Conecte-se conosco

Amazonas

Suspeito de estuprar, matar e ocultar corpo de criança em Fonte Boa (AM), é esquartejado após ser retirado de delegacia

Avatar

Publicado

em

Um homem de 28 anos suspeito de estuprar, matar e esconder o corpo de uma criança de 10 anos embaixo da própria cama foi esquartejado após ser retirado da delegacia onde estava preso na cidade de Fonte Boa, interior do Amazonas. O caso ocorreu na noite de sexta-feira (17). As circunstâncias em que o suspeito foi retirado da unidade policial ainda não foram esclarecidas pela polícia.

Vídeos que circulam em redes sociais mostram atos de vandalismo. As imagens mostram o suspeito sendo agredido, esquartejo e queimado em uma fogueira.

A Secretaria de Segurança Pública informou que foram enviados reforços da PM de Tefé e Jutaí para a cidade de Fonte Boa, ainda na noite de sexta, na tentativa de conter o tumulto nas proximidades da delegacia em decorrência da prisão do homem.

“Na manhã de hoje, policiais civis e Militares de Manaus estão sendo enviados, de Manaus, de avião para ações de localização e prisão dos autores do linchamento do suspeito e da depredação da unidade policial e de viaturas da Polícia Militar”, informou, em nota, a SSP na manhã deste sábado.

Estupro

A criança de 10 anos foi morta depois de ter sido abusada sexualmente. O caso ocorreu na quinta-feira (16). O corpo da menina foi localizado embaixo da cama do suspeito pela companheira dele. A Polícia Civil informou que o homem havia sido preso por estupro seguido de morte e ocultação de cadáver.

Matéria completa: G1 https://glo.bo/38kLuKR

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Casa do presidente dos rodoviários é assaltada e quantia de R$ 200 mil é roubada

Avatar

Publicado

em

Por

Na manhã desta quarta-feira(30), a casa do Presidente dos Rodoviários, Givancir de Oliveira foi assaltada em Iranduba, município distante 27 quilômetros de Manaus. Segundo informações os assaltantes levaram uma quantia na faixa de R$ 200 mil reais em especie de dentro de um cofre.

Givancir não estava na casa no momento da invasão, mas a filha dele e uma outra pessoa estavam e foram amarradas e trancadas em um dos quartos. O grupo roubou vários objetos de valor e fugiu levando um carro.

 

 

Continue lendo

Amazonas

Incêndio atinge Usina de reciclagem em Manaus

Avatar

Publicado

em

Por

Um incêndio atingiu uma usina de reciclagem em Manaus, na manhã desta quarta-feira (29). O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 7h30 após as chamas tomarem grandes proporções na região da Estrada do Puraquequara, na Zona Leste da capital.

Ainda de acordo com os Bombeiros, não há, até o momento, registro de vítimas.

A fábrica funciona como uma usina de reciclagem de plásticos. Ainda não há maiores informações sobre a proporção ou os estragos do fogo. Viaturas e equipes dos bombeiros seguem ainda fazem o atendimento da ocorrência.

Com informações: G1 Amazonas https://glo.bo/314YqCa

Continue lendo

Amazonas

Criança de um ano e onze meses é agredida e ferida com cigarro pelo próprio pai, em Parintins

Avatar

Publicado

em

Por

Uma menina de 1 ano e 11 meses foi gravemente ferida neste fim de semana pelo próprio pai de 25 anos. O caso foi denunciado na 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) pela avó da criança. O crime ocorreu no bairro Castanheira, na cidade de Parintins (à 369 km de Manaus). O Conselho Tutelar também foi acionado.

De acordo com o delegado da 3ª DIP, Adilson Cunha, a avó disse em depoimento que o pai bateu com a sandália no rosto da criança, puxou o cabelo, a queimou com cigarro e a arrastou pelo chão e que o mesmo faz isso por suspeitar de que a filha não seja dele. O delegado informou que as devidas providências estão sendo tomadas e que o caso será encaminhado para a 3ª Delegacia Especializada (DE). “A gente vai tentar juntar o máximo de provas para mandar o mais rápido possível à Justiça para que seja de imediato determinado a prisão preventiva dele”, ressaltou o delegado.

Foto: Divulgação

Em depoimento, a avó da vítima afirma que sua filha também sofre violência doméstica e que não dá continuidade ao procedimento da denúncia por medo do companheiro.

Esta é a segunda vez que a avó denuncia o caso de violência contra a sua neta na delegacia. A primeira foi em 2018 em que o autor foi preso pelo mesmo motivo, em que segundo o delegado, o meliante colocou o dedo do bebê com poucos meses de vida na palheta do ventilador. Devido a esta situação, em 2019 a avó entrou com pedido de guarda de sua neta e aguarda a decisão da Justiça.

Foto: Divulgação

Matéria completa: Parintins 24 Horas encurtador.com.br/grDGI

 

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Mais Lidas