se defender, mas no primeiro tiro ela já caiu. Depois ele atirou de novo”, diz uma das testemunhas, que prefere não se identificar.

Tentativa de fuga e prisão

Por volta das 16h40, a Polícia Militar Rodoviária abordou o ex-marido da vítima e o motorista de um Citroen C4, na pista Sul da Rodovia Anhanguera, em Limeira. Dentro do veículo, os policiais encontraram um revólver calibre 38 com cinco munições deflagradas.

Ao consultarem a Central de Comunicação da PM (Copom), a equipe descobriu que os dois eram suspeitos do feminicídio registrado duas horas antes.

Eles foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Dumont para registro da ocorrência.

Veja o vídeo no momento do crime:

https://www.youtube.com/watch?v=f7tFpnSAcC0

*Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Brasil

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Atentados em igrejas católicas no Sri Lanka deixam mais de 200 mortos no Domingo de Páscoa

Pelo menos 207 pessoas morreram e cerca de 450 ficaram feridas neste domingo após uma séri…